Últimas

Terça-Feira, 24 de Julho de 2007, 16h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

RONDONÓPOLIS

Sachetti aprova 5% de contrapartida do PAC

     O prefeito rondonopolitano Adilton Sachetti (PR) revela estar satisfeito com a contrapartida imposta pela União para o repasse de R$ 166 milhões por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Como conseguiu viabilizar os recursos por meio de financiamento, Sachetti assumiu compromisso de pagar 5% de contrapartida, mesmo percentual a que tem direito os demais gestores, entre eles Wilson Santos, de Cuiabá, e Murilo Domingos, de Várzea Grande. “Num primeiro momento, a contrapartida era de 15%, agora é de 5%, isso mostra que negociamos bem. Agora é investir”, disse Sachetti.

   Caso o prefeito optasse por recursos do Orçamento Geral da União, que são a fundo perdido, teria que arcar com 20% de contrapartida. É na tentativa de reduzir esse percentual de contrapartida que o prefeito Santos entrou na briga com o Ministério da Casa Civil.

     Os recursos do PAC para a Prefeitura Rondonópolis serão destinados a obras de saneamento básico. Sachetti afirma que já possui algumas obras de tratamento de água e esgoto em andamento. Afirma que pretende utilizar os novos recursos para fazer de Rondonópolis "a cidade com a melhor política de limpeza".

     Sachetti estará presente em Cuiabá no próximo dia 31, quando o presidente Lula anunciará mais de R$ 500 milhões de recursos do PAC para os três maiores municípios mato-grossenses. Rondonópolis tem assegurado R$ 166 milhões e, Várzea Grande, R$ 174 milhões.

     Já o prefeito cuiabano Wilson Santos negocia com o governo federal, por intermédio do governador Blairo Maggi, para garantir mais de R$ 200 milhões. O impasse está na questão da contrapartida dos recursos via OGU (a fundo perdido). Santos tem a garantia de uma contrapartida de 5% no caso de financiamento e luta para não haver contrapartida das verbas do OGU. (Simone Alves - RDNews)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marcelo Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sachetti, não está falando toda a verdade. A verdadeira verdade é que o Blairo participou diretamente das negociações com a ministra e ixigiu para Rondonópolis e Varzea Grande 5% e para Cuiabá o Governador e a Ministra Dilma nem partiiparam da reunião. e Viva a Soja

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...

VG fatura com os clientes da Capital

Com o feriado em Cuiabá nesta quinta (8), por força do aniversário de 302 de emancipação político-administrativa, o movimento no comércio migrou para a vizinha Várzea Grande, segundo maior município do Estado. Em alguns trechos, especialmente na região central, registrou-se congestiomanento no trânsito praticamente o dia todo. Em tempos de pandemia e com horário de funcionamento reduzido, lojistas e comerciantes...