Últimas

Sexta-Feira, 04 de Setembro de 2009, 11h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CONCURSO

Sanecap lança edital para 528 vagas e omite informações

   Após ser acionada pelo Ministério Público, a Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap) lançou edital de concurso público para 528 profissionais de nível superior, médio e técnico, além de fundamental completo ou não. O intrigante é que, apesar do edital estar disponível no site da autarquia, não há qualquer divulgação sobre a abertura das inscrições que vão de 6 a 14 de setembro, pela internet ou nos Correios. A própria secretaria de Comunicação da Sanecap confirmou não saber detalhes sobre a prova.

   Outro ponto que chama a atenção é o fato do concurso literalmente “demitir” cerca de 80% dos funcionários da autarquia, que conta com pouco mais de 700 servidores. Assim, se eles não conseguirem ser aprovados pelo concurso, terão que procurar outro emprego. A Sanecap se viu obrigada a lançar edital de concurso para cumprir o Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta n.º 18/2009, de 10 de fevereiro de 2009, firmado com o Ministério Público do Trabalho. O prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), declarou nesta quinta (4), durante inspeção judicial às obras da ETA Tijucal, que a autarquia chegou a ter 1.300 funcionários, mas após a entrada da engenheira sanitarista Eliana Rondon, que preside o órgão, esse número baixou para 700. “Já o faturamento pulou de R$ 3 milhões para R$ 7 milhões”, contou o tucano. A visita teve como principal objetivo sensibilizar o juiz federal Julier Sebastião da Silva e o procurador da república, Mário Avelar sobre a importância da liberação de R$ 16,4 milhões para a conclusão das obras – saiba mais aqui.

   As inscrições para o concurso da Sanecap podem ser feitas a partir das 8h deste domingo e se estendem até às 23 horas e 59 minutos de 14 de setembro. O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetivado até 15 de setembro. O valor é de R$ 8, para nível superior, R$ 50 para nível médio e médio técnico e R$ 25 para fundamental completo e incompleto.

  Para conseguir a isenção de pagamento de taxa de inscrição, os interessados devem fazer as inscrições até 14 de setembro. Podem requisitar o benefício candidatos que estiverem desempregados, que recebem até 1,5 salário mínimo e doadores regulares de sangue. As inscrições podem ser feitas pelo site da UFMT ou nas agências dos Correios de Cuiabá.  A prova será aplicada em 11 de outubro, na Capital. Já as provas de esforço físico acontecerão nos dias 8 e 9 de novembro. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • TIMONEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e essa a administracao do psdb!!!! tudo armado,jogo de carta marcada,sencura,favorecimento,alias me dizem quem que e mesmo a diretora da sanecap?se nao uma braco direito do nosso todo poderoso,wilson pinoquio,como se ver estamos f........... e da lhe wilson,45 45 45 45

  • José Assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mesmo após toda este escandalo a sanecap ainda que fazer as coisas por debaixo dos panos? o que eles querem mais? consiguiram enlamear a nossa capital. Aquele bando do rosa está fazendo história em mato grosso. não pode dar bobeira que este povo não.Eles acabaram com a credibilidade da sanecap da procuradoria do municipio. O pior que o chefe da gang saiu mas deixou para traz um bando de puca sacos. a prefeitura era bem melhor sem eles aqui.

  • SAMIR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTE É AQUELE TAL FALADO CONCURSO PARA ACOMODAR GENTE DA PRÓPRIA AUTARQUIA...

    ÓRGÃOS DO JUDICIÁRIO ABRAM O OLHO SOBRE ESTE CONCURSO E NÓS LEITORES FICAREMOS DE OLHO NOS APROVADOS PARA VER A LIGAÇÃO COM A SANECAP...

    SÓ FALTAVA ESTA, DEPOIS DE UMA PAULADA A PMC AINDA INSISTE EM ALGO ILÍCITO...

    ERRAR UMA VEZ FOI MÁ FÉ ERRAR DUAS É QUADRILHA MESMO!!

  • elizeu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NÃO PODE SER CABIDE DE EMPREGO.
    POIS 90% DOS FUNCIONARIOS DA SANECAP SÃO INDICAÇÕES POLITICAS E CONTRATADOS PELO IDEP.

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

Kalil, ausência e críticas de educadores

gilmar ferreira 400 curtinha   O candidato a prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat (MDB) não foi a um evento realizado pelo Sintep para apresentar suas propostas aos técnicos e professores da educação básica. A ausência e sem apresentar justificativa deixou professores na bronca. O sindicalista...