Últimas

Domingo, 18 de Novembro de 2007, 16h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

RONDONÓPOLIS

Sachetti já se articula em busca de novo mandato

   Mesmo com o governador Blairo Maggi no palanque e as máquinas do Estado e do município a seu favor, o prefeito de Rondonópolis, Adilton Sachetti (PR), terá pela frente um páreo duro na disputa à reeleição. Hoje, há três "prefeitáveis" de oposição, mas a tendência é haver unidade ao menos entre os deputados estaduais Zé Carlos do Pátio (PMDB) e Percival Muniz (PPS). O primeiro disputou e perdeu para Sachetti, em 2004. Muniz foi prefeito por dois mandatos e era aliado de Sachetti.

    Se as eleições fossem hoje, Pátio ganharia a prefeitura, conforme tem revelado as últimas pesquisas de intenções de voto. Os governistas apostam, porém, que ainda há tempo para o prefeito de recuperar do desgaste por ter adotado medidas antipopulares, como aumento de taxas de IPTU, de água e de valor venal de imóveis e a retirada de ambulantes das calçadas.

    Empresário e ocupando cargo eletivo pela primeira vez, Sachetti começa a deixar o perfil técnico de lado e jogar mais politicamente em busca de um novo mandato. Cooptou quase todos os vereadores. Com ajuda do governo do Estado e com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento do governo federal, sua administração já programou várias obras para o primeiro semestre do próximo ano, já em fase de campanha eleitoral.

   Esse trunfo pode ajudá-lo na reeleição. Sachetti, que conta com apoio do PT, carrega sobre os ombros outro desafio: precisa vencer para fortalecer seu nome como virtual candidato a governador em 2010. O maior incentivador desse projeto é o próprio Maggi, que vislumbra candidatura de senador.

   Enquanto isso, Zé do Pátio parte para o ataque. Afirma que a gestão Sachetti prioriza os ricos em detrimento dos menos favorecidos. Ele se uniu a Muniz, outro que não descarta entrar na disputa. Se não concorrer a prefeito, o deputado socialista tende a apoiar o peemedebista. A estratégia é não rachar as oposições.

   Pátio e Sachetti não estão conseguindo, porém, trazer para o grupo o ex-prefeito e ex-governador Rogério Salles (PSDB), que se vê num fogo cruzado. De um lado, Salles é motivado a disputar a prefeitura em nome da sobrevivência do PSDB. De outro, é amigo pessoal de Maggi e de Sachetti, a quem apoiou em 2004. Por enquanto, o tucano admite pré-candidatura, mas com o entusiasmo que não deve durar até as convenções de junho.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Rogério salles vem como boi de piranha, transparece que vai tirar voto só das forças populares.Sr Rogério o Sr perdeu o bonde da História, deixando de participar da eleição passada.

  • antonio ferreira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não tem nem o que discutir para 2007, nós de Rondonópolis sabemos O QUE NÃO QUEREMOS, que é o Sr. Adilton Sachet, que aumentou IPTU, TAXA DE ILUMINAÇÃO PUBLICA, AGUA, Taxa do CEMITÉRIO, alem de mautratar os ambulantes, servidores publicos. DA uma de honesto mais encheu a prefeitura de ex funcionário de sua empresa (em troca do que da rescisão contratual). sem contar que suas empresas que o mesmo alega que vendeu, e empresas do sobrinho do governador vem ganhando as concorrencias, claro o processo é transparente, vocÊs acreditam? TA NA PALMA DA MÃO...

  • Roberto Lins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Sachetti.. o dinheiro do PAC pode vir é todo pra você que mesmo assim não há solução. Arrogante, trata os servidores públicos mal.. VOCÊ ESTÁ FOOOOOORA!


    NABO PRO SACHETTI!

  • Miguel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Paulo Soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    To gostando de vê, é isso ai Sachetti nunca mais.... o ano que vem nos damos o troco nele, hahahaha.... Sachetti NUNNNNCCA mais .... OK!

    até breve ....

  • Antonio da Luz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero só vê a cara do Sachetti nas eleiçoes do ano que vem, quero da risada da sua cara, igual elefez comigo quando fui pedir para parcelar em mais vezes o meu IPTU..., é Sachetti está chegando a sua hora.... 2008 ta bem ai...hahahahaha... eu dei meu geito e paguei o IMPOSTO, AGORA da o seu geito para ganhar as eleiçoes... quero só vê....Hahahahahahahah......

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...

MAIS LIDAS