Últimas

Domingo, 19 de Agosto de 2007, 22h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ESTRUTURA

Reforma do Estado provoca debate e polêmica

  Todos os governadores, principalmente os que assumiram o Palácio Paiaguás após o processo divisicionista de 1979, quando surgiu o vizinho Mato Grosso do Sul, defenderam saneamento da máquina pública. Em palanque, prometeram frear o "inchaço", com redução do tamanho da estrutura, equilíbrio de receitas e despesas e prioridade para boa sobra de caixa para investimentos. Na prática, porém, muitos planos de reformar o Estado não saíram do papel.

   Dante de Oliveira, que comandou o Estado de Mato Grosso por oito anos (1995/2002), chegava a propagar que demitiu mais de 10 mil servidores somente no primeiro mandato para "arrumar a casa". O sucessor Blairo Maggi, que tomou posse em janeiro de 2003, elaborou um plano radical de enxugamento da máquina. Previa extinção, redução e fusão de secretarias e órgãos. Não conseguiu implantá-lo.

    Percebe-se que há uma repetição monótona de processos de reforma e contra-reforma do Estado, em movimentos pendulares que o conduzem ora à centralização administrativa, identificando-o com o tradicional Estado social-burocrático, ora a uma tendência descentralizadora, marcada por maior flexibilização da estrutura administrativa, com a redução do tamanho do Estado.

    Os comentários do professor Vinícius de Carvalho, especialista em políticas e estratégicas, e o contraponto feito pelo executivo Eder de Moraes Dias criaram um clima de debate em torno da reforma do Estado. Vinícius assegura que somente três governadores consolidaram planos de reforma do Estado: Frederico Campos, Jaime Campos e Dante de Oliveira. Para ele, o governo Blairo Maggi faz uma contra-reforma.

    Aliado do atual governador, Eder discorda. Entende que é preciso analisar a reforma numa outra ótica. Afirma, por exempo, que os antecessores se preocuparam em privatizar os bons ativos do Estado e que o governo Maggi está inovando e privatizando o passivo estatal. Está aí, um bom debate.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Juliana Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Estado ainda precisa ser reformado...principalmente no quesito corrupção. Agora Maggi dá um caldinho...

  • SILVANO AMARAL | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não é preciso ser especialista para saber que Blairo Maggi fez mais que outros Governadores, no quesito reforma administrativa.Uma das provas é a criaçao dos Núcleos Sistêmicos. Quanto ao combate a corrupçao sem dúvida, Blairo da exemplo, em relação a outros Governantes.

  • Carlos Roberto de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uai, esqueceram o Julio Campos.

  • tom ubirajara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para falar em modernização do Estado de Mato Grosso, inevitavelmente tem que lembrar do ex Governador DANTE DE OLIVEIRA, colocou nosso Estado além das fronteiras Estaduais e nacionais.

  • Donizete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    VEJA BEM TODOS OS GOVERNADORES QUE GOVERNOL MATO GROSSO SEMPLE COM DEMAGOGIA DIZENDO QUE E PRECISO FAZER REFORMA, MAIS PRINCIPALMENTE PREJUDICANDO OS SERVIDORES DO ESTADO ISSO SIM E UMA GRANDE PALHAÇADA???????????

  • Ivan Deluqui | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho que o comentario do silvano e totalmente equivocado porque antes do governador blairo matogrosso ja era lider em varias areas como o AGRONEGOCIO,e principalmente na questão da maquina admistrativa com o saldoso DANTE,ate o governador deu entrevista falando que quem mais envestiu no crescimento do estado foi DANTE,quem e nos para falar o contrario,e digo mas SINOP hoje sem duvida nem uma e o maior polo de crescimento do estado graças a ele DANTE, ou você não se lembra a 15 ANOS atras como era SINOP e região, então caro amigo SILVANO deixe de lado a demagogia e fala a verdade antes de criticar o que os outros tanto fiseram pela sua e nossa querida e bela CIDADE SINOP.

  • Silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Blairo fez reformas, sim, explemto: Todos os orgão publicos, estão abarrotados de funcionários sem concurso, As escolas de Mato Grosso estão em ultimo lugar na qualidade do ensino, nunca o Estado foi tão violento como agora, nunca o Estado de Mato Grosso apareceu tanto na mídia nacional por corrupção, bandidagem, Mato Grosso aparece em primeiro lugar por focos de queimadas. Nuca no Estado teve tanto produtor quebrado. ISSO É MUDANÇA....

  • maris | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sem dúvida que foi Dante de Oliveira.Quem possibilitou o pagamento em dia marcado foi Dante.Quem implementou a conta unica no Estado,os pregões eletronicos foi Rogério Salles que deu continuidade a reforma implementada por Dante.Quem elaborou planejamento estratégico foi Dante criando o Pró madeira para o Nortão,Pro couro,na região do pantanal,Incentivo ao plantio do algodão e contatos com industrias do setor para a região sul foi Dante....e por ai afora....e o Blairo ficou na soja...esqueceu o resto....o que interessa são os negócios dele...o povo? o povo leva o bolsa familia do LULA

  • Claudia Estela de Siena | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    mém.

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

Bezerra ignora filiado do seu filiado

carlos bezerra 400   Carlos Bezerra (foto), o "cacicão" do MDB, abandonou antes da hora o palanque de Emanuel Pinheiro, mesmo se tratando do filiado mais importante em representatividade partidária no Estado. Bastou a pesquisa Ibope mostrar que o prefeito da Capital estava atrás de Abílio nas intenções de...

Sob ataques e humilhação e vitorioso

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) se emocionou ao falar com a imprensa neste domingo, pela primeira vez como prefeito reeleito. Lembrou que foi atacado não só neste período eleitoral, mas desde o início do mandato. Destacou a aprovação popular, com 86% de avaliação...

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

MAIS LIDAS