Últimas

Terça-Feira, 14 de Agosto de 2007, 08h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

SANGUESSUGAS

Rossi deve assinar um termo e ganhar liberdade

Algemado, o ex-deputado Lino Rossi chega a Cuiabá nesta quarta

   O ex-deputado federal Lino Rossi deve ser liberado possivelmente nesta quarta (5), assim que for interrogado pelo juiz federal Jeferson Schineider, da 2ª Vara Federal de Cuiabá. O ex-parlamentar, que dormiu na carceragem da superintendência da Polícia Federal de Brasília, chega à capital mato-grossense nesta terça. Ele foi preso no aeroporto de Brasília, momentos antes de embarcar para São Paulo. Como não possui curso superior, o radialista e ex-apresentador de TV deverá ser conduzido para alguma cadeia até ser convocado pelo juiz para prestar depoimento no processo em que figura como reú.

    Advogados ouvidos pelo RDNews asseguram que, como o processo está em fase inicial de instrução, Lino Rossi deverá ficar em liberdade. Sua prisão só fora motivada por este tentar "driblar" os oficiais de Justiça e também por desacatar a Justiça. Por três vezes, os oficiais tentaram notificá-lo para a audiência e não conseguiram.

    "Não tive acesso à decisão do juiz, mas pelo que li na imprensa, se a prisão foi motivada para garantir a instrução processual, ele (Rossi) deverá ser liberado assim que prestar depoimento", enfatiza o advogado Paulo Taques. Nesse caso, o juiz deverá impor algumas condicionantes. Lino Rossi tende a assinar um termo de compromisso para comparecer a todas as audiências, não mudar de endereço e só se ausentar de Cuiabá ou Várzea Grande mediante autorização da Justiça.

     Denúncias

    Há dois meses, Rossi foi denunciado pelo Ministério Público Federal sob acusação de cometer crimes de lavagem de dinheiro, corrupção e formação de quadrilha. Teria embolsado cerca de R$ 3 milhões no esquema da Máfia das Sanguessugas. Por meio da Planam, com sede no Coxipó, em Cuiabá, a máfia adquiria ambulâncias para prefeituras com preços superfaturados. O esquema envolvendo emendas parlamentares junto ao Orçamento Geral ganhava corpo porque, segundo as investigações, "rolava" propina. Segundo o MPE, Rossi atuou como espécie de braço-político da máfia. Teria intermediado a aproximação dos empresários Luiz e Darci Vedoin junto a vários parlamentares. Ao longo de cinco anos, a máfia movimentou cerca de R$ 100 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    HÁ muitos anos atrás existia um programa na tv que se chamava "Planeta dos Macacos" e tinha um personagem que a policia prendia quando ele estava sendo conduzido para o xadres ele perguntava:
    -Mas só eu? cade os outros?- esta na hora do Sr lino rossi fazer a mesma pergunta!

  • Abigail | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CADEIA NEEEEELLLLLLLEEES!!!!!!

  • Hugo José | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse já sentiu o drama!!!! será que tá chegando a vez do PEDRO HENRY também???? tomara que sim!!!!!

    Ficamos na torcida!!!!

  • JOSE´MARQUES BRAGA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Começa a surgir o produto dos politicos papagaios: fala bonito e não faz nada de bom na prática. Que siva de exemplos para os eleitoes e não repita erros em votar em apresentação e sim conteudo e capacidade de realizar algo de bom, seja na qualidade de legislar ou em executar.

  • Renato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Demorou né ? Este aí deveria estar em cana faz tempo. Foi o menos atuante e o mais corrupto Deputado de MT.

  • jose maria guerra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Confidencial | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    A justiça esta fazendo o seu papel de elucidar e punir aqueles que cometem delises mas é necessário que haja imparcialidade pois existem vários casos no país que cairam no esquecimento tais como o Sr. Válerio, o caso BMG, os pagamentos de mensalões. A justiça não pode ter cor partidária e aproveitando o gancho do Sr. José Marques Braga concordo com Vossa Senhoria e espero que os eleitores do municipio de Várzea Grande acate a sua sugestão e conselho e vote consciente.

  • Maria do Carmo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ah Ah Ah Ah Ah! Não desejo o mal pra ninguém, mas sinto um prazer imensurável ao ver essa figura PRESA!!!!
    CADEIA NELE!!!!! A Justiça tem que confiscar o que esse desumano construiu e colocou em nomes de laranjas, através do desvio de verbas publicas. Tem que prender o irmaozinho dele tambem, o Leonidas Rossi - que possui mais de 03 carteiras de identidade e 05 cpf, pode??? Eta familia ou quadrilha????

Ricardo atuando pela reeleição de EP

ricardo adriane 400 curtinha   O ex-vereador Ricardo Adriane (foto), um dos dirigentes do Republicanos da Capital e do quadro de assessores do presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho, está fazendo campanha pela reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro. Numa reunião ampliada, Ricardo deixou claro que...

Única petista eleita define apoio a EP

edna sampaio 400 curtinha   Única vereadora eleita pelo PT na Capital, a professora Edna Sampaio (foto) resolveu declarar apoio à reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). E mandou mensagens aos servidores públicos, que passarão a ter a petista como espécie de porta-voz na Câmara Municipal....

Batista agora aparece pra pedir voto

joao batista 400 curtinha   Único deputado do Pros com assento na Assembleia e presidente estadual do partido, João Batista (foto) resolveu aparecer nestas eleições em Cuiabá, mas no segundo turno. No primeiro, foi escondido pela candidata do Pros, Gisela Simona, que ficou em terceiro lugar. Nos bastidores,...

Derrotado a vereador se junta a Abílio

elias santos 400   O irmão do deputado estadual Wilson Santos, Elias Santos (foto), que concorreu a vereador por Cuiabá e só conseguiu 1.143 votos, agora faz campanha para Abílio neste segundo turno, no confronto entre o candidato do Podemos e o prefeito Emanuel. Elias estava no PSDB e correu para o DEM do governador...

Surra de votos no prefeito e no irmão

meraldo sa 400 curtinha   Na pequena Acorizal, com menos de seis mil habitantes, o ex-prefeito de dois mandatos, ex-presidente da AMM e ex-deputado estadual Meraldo Figueiredo Sá (foto) garantiu mesmo, nas urnas, o seu retorno ao cargo. Concorrendo pelo PSD e agora sem ajuda do antigo padrinho político José Riva, Meraldo...

Ato de Gisela por Abílio na prefeitura

gisela simona 400 curtinha   Gisela Simona (foto), que agora virou Abílio desde criancinha, mesmo depois de sofrer ataques e críticas deste no 1º turno, convocou correligionários para um "ato contra corrupção", neste domingo, na praça Alencastro, em frente à Prefeitura da Capital. A plateia de...

MAIS LIDAS