Últimas

Sexta-Feira, 02 de Fevereiro de 2007, 11h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Relatório dos 4 anos de mandato da gestão Maggi

Mensagem do governo do Estado lida, a pedido do governador, pelo vice-governador Silval Barbosa, no plenário da Assembléia Legislativa, nesta sexta (2)

“Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembléia Legislativa do Estado de Mato Grosso, Excelentíssimos Senhores Deputados e Excelentíssima Senhora Deputada,

Um Governo presente em cada município do Estado, conhecendo a realidade vivida pelo cidadão, para, em parceria com a sociedade, transformar essa realidade e construir um Mato Grosso mais forte e justo para as futuras gerações. Este conceito de gestão pública é que inspirou as expedições “Estradeiro”, certamente uma das características mais marcantes da nossa administração, pois possibilitou ao Governo uma maior aproximação com a população, chegando às localidades mais distantes e isoladas, e, dessa forma, buscar soluções para as necessidades de cada comunidade.

Em quatro anos de mandato percorremos milhares de quilômetros, enfrentando estradas precárias e dificuldades de comunicação para manter um contato direto com as pessoas, ouvir suas reivindicações, suas angústias acumuladas ao longo do tempo em que permaneceram sem o atendimento do poder público. Estivemos em todas as regiões deste imenso Mato Grosso – Norte, Sul, Leste, Oeste – e até mesmo em pequenos lugarejos do Pantanal, isolados pelas dificuldades de acesso e que jamais haviam recebido a visita do Governador.

Para o Estado, esses cidadãos não existiam. Esse sentimento de abandono vivido pela população chegou a fomentar um movimento divisionista, hoje, felizmente, já superado, porque o Governo se faz presente em todos os municípios com obras e outras ações administrativas.

As expedições “Estradeiro” não se esgotam apenas em percorrer o Estado, até porque, se assim fosse, se tornariam inócuas. Dentro das possibilidades do Governo, os problemas identificados são enfrentados e resolvidos. Realizamos também um Estradeiro Internacional, visitando nossos vizinhos sul-americanos, buscando uma maior aproximação política, cultural e econômica, capazes de abrir novas perspectivas de desenvolvimento e integração para o nosso Estado.

Deve-se destacar, porém, que os avanços só foram possíveis porque o Governo teve a ousadia de implementar uma nova filosofia administrativa, um jeito diferente de governar, com ação integrada de todos os órgãos do poder executivo, focados na busca incessante da eficiência, lisura e transparência na gestão dos recursos públicos, viabilizando à sociedade o controle sobre a gestão pública.

Para isso contamos com um parceiro fundamental: o servidor público. É ele, no dia-a-dia, quem faz a máquina funcionar, quem executa as ações governamentais com competência e dedicação. Por isso, investimos na qualificação do servidor, proporcionando-lhe oportunidades de crescer profissionalmente.

E vamos continuar investindo. Tivemos resultados significativos em determinadas áreas, que devem ser destacados. Interiorizamos o atendimento à saúde, construindo hospitais, focando na microrregionalização, ampliando o programa Saúde da Família e Saúde Bucal. Na educação, recuperamos a rede física – foram disponibilizadas mais de 1.000 novas salas de aula, reformadas mais de 500 escolas e construídas 110 – e qualificamos milhares de professores e servidores administrativos.

Se a educação já recebeu atenção especial, no novo mandato é a prioridade maior deste Governo, que centrará todos os esforços na melhoria da qualidade do ensino. Na área de Segurança Pública implantamos cinco regionais, cada uma delas comandada por um Coronel da Policia Militar.

Também aumentamos o efetivo de pessoal, a informatização e a frota de veículos, aparelhando o setor para o desenvolvimento do seu trabalho. No setor ambiental, um dos temas mais pulsantes de hoje, promovemos transformações importantes, seja no aspecto institucional, seja no operacional. Avançamos na legislação ambiental, criamos a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, fortalecemos as ações de fiscalização e licenciamento e firmamos parcerias com o Ibama, Ministério Público e organizações não-governamentais.

Reduzimos os desmatamentos, as queimadas e os crimes ambientais. Enfim, o Governo assumiu o controle sobre a gestão ambiental do Estado. Construímos mais de 2.600 km de asfalto rodoviário e urbano, mais de 30 mil casas populares, qualificamos milhares de trabalhadores, estimulamos pequenos empreendedores para gerar emprego e renda, apoiamos o pequeno produtor, recuperamos parte significativa do nosso patrimônio histórico.

Relatório da gestão 2003-2006

“Esta publicação [um exemplar do relatório da gestão 2003-2006 a ser publicado em breve, foi entregue pelo governador ao presidente Sérgio Ricardo junto com a mensagem] é uma prestação de contas do nosso primeiro mandato, para que o cidadão saiba onde e como foram aplicados os impostos pagos por ele. Pelo volume de realizações, a população pode constatar os resultados de uma gestão inovadora, moderna, transformadora. Quero partilhar esses resultados com o Poder Judiciário, o Poder Legislativo, com os órgãos auxiliares Tribunal de Contas, Ministério Público e Defensoria Pública.

Não podemos deixar de destacar, também, o apoio dos prefeitos nos convênios com o Estado e na condução das parcerias com o setor produtivo. Entre os nossos agradecimentos fundamentais cabe destacar o esforço dos cidadãos mato-grossenses, muitas vezes enfrentando situações adversas, e que ainda assim continuam produzindo e garantindo o crescimento do Estado.

Muito fizemos, mas muito temos ainda a construir. Nosso maior desafio é realizar um segundo mandato ainda melhor que o primeiro, o que conseguiremos com trabalho, seriedade, determinação, ação compartilhada com todas as esferas do poder público, fé em Deus e crença nos valores da família mato-grossense.”

Blairo Borges Maggi
Governador

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Caminho bem consolidado à reeleição

leonardo 400 curtinha   Dos prefeitos que podem ir à reeleição de cidades pólos, o que encontra situação mais confortável é Leonardo Bortolini, o Léo (foto), de Primavera do Leste. Bem articulado e habilidoso politicamente e com uma relação extensa de obras e...

PSDB e balão de ensaio para prefeito

paulo borges 400 curtinha   Bastante enfraquecido e fragilizado, após perda do comando do Executivo estadual e de quadro de filiados, o PSDB anuncia que terá candidato a prefeito de Cuiabá. E até lista três "prefeitáveis", sendo eles os empresários Luiz Carlos Nigro e Dorileo Leal, além do...

Grupo de Fabinho ávido pelo poder

fabio tardin 400 vereador   Uma ala do DEM de Várzea Grande, que se sente excluída do Paço Couto Magalhães, está torcendo pela cassação da prefeita Lucimar e do vice Hazama. O placar do julgamento no TSE está em 2 a 1 pela manutenção do mandato. Esse bloco anti-Lucimar é...

Vereadores oficializam 2 férias por ano

emerson 400 alta floresta curtinha   Os vereadores de Alta Floresta, no Nortão, aproveitaram este período de pandemia, com as atividades presenciais suspensas, para garantir dois períodos de "férias" por ano. Em decisão desta segunda, a Câmara Municipal, presidida por Emerson Sais Machado (foto), alterou o...

Comissão da Câmara sob efeito-Covid

renivaldo 400 curtinha   Em meio às discussões sobre transparência e compras emergenciais de medicamento, insumos e equipamentos às unidades de saúde, na luta contra a pandemia da Covid-19, a Câmara de Cuiabá criou uma Comissão Especial, composta por três vereadores. Tem a...

Ex-secretária Martha Maia com Covid

martha maia 400   A ex-secretária de Saúde e de Promoção Social de Alto Araguaia, Martha Maia (foto), anunciou nesta terça à noite que foi diagnosticada com Covid-19. Apesar disso, não está tendo sintomas da doença e já segue as recomendações padrões de ficar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.