Últimas

Quarta-Feira, 04 de Abril de 2007, 09h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

"Requiescat in pace"

Em artigo na Folha de S. Paulo desta quarta (4), Delfim Netto fala sobre as estimativas de crescimento do PIB.

 

     PARA ALGUNS economistas a maior surpresa revelada pelas novas estimativas de crescimento do PIB foi o aparente aumento da Produtividade Total dos Fatores -PTF (mão-de-obra e capital). Trata-se de um "requiescat in pace" para essa misteriosa componente calculada como resíduo na contabilidade do crescimento. 
     O problema com o conceito de "produto potencial" é que ele é resultado de uma curva de oferta (de uma função de produção) produzida por um estoque fixo de capital (que a rigor ninguém sabe direito o que é) e por uma quantidade de mão-de-obra determinada, no mercado de trabalho, pelo encontro da oferta de mão-de-obra (os que podem e desejam trabalhar para cada nível de salário) com a demanda de mão-de-obra (determinada pela produtividade marginal do trabalho). Não há, no produto potencial, papel para o fator de produção decisivo: o empresário, como já sabia em 1725 o velho Cantillon. O empresário, mesmo no curto prazo, move-se por incentivos (perspectiva de lucro) e faz mover, com incentivos, a oferta e a demanda de trabalho, além de usar mais ou menos intensivamente o estoque de capital. 
     Oferta global e demanda global não são totalmente independentes, mesmo quando o estoque de mão de obra e o estoque de capital parecem fixos. Se houver "expectativa" de lucro (ou seja de mais demanda) o empresário mobiliza a força de trabalho oferecendo novos estímulos que aumentam o seu esforço, aumentam a participação feminina e aumentam a oferta dos "desacorçoados" (diminuindo o nível de desemprego). O mesmo acontece com o uso do estoque de capital que é mobilizado em novos turnos juntamente com a mão-de-obra, desde que haja "expectativa" de lucro. É claro que esse movimento tem um limite no estresse que vai produzindo na utilização do estoque dos fatores e que, na margem, pode elevar os custos.
Mesmo esses serão, em parte, compensados pelo inevitável aumento da Produtividade Total dos Fatores quando aumenta o nível da produção, como mostra a velhíssima lição de Verdoorn-Kaldor.

É por isso que a política monetária deve ser uma salada de "boa teoria" muito bem temperada com "arte" para não abortar a ação do empresário quando ele vê a possibilidade de expansão da demanda e de novos lucros. O uso abusivo de um metafísico "produto potencial" tornou-se um efeito constritor do "produto atual"! É inútil, mas indispensável dizer que isso está longe de sugerir transacionar um "pouquinho mais de inflação" por um "pouquinho mais de crescimento".

Antonio Delfim Netto é economista,  ex-deputado federal e escreve na Folha de S. Paulo as quartas-feiras

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...

Nivelando para cima o debate em VG

emanuelzinho 400   Em discurso na Câmara Federal, Emanuelzinho (foto), 3º colocado a prefeito de Várzea Grande, disse ter ajudado a nivelar, por cima, o debate eleitoral, com grandeza e altivez e se mostra entusiasmado. Destaca que "política se faz com seriedade, transparência e com o coração sintonizado...

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....