Últimas

Quarta-Feira, 25 de Março de 2009, 09h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

RONDONÓPOLIS

Reunião de Pátio com Maggi provoca esvaziamento na AL

   A primeira audiência do prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio (PMDB), com o governador Blairo Maggi (PR), na manhã desta quarta (25), no Palácio Paiaguás, provocou o "esvaziamento" da sessão na Assembleia Legislativa (AL). O presidente da Casa, deputado José Riva (PP), deixou a Mesa Diretora e, junto com os deputados peemedebistas Antonio Brito (PMDB), Adalto de Freitas (PMDB), o "Daltinho", e Nilson Santos (PMDB), participa da audiência com o governador.

   A audiência de Pátio com Maggi, agendada inicialmente para a última quinta (19), foi adiada porque o governador precisou viajar às pressas para São Paulo em função dos problemas de saúde apresentados pela primeira-dama e secretária de Trabalho, Emprego e Cidadania, Terezinha Maggi - saiba mais aqui

   O adiamento da reunião foi um balde de água fria nas intenções do prefeito de deixar o governador numa "saia-justa" ao convocar líderes comunitários, vereadores, deputados e secretários para a audiência - veja mais aquiO prefeito também chegou a preparar um pacote de reivindicações, com a intenção de empurrar algumas responsabilidades para o Estado.

   Maggi e Pátio não conversam oficialmente desde meados do ano passado. O clima entre ambos ainda é tenso por causa de resquícios e troca de farpas na campanha eleitoral. Maggi bateu duro em defesa da reeleição do então prefeito Sachetti, derrotado por Pátio nas urnas de 5 de outubro.

(11h) - Maggi analisa reivindicações de Pátio; Silval participa de audiência

   O deputado Antonio Brito (PMDB) disse nesta quarta (25), na tribuna da Assembleia Legislativa, que a reunião entre o governador Blairo Maggi (PR) e o prefeito de Zé Carlos do Pátio (PMDB), foi produtiva e que os problemas referentes ao pleito de 2008 foram sanados. "Eles demonstraram que as divergências de campanha não existem mais. Ambos querem ajudar Rondonópolis e vão deixar as picuinhas de lado". Brito disse que as reivindicações feitas por Pátio ao governador serão analisadas e posteriormente atendidas. O vice-governador Silval Barbosa (PMDB) também participou da audiência, ao lado dos deputados Adalto de Freitas (PMDB), o Daltinho, Nilson Santos (PMDB) e José Riva (PP).

   Na avaliação do deputado Adalto de Freitas, o governador demonstrou interesse em deixar as rixas de lado e formular uma agenda positiva para Rondonópolis. "Mesmo deixando claro que as intrigas que levaram a este rancor foram realmente marcantes, Maggi demonstrou serenidade e desejo de colocar tudo em "pratos limpos", disse.

   O clima de conciliação também teria se estendido ao vice-governador, Silval Barbosa (PMDB), que chegou a ser ignorar pelo prefeito como potencial candidato ao governo do Estado - leia mais aqui. Segundo Freitas, Pátio e Silval conversaram sobre projetos para Rondonópolis. "O Silval demonstrou interesse e preocupação em ouvir o prefeito e amenizar a crise com o governador".

   Os deputados J. Barreto (PR) e Gilmar Fabris (DEM) usaram a tribuna para defender Maggi. "O governador é apaixonado por Rondonópolis. Maggi é um grande estadista. Mesmo perdendo as eleições no município, em menos de 90 dias sentou para conversar com o ex-adversário político". Segundo ele, o governador acenou positivamente a todas as reivindicações de Pátio. "Espero que o Pátio tenha agora mesma garra que teve como deputado. Ele é uma jovem liderança e tem um futuro promissor, mas esta rixa com o governador precisa acabar porque não se faz um grande governo sem o apoio do governador", apontou Fabris. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Juquitinha Braga | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até que enfim o Senhor Governador desceu do pedestal e resolveu assumir sua função de Governador.
    Já não era sem tempo dele respeitar a vontade do povo e a democracia e deixar a dor-de-cotovelo de lado e receber o prefeito eleito.
    Agora cabe ao Senhor Zé do Pátio trabalhar e se lembrar das pessoas que realmente trabalharam para que ele chegasse aonde chegou.
    4 anos são passageiros, logo alí em 2012 temos novas eleições e ele vai precisar do apoio das pessoas.
    Precisa trabalhar, cumprir suas promessas e respitar que o ajudou a se eleger.
    Tem muito oportunista que nem votar nele votou e que está desfrutando ao seu lado do poder.
    Cuidado Zé!!!! O poder é transitório e em 2012 você sabe quem nos espera.
    Muita gente do seu grupo não contará nem até 2 para pular para o outro grupo.
    Abre o olho.

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS