Últimas

Sábado, 29 de Março de 2008, 19h:16 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

CONFRONTO

Riva vê Maggi como gestor da elite e critica social

  O deputado e cacique do PP, José Riva, primeiro-secretário da Mesa Diretora da Assembléa, começou a bater duro no governo Blairo Maggi (PP) nas visitas ao interior. Neste sábado, por exemplo, o "baixinho" disse, durante uma reunião em Nortelândia, que Maggi só governa para as elites e citou os segmentos do agronegócio como privilegiados pela administração estadual em detrimento das questões sociais.

   Riva visita neste final de semana municípios do Médio-Norte acompanhado do também deputado estadual Campos Neto e do federal Eliene Lima, ambos do mesmo Partido Progressista. Parlamentar de quatro mandato e ex-miltante do PMN, PSDB, PTB e hoje no PP, Riva comparou a gestão do ex-prefeito de Nortelândia, Rodomildo Rodrigues (PP), com a de Maggi. Na sua avaliação, Rodomildo, que entrou na pré-disputa pelo comando do município, "foi um prefeito do povão, ou seja, governou para as classes menos favorecidas".

  Depois, lembrou que a imprensa deu destaque para o seu posicionamento contra o governo, apresentou as razões e, por fim, disparou. Disse que a gestão Maggi só dá prioridade para o agronegócio, contemplando os grandes produtores de soja e algodão, e também investe em asfaltamento de rodovia e, por outro lado, deixa a questão social de lado. "Esse governo valoriza mais quem tem dinheiro e não dá importância para a questão social".

    José Riva disse que o governo Maggi deveria valorizar mais, por exemplo, os assentados e também os profissionais da educação, que estão de greve na luta por reposição salarial. "O professor precisa ser valorizado e eu nunca vou ser contra a luta dos professores", diz o deputado.

   A relação política de Riva com Maggi começou a azedar há menos de um mês. Teve início com a decisão do governador de nomear para a secretaria de Desenvolvimento do Turismo o ex-vereador Yuri Bastos Jorge, do PP, sem se preocupar em consultar a direção do partido de Riva, O parlamentar se sentiu desprestigiado e, a partir daí, passou a cutucar a administração. Apesar das críticas e dos recados, Riva, no fundo, pondera que não faz oposição ao governo Maggi, mas sim age com "independência". (Colaborou Joathan de Souza)

(30/3 - às 11h) - "É preciso reconhecer algumas ações"

   Riva tenta amenizar as críticas. Em nota neste domingo acerca da matéria acima, o parlamentar destaca que "é  preciso reconhecer algumas ações do governo Blairo Maggi em relação ao setor social". "O programa habitacional do governo, por exemplo, merece destaque. Mas é preciso ir além das obras físicas. É preciso ser mais ousado e contemplar o cidadão com ensino técnico profissionalizante, saúde pública de qualidade, educação integral e ações permanentes de inclusão". Segundo Riva, MT vive uma fase de transição econômica e precisa preparar seus cidadãos, sobretudo os menos privilegiados.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Janete Gomes Riva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, ao ler essa matéria, constatei algumas afirmacoes atribuidas ao Dep. Riva. Essas, que não correspondem com a verdade. Penso que houve uma interpretacao erronea, Riva sempre afirmou que o programa habitacional do Governo Maggi é o maior que já houve em MT, só defende que o Governo priorize o cidadão, indo além das obras fisicas já realizadas. Utilizando-se de cursos de qualificacao, ensino tecnino profissionalizante, pois o estado ainda tem muitos excluidos. E para um periodo de transicao em que nos encontramos, o povo precisa estar qualificado. Nao perdendo tambem o aspecto social do Governo que seriam a saúde a educacao, onde Riva tem defendido uma reposicao salarial, para um melhor desempenho dos profissionais. Em relacao ao agronegocio, Riva, também defensor do setor, acredita que estas transformacoes acima citadas, se tornaram reais com o devido equilibrio nas acoes governamentais. Grata.

  • Mauro Cesar Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    De agora em diante é bom o Governador se preparar, pois vai ser paulada de todo lado, é o efeito elição municipal preparatória para a estadual. Dante provou esse veneno!Vai todo mundo trocar de partido?

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pena que o Dep. Riva só enxergou isso em ano eleitoral.é a velha maneira de se fazer politica (gem)(lha)o que é?
    Em tempo: eu não sou blairista!!!!!

  • Savio Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson,
    Não sejamos tolos em querer pensar que riva virou oposição a maggi.A verdade é a seguinte,o deputado viu de novo o seu sonho de ser senador ir para o espaço(que bom).Olha só o desenho:Jaime governador,blairo senador,Pagot senador 1º suplente de Jaime,e um senador do PT como contra partida para Lula.è esta a verdade para 2010 e ponto.

  • fernando silva dos santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo plenamento com o Sávio de Caceres

    Toda essa vou dizer assim tempestade em copo dagua do nosso muuy amigo Riva, mostra mais uma vez que ele esta sendo colocado de lado, como foi na epoca do Dante, a unica coisa que este senhor conseguirá é mais um vez ser reeeleito a Dep Estadual, O blairo nao vai dar espaco pra ele.
    Pra mim é mais do que bem feito, afinal cade a fidelidade, lealdade que este deputado prega e que nunca vi.
    Sua unica lealdade e fidelidade é consigo mesmo. Continue assim Riva fazendo sua politicazinha e um recado pessoal *(LEVA ESSE SEU ASSESSOR PARLAMENTAR / RADIALISTA DE VOLTA PRA CUIABA, PQ AQUI ELE JA DEU O QUE TINHA DE DAR.) E SE DEPENDER DO MEU VOTO ELE E DO QUE EU PUDER CONSEGUIR VAI TOMAR TINTA ASSIM COMO SEU AMIGO LG (CANDIDATO A PREFEITO AQUI EM DENISE TOMOU EM 2004.)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O governador Blairo Maggi esta sofrendo as mesmas ações que impos ao Dante enquanto no passado levantava loas ao governador desenvolvemista que tirou Mato Grosso do ostracismo político-econômico,insulflado por sua corte durante a sua primeira campanha falou em merenda para dep.e em abrir a caixa preta do seu governo que ´bastou ganhar para cair no esquecimento.Hoje a caixa preta esta nas isenções fiscais e renuncias fiscais que se aberta não trara surpresa alguma ao constatar que as suas empresas são as mais beneficiadas,tanto que mandou seu empregado Waldir Teis para julgar as suas proprias contas no TCE,após muita articulação e desgaste político.

  • Pedro Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que o Riva queria era ser candidato a senador no grupo do Blairo e ele começou a enxergar que não tem espaço para ele, agora ele quer afastar do Blairo e montar um projeto com o DEM de Jaime Campos visando 2010, é o que Sinval Barbosa teria que fazer também, pois não vai ter espaço para ele no grupo de Blairo em 2010, porque essa gaúchada só pensa neles.

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...