Últimas

Domingo, 01 de Junho de 2008, 01h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

ARTICULAÇÃO

Santos "dispensa" Faiad e leva o PMDB à ruptura

  Francisco Faiad, presidente da OAB-MT, foi a principal razão da ruptura do PMDB com o prefeito cuiabano Wilson Santos. Em reunião com a cúpula do partido, sob o cacique Carlos Bezerra, Santos prometeu entregar ao partido como condição para tê-lo no palanque da reeleição os comandos da Companhia de Saneamento (Sanecap), do Cuiabá-Prev (instuto previdenciário dos servidores municipais), da secretaria de Infra-Estrutura e ainda a indicação do vice de sua chapa.

  Após acordo com o PMDB, o prefeito tucano, para consolidar a aliança, chamou Faiad para uma conversa. Ofereceu a ele oficialmente a candidatura de vice e já solicitou que, urgentemente, se afastasse da presidência da OAB-MT. Faiad se empolgou com o convite, mas pediu uma trégua. Nesse interím, alguns tucanos começaram a se opôr à indicação de Faiad, como o ex-senador Antero de Barros. O tucanato bateu  duro para, ao invés do PMDB, a própria sigla tucana compor chapa pura. O argumento é de que, uma vez reeleito, Santos alçaria vôo rumo ao governo do Estado em 2010, levando-o a renunciar ao mandato para o vice concluí-lo.

   Além de Antero, passaram a defender a mesma tese o suplente de deputado Carlos Avalone, o ex-secretário de Trânsito e Transporte Urbano, Oscar Soares, e o procurador-geral de Município, José Antonio Rosa. Tratam-se de "conselheiros" de Santos. Todos reforçaram o nome da deputada federal Thelma de Oliveira para a vice.

   Sob pressão interna, o prefeito começa a ignorar Faiad. Não mais o atende. O presidente da OAB se irrita e mandar dizer que não tinha mais interesse em ser o vice. Bezerra e outros membros da cúpula, como o vice-governador Silval Barbosa, usam, então, o argumento de que Santos não cumpriu o acordo e propõem rompimento político.

  A primeira reviravolta se dá na Sanecap. Com 15 dias no cargo, Aldo Romani deixa a presidência da autarquia. Publicamente, alegou razões de foro íntimo mas, no fundo, se viu obrigado a seguir orientação do PMDB de se distanciar do Palácio Alencastro. Agora, o prefeito luta para "segurar" o PMDB. Por enquanto, mantém Neuzalina Maria de Jesus no Cuiabá-Prev e, na Sanecap, os diretores Carlos Miranda e Ivan Gonçalves, os 3 indicados pelo PMDB. No caso da Infra-Estrutura, deixou de pertencer ao PMDB desde a saída de Euclides Santos. Hoje, está com o PDT, sob Josué de Souza.

   Enquanto o prefeito tucano espera reconquistar a agremiação peemedebista, a direção do partido já abriu diálogo com o pré-candidato do PR, empresário Mauro Mendes. Wilson Santos pode até contar com o PMDB na campanha, mas, pelo visto, sem Francisco Faiad, "fritado" pelo tucanato.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Marcelo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Faiad não tem mais condições de continuar à frente da OAB/MT tem que renunciar e provocar nova eleição pra ordem.

  • PMdebistas Descontente | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Penso que esse comentário visa tão-somente desestabilizar a candidatura de Wilson Santos, pois NÃO É POSSÍVEL À FAIAD SE CANDIDATAR EM CUIABÁ SE ELE É ELEITOR EM ALTA FLORESTA-MT.
    Creio que seria importante a quém redige tais matérias inteirar-se acerca disto, é a mínima segurança que têm que haver.
    Pois pode haver um dia em que o ventilador jogue a merda para trás, e com certeza atingirá o franco atirador.

  • JOSÉ CARLOS ARRUDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    JÁ DISSE AQUI VÁRIAS VEZES O EX-GALINHO NÃO SUSTENTA DE PÉ O QUE FALA SENTADO, ESSA É A RAZÃO DE TODOS CAIR FORA. VAI SER CHAPA PURA OU NÃO TEM VICE. FORA WS O SEU TEMPO ESTÁ ACABANDO.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Marcelo Vilas Boas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson!População de Cuiabá, e com muito indignação que vejo esta armação do Wilson Santos e seu grupinho(Antero, Avalone, Zé Rosa, Oscar Soares,Thelma, etc...), para indicar um vice.

    Esta muito claro que se Wilson Santos eleger, este deixará a Prefeitura para candidatar ao Senado ou Governo, onde quem vai governar será o seu vice e esse grupinho.

    Com isso podemos ver que este não tem compromisso com Cuiabá,para este mandato,apenas fazendo da Capital um tranpolim, esta vendo seu lado pessoal.

    VAMOS DIZERVOTAR BASTA PARA ESSA PESSOA, nós cidadões esclarecido formadores de opinião, não devemos deixar esta pessoa substimar nosssa inteligência e VERGONHSO

  • ANTENOR COSTA E SILVA FILHO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TODO MUNDO SABE QUE FAIAD NÃO FOI FRITADO COISA ALGUMA....O PMDB NA VERDADE NEM QUER INDICA-LO, ATÉ POR QUE NAO TEM DENSIDADE ELEITORAL ALGUMA, DESTA FORMA O PMDB JA AVISOU QUE O VICE SERIA, O ESQUECIDO POLITICO TÓTÓ PARENTE E O WILSON SANTOS O RECUSOU, POR ISSO DESTE RECUO.
    QUEM É FAIAD NA ORDEM DO DIA.......MAL CONSEGUE DIRIGIR A OAB DIREITO;
    QUEM É TOTO....UM COMANDADO PELA RAPOSA CARLOS BEZERRA ...........
    NA VERDADE.....BOM SERIA UM MALA MESMO COMO INDICAÇÃO DE VICE D WILSON .....ELE É OUTRO MALA...NÃO CUMPRE O QUE PROMETE.....FALASTRÃO, CUIDADO DEPUTADO CHICO GALINDO( COORDENADOR DA CAMPANHA) , SE NAO VAI FICAR IGUALZINHO.....

  • BETO SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FAIAD SERVIU DE BOI DE PIRANHA E SE QUEIMOU. AGORA NAO TEM MAIS MORAL PARA PRESIDIR A OAB. SAI FORA TURCÃO...

  • mARILENE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SWILSON SANTOS SE VC TA FAZENDO CHAPA PURA PRA DEIXAR O PODER COM ESSES AVALONES , ANTESROS,ZÉ ROSAS DA VIDA VOCE VAI ENTERRAR SUA CARREIRA PRA SEMPRE.PENSE BEM ANTES DE IGNORAR O PMDB

  • Fábio Fernando | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A única dúvida que eu tenho, é se o Sr. Romilson escreve essas baboseiras porque é doido, está a serviço de alguém, ou é muito desinformado mesmo.
    Ninguém fritou Faiad, a não ser ele mesmo. Como queria ser candidato a vice em Cuiabá, se nem mesmo é filiado em Cuiabá?
    O PMDB está é procruando uma desculpa para pegar a mala preta do Blairo e do Mauro Mendes. Esse é o PMDB, não muda nunca.

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

MAIS LIDAS