Últimas

Terça-Feira, 24 de Julho de 2007, 16h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

RONDONÓPOLIS

Sachetti aprova 5% de contrapartida do PAC

     O prefeito rondonopolitano Adilton Sachetti (PR) revela estar satisfeito com a contrapartida imposta pela União para o repasse de R$ 166 milhões por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Como conseguiu viabilizar os recursos por meio de financiamento, Sachetti assumiu compromisso de pagar 5% de contrapartida, mesmo percentual a que tem direito os demais gestores, entre eles Wilson Santos, de Cuiabá, e Murilo Domingos, de Várzea Grande. “Num primeiro momento, a contrapartida era de 15%, agora é de 5%, isso mostra que negociamos bem. Agora é investir”, disse Sachetti.

   Caso o prefeito optasse por recursos do Orçamento Geral da União, que são a fundo perdido, teria que arcar com 20% de contrapartida. É na tentativa de reduzir esse percentual de contrapartida que o prefeito Santos entrou na briga com o Ministério da Casa Civil.

     Os recursos do PAC para a Prefeitura Rondonópolis serão destinados a obras de saneamento básico. Sachetti afirma que já possui algumas obras de tratamento de água e esgoto em andamento. Afirma que pretende utilizar os novos recursos para fazer de Rondonópolis "a cidade com a melhor política de limpeza".

     Sachetti estará presente em Cuiabá no próximo dia 31, quando o presidente Lula anunciará mais de R$ 500 milhões de recursos do PAC para os três maiores municípios mato-grossenses. Rondonópolis tem assegurado R$ 166 milhões e, Várzea Grande, R$ 174 milhões.

     Já o prefeito cuiabano Wilson Santos negocia com o governo federal, por intermédio do governador Blairo Maggi, para garantir mais de R$ 200 milhões. O impasse está na questão da contrapartida dos recursos via OGU (a fundo perdido). Santos tem a garantia de uma contrapartida de 5% no caso de financiamento e luta para não haver contrapartida das verbas do OGU. (Simone Alves - RDNews)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marcelo Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sachetti, não está falando toda a verdade. A verdadeira verdade é que o Blairo participou diretamente das negociações com a ministra e ixigiu para Rondonópolis e Varzea Grande 5% e para Cuiabá o Governador e a Ministra Dilma nem partiiparam da reunião. e Viva a Soja

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...

MAIS LIDAS