Últimas

Domingo, 03 de Agosto de 2008, 12h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RONDONÓPOLIS

Sachetti chama Muniz para palanque e elogia vice


Em campanha, Antônio e Sachetti caminham de mãos dadas

   O prefeito rondonopolitano Adilton Sachetti (PR) disse, em entrevista ao RDNews, que está trabalhando para conquistar apoio do deputado e ex-prefeito Percival Muniz (PPS) a sua candidatura à reeleição. Ele admite que ambos se distanciaram devido a posições divergentes, observam que o importante neste período de campanha eleitoral é debater o futuro de Rondonópolis e rasga elogios a Muniz, que foi um dos seus principais aliados nas eleições de 2004.

   "Nós nos distanciamos pelas posições tomadas e estamos discutindo a cidade. Gostaria de ter o Percival conosco, numa demonstração de lealdade". Na avaliação de Sachetti, que enfrenta um páreo duro contra o deputado Zé Carlos do Pátio (PMDB), "Muniz tem uma visão política privilegiada e seria importante tê-lo no palanque". "A gente tem de ciscar para dentro. Vamos trabalhar para ter ele (Muniz). Às vezes a gente fala certas coisas e tem ruído e isso acaba chegando atravessado, mas depois tudo se ajeita. Gostaria de ter o Percival conosco e vou trabalhar para isso".

   Adilton Sachetti afirma que tem "muitos amigos dentro do PPS", partido conduzido pelo ex-prefeito por dois mandatos e que estão em sua campanha. Percival Muniz apresentou posição dúbia neste processo eleitoral. Após se afastar da gestão Sachetti, ele "colou" em Zé do Pátio. Chegou a anunciar que o apoaria para prefeito. Em seguida, recuou e o seu PPS passou a trabalhar idéia de candidatura própria.

   Por fim, Muniz ficou fora da disputa e anunciou posição de neutralidade, assim como o PPS. Nos bastidores, porém, o comentário é de que nos próximos dias o ex-deputado federal, ex-prefeito de Rondonópolis e hoje no primeiro mandato de deputado estadual suba no palanque de Sachetti, se juntando ao ex-adversário, deputado Wellington Fagundes (PR), que emplacou o filho João Antonio de vice da chapa.

   Adilton Sachetti afirma que está convicto na reeleição porque sua gestão "fez muito nestes quase 4 anos de mandato" e espera haver esse reconhecimento nas urnas. Hoje, porém, ele perderia para Pátio, líder nas pesquisas de intenção de voto.

   Chapa

   O prefeito republicano, eleito em 2004 pelo PPS e com Manoel Machado, o Maneco, de vice, destaca que escolheu desta vez como companheiro de chapa o jovem João Antonio Fagundes, de 22 anos, por uma decisão pessoal. Lembra que na eleição passada Maneco, um líder comunitário do distrito de Vila Operária, foi muito importante na eleição. "Ele é um líder comunitário, sempre lutou na base da pirâmide social e mostrou competência com toda a sua simplicidade. Ele assumiu a prefeitura por algumas vezes, respeitou a nossa forma de administrar, moderna e ousada. Agora, com o João Antonio, apresentamos uma nova discussão".

   Segundo o prefeito, a classe política passa por descrédito, principalmente junto aos jovens. Observa que a maioria dos líderes políticos está com idade mais avançada e entende que está na hora dos jovens conquistarem espaço na vida pública. Foi pensando nisso, diz Sachetti, que fez convite pessoal para João Antonio ser o vice. Pondera que trata-se de um jovem que, dentro da estrutura familiar, conhece tudo de política. "Ele tem preparo e vive política dia e noite. É formado em Economia e professor universitário. Quanto à idade, não tenho essa preocupação, pois ele está pronto para assumir desafios", diz o prefeito.

   Destaca que, na convivência diária, está surpreso com a capacidade do seu vice e que passou a admirá-lo. "Tenho respeito muito grande por ele. Aliás, ele tem bom trânsito em Brasília, pois trabalhou lá numa empresa de planejamento. Ele tem luz própria". O prefeito enaltece as qualidades de João Antonio, mas admite que o fato deste ser filho do deputado Wellington também contribuiu para a escolha.


Numa cena curiosa, o candidato a vice João Antonio Fagundes pede voto à eleitora do adversário Zé do Pátio (PMDB)

Postar um novo comentário

Comentários (29)

  • case peçanha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    parabens comanheiro pelo comentário ai de cima, to com voce, a Janaina alem de ...é muito bonita, fala bem ,...além disso é o sonho de casamento de muito cabo eleitoral, mas...aos desavisados cuidado a moça é casada.
    sacanagem o Mohamed acabou influenciando a menina para ela ficar contra o Joao Antonio e quem acabou dançando foi a coitadinha

  • Paulo Macedo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ousadia e competencia e o lema do prefeito adilton primeiro mandato trouxe um vice da massa comunitaria agora foi mais ousado trazendo um jovem professor economista pra ser seu vice prefeito isso e inedito na historia da nossa cidade dando opotunidade para essa juventude maravilhosa que nao tem oportunidade porque nao tem experiençia como vao ter experiençia se nao lhes dao oportunidade agora sim vamos afavor de rondonopolis a favor do progresso

  • Denise | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fala sério.... tem muito pau mandado aqui do do Papo para falar mal do cara que faz pela cidade.
    Ele nao tem o rei na barriga ele é sério e faz o melhor para o bem geral da comunidade.
    Diferente dos que mantem a pobreza para ter como cobrar o voto depois
    Fala sério.... Rondonópolis não cai mais nessas presepadas de politiqueiros.,.... queremos políticos de verdade

  • Pereira. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sabia que essa hora ia chegar... A arrogancia da botina ia se desestruturar... Eu já sabiaaaaa

  • Thiago | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Sachetti começou a tirar o rei da barriga?? O que aconteceu?? Queria ver se ele fosse lider nas pesquisas se isso estaria acontecendo. Desde o começo eu dizia: quem tiver o Percival no palanque vai ganhar a eleição. Só tem um problema. Tirar o rei da barriga só agora pode ter sido tarde de mais.

  • José Farias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dir-se-ia que uma atitude de união de Percival Muniz, depois de tantos detrimentos entre Sachetti e ele, seria um fim de sua trajetória política dentro do estado de matogrosso. Mas quem sabe sua decisão, de repente estar querendo encerrar a sua carreira. E acha melhor assim, Quem viver verá!

  • Marcio Dantas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Bem acho que ninguem precisa influenciar a Janaina a ficar contra o João Antonio, ele que caiu de paraqueda depois de 4 anos e chegou atropelando ela e toda chapa da juventude do PR, só porque tem poder e é rico, mas quem viver verá, quem saiu perdendo, enquanto muitos outros partidos querem essa gatiissima e simpatica moça de sorriso facil e verdadeiro, estamos contigo Janaina Borges e se vc está com MOHAMED estamos juntos contigo!!!! Nosso carinho e solidariedade. Quanto ao sachetti precisa mesmo trabalhar forte e organizar os trabalhos politicos desejo que seja vitorioso, mas poderia valorizar mais as pessas simples e dar espaço também. Voce errou Janaina em sair do PPS, este partido PR não tem nda a ver contigo vc é socialista.....

  • ANA ALICE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O MPE NÃO VAI TOMAR PROVIDENCIAS - A PROVA ESTA AI - O CANDIDATO ESTAMPADO EM CAMISETA - ISSO É PROIBIDO

  • ANTONIO TIBURCIO DA SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta camiseta que a eleitora do ZÉ CARLOS DO PATIO esta usando é a prova real e concreta do crime eleitoral que ele esta praticando nesta campanha....é proibido o uso de camiseta como propaganda eleitoral.
    Ele pode dizer que esta camiseta e do 15 do PMDB, pode dizer mas não e isto que estamos vendo, tem o numero 15 mas tem também a foto dele....
    Se for duro em cima Sachetti não terá adversário e a candidatura do ZE CARLOS será impugnada.

  • giane macedo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o melhor para roo é o adilton e quanto ao João Antonio é um jovem nascido em nossa cidade capacitado estudado inteligente carismatico do bem e ama sua cidade esta com vontade e garra para trabalhar por roo sangue novo honesto eu o conheço desde criança e sempre foi alegre gentil e hunano confio nesta dupla só falam mal quem não os conhece ou tem intensão de ver nossa cidade no caus que o PMDB deixou em gestoes anteriores

Rejeição a Abílio sobe e cai a de EP

abilio junior 400 curtinha   Nos últimos 15 dias, o candidato a prefeito da Capital, Abílio Júnior (foto), do Podemos, viu a rejeição aumentar 12 pontos percentuais, quase um por dia, saindo de 19% para 31%, de acordo com a nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada nesta sexta pela TV Centro América....

Fávaro deixa governador em saia-justa

carlos favaro 400 curtinha   O senador interino do PSD, Carlos Fávaro (foto), que busca a reeleição, deixou o governador Mauro Mendes (DEM) em uma saia-justa em Barra do Garças. Mendes, que já declarou apoio no horário eleitoral ao candidato à sucessão municipal Wellington Marcos, do mesmo...

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...