Últimas

Quinta-Feira, 28 de Maio de 2009, 17h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÁCERES

Roubo ocorreu antes da chegada de auditores, diz Fontes

   Secretários e funcionários da prefeitura de Cáceres (a 210 km a Oeste da Capital), juntamente com auditores do Tribunal de Contas do Estado, estão verificando se nenhum documento e/ou processo da prefeitura foram levados pelos bandidos fortemente armados, que no último sábado (23), em poder de maçarico e até de rádios para comunicação, renderam e amarraram dois vigilantes platonistas do prédio.  “Já conseguimos verificar cerca de 70% dos documentos. Em princípio não detectamos o sumiço de nenhum, mas o levantamento ainda está sendo feito”, conta o prefeito de Cáceres, Túlio Fontes (DEM). Os criminosos arrombaram mais de 10 portas, um caixa eletrônico do Banco do Brasil, documentos e cheques da prefeitura – saiba mais aqui.

  O curioso é que a ação dos bandidos aconteceu dois dias antes da chegada dos auditores do Tribunal de Contas do Estado. “Como eles (técnicos do TCE) vieram buscar a documentação referente às contas de 2008 pouco após o assalto, estão trabalhando junto com os funcionários da prefeitura, que verificam se há sumiços de processos e documentos”, conta Fontes. Os técnicos do TCE realizam auditoria na gestão Ricardo Henry (PP), ex-prefeito de Cáceres. O progressista chegou a ser reeleito, mas após ser acusado de crimes eleitorais teve seu registro cassado e o segundo colocado Túlio Fontes assumiu a prefeitura.

   A investida dos seis assaltantes ocorreu por volta de 2 horas. Eles ficaram dentro do prédio até às 4 horas. “Foi um trabalho de especialistas, mas deixaram pistas. Não podemos dar muitos detalhes, mas as investigações estão adiantadas”, conta o prefeito. Foram arrombadas as portas das secretarias de Administração, Finanças e da Procuradoria-Geral do Município, além dos cofres e caixas eletrônicos. “Ainda não sabemos quanto em dinheiro foi levado. Estamos monitorando o saque dos cheques. Até agora não tivemos problemas”, afirma o democrata.

    Perguntado se acredita em crime político, Fontes prefere não emitir juízo. “Quero deixar a polícia investigar e apontar o que realmente aconteceu”, pondera. Após a invasão, a Politec esteve no local e realizou perícia, até mesmo as digitais deixadas pelo local foram levantadas. “Ainda não sei o resultado, mas espero saber em breve o que realmente aconteceu”. O procurador-geral de Cáceres Marionely Araújo Viegas, revela que está sendo feita uma verdadeira força tarefa para verificar quais são os prejuízos ao erário. “Vamos ter uma reunião às 18h para cruzar as informações levantadas pelas secretarias e assim ter um panorama mais amplo deste roubo”, explica. (Patrícia Sanches) 

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Orlandir Cavalcante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bem.... há muitas ??????????????????????????????????????????????????????????? voando sobre minha cabeça recheada de cabelos grenhos...............
    pois a cada dia que passa mais !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! as ultimas exclamações dizem respeito a este assalto ( feito por profissionais) á prefeitura de minha cidade.
    Por favor Pessoal do site voces estão confundindo as bolas! Crime politico é uma coisa totalmente diferente de crime organizado!!!!!

  • João do Junco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa declaração do prefeito tapetão é de uma leviendade sem tamanho. quem está rodeado de Beto Bretas, Da Silva, Altamiro é ele. quando sair o resultado da perícia, pode ter surpresa no clã.

  • Bastião Sapicuá | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vai trabalhar Tulio Fontes, para de lenga lenga. vc não para de chorar em momento algum?
    Que que tem a ver TCE a roubo do cx eletrônico. só a sua mente doentia pra assossiar uma coisa a outra.
    Por falar nisso, onde vc andava as 02 hs da manha daquele sábado??

  • Carlos Oliveira Teixeira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Gildo Mendonça | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    KKKKKK, esse Túlio fontes tem uma mente diabolica, o que será que quer dizer qdo diz: que a Prefeitura foi roubada dias antes do TCE, chegar.

    Ou será que esse discurso é pra justificar ao TC, alguns documentos que serão omitidos pra prejudicar a prestação de contas de 2008.

    Olha cuidado, o feitiço vira contra o feiticeiro, vamos esperar a pericia, e a policia esclarecer este fato, que com certeza já esta sendo usado pelas politicalhas.

    Quero dar um alerta aos auditores, fiquem espertos, pq certamente esta equipe que esta ai na Prefeitura, farão qualquer negocio pra prejudicar o prefeito eleito.

  • Jose Castanheira Cintra Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Veja senhores, povo de Caceres. è tão lamentavel o descaso na Prefeitura quando do assalto. O sr prefeito nem em cáceres estava, assecores e altos funcionarios não ficaram sabendo deste fato, somente apos de oito horas passado o fato,é q alguns ficaram sabendo pelo tal de Beto Bretas, isso é vergonha para o povo. Vamos ser mais ativo e trabalhar com mais afinco. Infelismente coisas q acontecem onde o DEM, administra. Durma com um barrulho deste.

  • Bóbó de Livramento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Hum cuidado xô mano, onde a fumaça tem fogo, esse firme passa direto aqui em livramento, nois só assiste e bate palma.

  • João Batista de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A coisa tá mesmo feia aqui em Cáceres!
    Esse roubo realmente cheira a malandragem de quem pode não estar querendo ver o nome ainda mais sujo do que está. Lamentável esses documentos não estarem protegidos com mais segurança.
    Trabalho feito por profissionais e, possivelmente sob encomenda.
    O roubo do caixa eletrônico pode ser apenas para despistar sobre os verdadeiros objetivos da ação.
    É bom ficarmos de olhos abertos quanto ao resultado dessas investigações, que acho que não vão esclarecer muitas coisas.

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.