Últimas

Domingo, 11 de Fevereiro de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Ricarte chefia representação de MT em Brasília

    O ex-deputado federal Ricarte de Freitas (PTB), que encerrou o mandato sob desgaste político devido à  acusação de suposto envolvimento com a máfia dos sanguessugas, já assumiu de fato a chefia do escritório de representação do governo do Estado em Brasília. Por questões burocráticas, a nomeação oficial, porém, só deve sair na próxima quarta. O nome de Ricarte foi indicado ao governador Blairo Maggi pelo ministro Walfrido Mares Guia (Turismo), amigo pessoal de Freitas. A negociação avançou também para o campo político partidário. A convite do governador, o ministro deve trocar o PTB pelo PR e trazer consigo cerca de 14 deputados federais.

   Ricarte se diz animado com a nova missão. Vive uma nova fase, após vários meses no olho do furacão por causa das denúncias envolvendo seu nome. Para ele, o escritório do Estado em Brasília tem papel fundamental desde que seja melhor explorado. Funciona como espécie de embaixada de Mato Grosso na Capital Federal. A intenção do ex-deputado é centralizar todas as demandas das secretarias do Estado e ficar atento nos Ministérios para o desenvolvimento de novos programas. Ele entende que não basta acompanhar apenas as transferências constitucionais e as emendas parlamentares, mas também novos projetos e programas que constantemente são lançados pelo governo federal.

    Um outro papel importante ressaltado pelo novo chefe do escritório de representação é no sentido de manter proximidade com a coordenação da bancada federal de Mato Grosso, que é composta por 11 parlamentares (8 deputados federais e 3 senadores). Na reunião com Ricarte, quando o convidou para o cargo, Blairo Maggi reconheceu que no primeiro mandato não tem uma aproximação com a bancada. Agora, pretende quebrar essa barreira e o ex-deputado petebista terá papel de interlocutor.

   O escritório de representação está situado no edifício JK, no setor Comercial Sul. Abriga quatro salas, mas uma está cedida à Associação Mato-grossense dos Municípios e outra à Subprocuradoria-geral do Estado. Quando vai a Brasília, o governador utiliza um dos espaços para despachar. Além de Ricarte, que substitui no cargo o ex-senador Louremberg Nunes Rocha, há cinco funcionários no escritório, incluindo dois motoristas. Com status de secretário, Ricarte reivindica mais três funcionários.

    Processo

    O processo contra Ricarte no Conselho de Ética da Câmara foi arquivado antes mesmo de ser julgado, pois o parlamentar concluiu o mandato em 31 de janeiro. O petebista enfrenta agora o processo penal. Deve ser indiciado. O empresário Luiz Antônio Vedoin, um dos chefes da máfia dos sanguessugas, entregou à Justiça Federal comprovantes de depósitos de supostas transferências de dinheiro para conta de parlamentares. Esses papéis acabaram complicando a defesa de Ricarte, acusado de receber cerca de R$ 600 mil de propina em troca de emendas ao Orçamento. Um documento com a Justiça revela que houve também transferência de Vedoin para Ricarte de um Fiat Ducato, avaliado em R$ 70 mil.

         O ex-deputado mato-grossense admite o uso do veículo, como teste, durante dois meses em 2002. Garante que não recebeu propina e tampouco teve qualquer relação com a máfia. "O processo (na Câmara) foi arquivado e eu, sequer, fui ouvido até hoje. No processo penal vou ser ouvido e vou provar que nada tenho a ver com isso", destacou Ricarte de Freitas.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...