Últimas

Quinta-Feira, 08 de Fevereiro de 2007, 06h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Riva assume pré-candidatura ao Senado

    Reeleito para o quarto mandato como o mais votado proporcionalmente do país (82.799 votos), o deputado estadual José Riva (PP) voltou a assumir pré-candidatura ao Senado. Em 2002 ele ensaiou o projeto e, devido à aliança forçada entre PSDB-PMDB, acabou abrindo vaga para a candidatura do hoje deputado federal Carlos Bezerra. Agora, o homem que controla o orçamento da Assembléia desde 1995 assume projeto político maior. Ele se junta às mesmas pretensões do governador Blairo Maggi (sem partido), dos deputados federais Carlos Abicalil (PT) e Wellington Fagundes (PR) e do próprio senador Jonas Pinheiro (PFL). Três situações motivam o deputado a entrar no páreo: base sólida em ao menos três regiões (Vale do Arinos, Médio-Norte e Nortão), abertura de dois terços das cadeiras no Senado e a tendência de arquivamento dos processos na Justiça contra ele.

    Nos discursos e nas entrevistas, Riva já fala como pré-candidato ao Senado. É tido como bom articulador, mantém influência em todos os Poderes e ganha força nas bases por direcionar suas ações à chamada causa municipalista. Em seu entorno está uma grande estrutura de apoio. Vive em constante contato com prefeitos e vereadores de quase todas as regiões. No gabinete na Assembléia geralmente começa a despachar às 6 horas. Na Baixada Cuiabana passou a montar uma espécie de base de apoio.

    No mês passado, durante encontro em Sinop, José Riva (ex-PMN, PSDB, PTB e hoje no PP) foi aplaudido quando anunciou sua intenção de concorrer ao Senado em 2010. Já começou a rascunhar o foco do discurso para a candidatura majoritária, com definição de 'bandeiras' de luta. Mesmo na condição de vidraça, levanta questionamentos sobre a atuação da bancada federal, para quem está sendo pífia.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.