Últimas

Terça-Feira, 04 de Novembro de 2008, 08h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RUMO A 2010

Santos atrai França e Jayme; DEM terá 2 pastas

Fernando Ordakowski

  O tucano Wilson Santos resolveu atrair para o seu segundo mandato à frente do Palácio Alencastro os ex-adversários Roberto França (sem partido) e Jayme Campos, cacique do DEM, já pensando em aglutinar e ganhar forças políticas rumo a outro Palácio: o Paiaguás. Para agradar os democratas, o prefeito reeleito quer contemplá-los com duas secretarias, mesmo o partido não tendo elegido um vereador na Capital. Essa sinalização já começou a criar cisânia na coligação de 11 partidos.

   Como a disputa foi prolongada para o segundo turno, o prefeito se viu em apuros e sob ameaças do opositor Mauro Mendes (PR). Antes, achava que ganharia no primeiro. Resolveu, então, bater a porta de França, de quem já foi adversário ferrenho. Na disputa à Prefeitura de Cuiabá, por exemplo, ambos se enfrentaram uma vez, mas tiveram em palanques opostos em outros eleições.

  Em 2000, França se reelegeu prefeito pelo PSDB, no primeiro turno e com 137.441 votos. Santos, no PMDB, ficou em terceiro, com 39.575 votos, atrás da petista Serys Slhessarenko e à frente de Emanuel Pinheiro (então PFL). Em 2004, França apoiou Sérgio Ricardo, que estava no PPS e ficou em terceiro lugar. Santos, já no PSDB, conseguiu sair vitorioso.

  Desta vez, Santos e França iniciaram as eleições em confronto. O ex-prefeito e hoje deputado estadual apoiou Walter Rabello (PP) no primeiro turno. Numa jogada estratégica, França "empurrou" para o DEM (ex-PFL) a esposa e ex-vice-governadora Iraci França, enquanto permanece sem legenda. No primeiro turno, o DEM compôs chapa majoritária com Rabello. Já no segundo turno, enquanto o candidato progressista derrotado se declarou neutro, o grupo de França, sob a liderança de Iraci, subiu no palanque do tucanato.

   "Gratidão"

    Na comemoração da vitória, a impressão que se tinha é que Iraci fora a responsável pela reeleição do prefeito. Assim, Santos e França passam borracha no passado, marcado por intrigas, denúncias e acusações, e agora pensam no futuro. O senador Jayme Campos, outro então opositor ao tucano, se junta ao grupo. O DEM terá forças na recomposição do secretariado. Santos pretende abrir duas pastas para o partido, uma delas é a área social. As demais siglas começam a se sentir preteridas.

   O objetivo do novo bloco político é um só: derrotar em 2010 a turma da botina, grupo do governador de segundo mandato Blairo Maggi (PR). O prefeito reeleito antecipou cedo demais o processo visando as eleições gerais. Isso pode dificultar sua atual administração.

Postar um novo comentário

Comentários (55)

  • Marcos Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha gente, quem vai decidir se o Prefeito Reeleito Wilson seja candidato a Governador. Será os institutos de pesquisas, se no inicio de 2010 ele aparecer Liderando as pesquisas, só se for um otário para não sair candidato. Política é assim mesmo,agora esses que ficam lembrando que ele prometeu ficar 4 anos e por que não votaram no Wilson e nunca vão votar. Se Wilson é um bom ou mau gestor para os internautas que comentam aqui, isso não importa o que importa é o que a maioria da população diz na urna a urna o aprovou. Agora aqueles que não concordam que põem o a sua cara a tapa, saem candidatos, pois criticar é fácil administrar uma cidade como Cuiabá do jeito que o Wilson pegou ai é outros quinhentos. Agora administrar o Estado de Mato Grosso do Jeito que o Dante deixou ai é fácil, agora ampliar mais ainda a capacidade do Estado em Gerar Energia, fazer os trilhos da ferrovia andar para dentro do Estado, melhorar a qualidade da Educação, melhorar a saúde, ter coragem de construir um Pronto Socorro administrado pelo Estado para atender pacientes do interior em Cuiabá, diminuir os índices de violência no estado, mostrar transparência e critérios justos nos incentivos fiscais, ter coragem para reduzirem os impostos de ICMS das conta de Energia e telefônica ai sim é outros quinhentos e Viva o Governador Blario Gafanhoto Maggi.
    Inveja Mata e da lhe Wilson pra ficar melhor, dá licença. Kkkkkkkkkkkk.

  • Gonçalo do Porto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Falar eu avisei é chover no molhado.Enquanto Mauro voltou a trabalhar,o prefeito reeleito sai de férias com a família,mas deixa avisado: convida Jaime e França pra ratoeira...Saúde?Educação?Deus? Que esperem, eu ganhei mesmo.Daqui ninguém me tira nos próximos 4 anos( lembram daquela abelha na orelha que o TRE propagandeava?).Já vi que meu comadre Gonçalina Beira Rio ficou muda de repente,não sei por que, mas o tal de Marco inda quer arremedar adotando a política do bairrismo e xenofobia tipo:Se WS e França tão juntos,pior Blairo e Terezinha que
    fala mal dos cuiabanos.Se o argumento é esse,ocês tão num mato sem catchorro.Este jingle só valeu pra enrrolar a cuiabania. Coitado de Aecim Tocantins, deve tá bem arara com o pau rodado der Dracena/SP...

  • Teonílio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Santos atrai França e os dois juntos atraem derrotas.

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    JÚLIO E DITO CAMPOS PERDERAM EM VÁRZEA GRANDE E JANGADA, RESPECTIVAMENTE, ROBERTO FRANÇA TAMBEM SAIU DERROTADO NAS URNAS, NENHUM VEREADOR ELEITO, QUEM É O DEM ?????

  • Ronan Jackson Costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Apenas para refletir: se verdadeira a informação o Prefeito Wilson Santos estaria aliando-se ao Senador Jayme Campos (que perdeu a eleição em Jangada e Várzea, cujo partido - DEM não conseguiu eleger nenhum vereador na Capital)e ao Suplente de Deputado Estadual Roberto França (ex-prefeito que não conseguiu se eleger). Com uma aliança dessa o nosso prefeito não se elegerá nem a Presidente de Bairro em 2010.

  • adriano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estão loucos para pegar o governo do estado para mamar.

  • carlos coimbra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que falta na politica é vergonha na cara, como pode adversários ferrenhos estar juntos com tudo que um já falou e acusou do outro, isso é uma vergonha..........

  • SELMO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Professor Wilsson cuidado com essas coligações do passado . Vce conhece muito bem quem presta e quem nao presta. O que eu sei vce tem processo contra o Roberto. Iraci... que é Iraci? nao consegui elegere nem para Presidente de bairro. E vce vem dizer na sua grande vitoria que ela foi a responsavel. Dem nao elegeu nimguem para vereador teve 8.000 votos.

    Tome cuidado com esses tubarõesm eles ja foram da oposição e foram corridos da turma da BOTINA. Nem eles aguentaram ...


    NESSA HORA VCE DEVE TA MATUTANDO...Como DANTE FAZ FALTA

    Cobra voce mata na com paulada na cabeça. Nao se esqueça disso. E quem vive de passado é MUSEU...



  • memoria curta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quer dizer que todas aquelas falcatruas (que ele mesmo denunciou) do roberto frança vai para debaixo do tapete

    Ah! bom só queia entender!!!!!(como dizia o macaco)

  • CARLOS AGUIAR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ACHO A MAIOR CRETINISSE DA PARTE DA IRACI FRNÇA QUE JÁ FOI VICE GOVERNADORA DO NOSSO MELHOR GOVERNADOR BLAIRO MAGGI E APARECE CHORANDO PEDINDO VOTO PARA O WILSON SANTOS, E ALEM DO MAIS O DEPUTADO ROBERTO FRANÇA FICOU RINDO DIA DO RESULTADO DO 2 TURNO EM CUIABÁ, AFINAL VC ROBERTO É DO PR LARGA DE PUCHAR SACO EM TROCA DE CARGO, AFINAL VC ESTA COMO DEPUTADO ATÉ HOJE GRAÇAS AO GOVERNADOR BLAIRO MAGGI, OU SEJA AGORA VC QUER FICAR DE BEIJOS E ABRAÇOS COM WILSON SANTOS. VAMOS VER ATÉ ONDE VAI ESTA NOVELA OU ATÉ MESMO PODEMOS CHAMAR DE MINISSÉRIE COM O TÍTULO DUAS CARAS NÉ ROBERTO E IRACI.

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...