Últimas

Terça-Feira, 17 de Abril de 2007, 11h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Sachetti sai do Detran e vira assessor de Maggi

Governador anuncia nova reforma no staff; PMDB deve comandar Sinfra com Silval; Vilceu cai e Helny deixa a MTGás

   O governador Blairo Maggi anunciou nesta terça (17) uma nova reforma do secretariado. Confirmou a pasta da Educação para o PT, com o deputado estadual Ságuas Moraes, e ofereceu a Infra-Estrutura, hoje sob comando de Vilceu Marchetti (DEM), para o PMDB. Tudo indica que o vice-governador peemedebista Silval Barbosa comandará a Sinfra. Com isso, Marchetti deixará o primeiro escalão. Antes, Maggi havia anunciado Silval para a Educação, mas recuou e agora o deseja na pasta de Infra-Estrutura.

  Moisés Sachetti sai da presidência do Detran e vira secretário especial do Gabinete de Maggi. Ele vai atuar como articular político do governador, assumindo papel de Luiz Pagot que, por sua vez, está deixando a Educação para ser diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit).

   Dentro dessa nova reforma do staff, Maggi destacou que pretende consolidar a aliança com o governo do presidente Lula e, para tanto, não descarta mudanças nas secretarias de Indústria, Comércio, Minas e Energia e também de Cultura, conduzidas hoje, respectivamente, por Alexandre Furlan e João Carlos Vicente Ferreira.

  Quanto ao secretário de Administração, Geraldo de Vitto, que vem recebendo críticas dos deputados, o governador assegura que não o substituirá. Observa que Vitto tem o seu apoio para prosseguir no projeto da reforma administrativa.

   Helny de Paula deixará a presidência da MTGás para reassumir a cadeira de vereador por Cuiabá. O cargo ficará vago para negociações com partidos aliados, assim como o Detran. O governador não descarta novas mudanças no quadro de secretários.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

PL quer suspender dívidas das cidades

max russi curtinha 400   Ex-prefeito de Jaciara, o deputado Max Russi (PSB) apresentou projeto que visa suspender os pagamentos das dívidas dos municípios com o Estado, durante o período de calamidade pública que foi decretado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus. Max ressalta que MT não deve...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.