Últimas

Segunda-Feira, 11 de Agosto de 2008, 00h:36 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RUMO ÀS URNAS

Ruralista e servidor disputam em Alto Taquari

 Com apoio do prefeito Lairto José Sperandio, o  empresário Maurício de Sá (DEM) entrou na disputa à sucessão em Alto Taquari (a 509 km ao Sul de Cuiabá), município que já desfruta dos benefícios econômicos com a chegada dos trilhos da ferrovia em Mato Grosso, numa ligação com São Paulo. Sá enfrenta um páreo duro. Tem como adversário o servidor público Areovaldo Camargo, do PSDB.

   Em termos de patrimônio, Maurício ganha. Presidente do Sindicato Rural de Alto Taquari, ele declarou possuir bens avaliados em quase R$ 8 milhões. Já Areovaldo diz que seus bens pessoais somam R$ 75 mil. O candidato tucano foi vereador por dois mandatos.

   Na composição majoritária, Sá conta com o atual vice-prefeito José Arnaldo Buscariol (PPS), o seu Dino, como candidato a vice novamente. Areovaldo tem na chapa o agricultor Vanderley Santeiro (PV), que também é classificado como milionário, embora não tenha nem um terço do patrimônio do candidato democrata. Ele disse à Justiça Eleitoral que seus bens estão avaliados em R$ 2 milhões. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Marco Rosada | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Maurício de Sá, um excelente nome, trata-se de pessoa séria, honesta e empreendedora, que conheço há mais de 30 anos. Com certeza, será eleito e fará uma administração dinâmica, empreendedora e inovadora, cuja administração ficará marcada na história e levará a cidade de alto taquari rumo a um futuro promissor.

  • Lindomar da Silva Rezende | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conheci o Camargo quando eu era SGT PM, comandante da Polícia mIlitar em Alto Taquari-MT. Era, àépoca, escrivão de polícia e sempre foi um sujeito do bem, muito honesto e sério, comprometido com a população local. Torço para que ele vença as eleições e possa investir no social e no bem das classes mais pobres de Alto taquari. Força, Camargo.

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.