Últimas

Quarta-Feira, 26 de Novembro de 2008, 07h:32 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

ELEIÇÃO

Santos diz ter gasto R$ 3,3 mi; Mendes, R$ 6 mi

  O prefeito reeleito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) declarou à Justiça Eleitoral que "torrou" R$ 3,365 milhões em sua campanha de dois turnos. Já o seu concorrente, empresário Mauro Mendes (PR), confessa despesas oficiais de R$ 6,241 milhões. Ele fechou com déficit de R$ 215 mil. Os dois foram os que mais gastaram entre os cinco candidatos ao Palácio Alencastro. Santos venceu as eleições com175.038 votos (60,5%). No primeiro turno, o tucano registrou 141.327. Já Mendes obteve 78.415 votos no primeiro turno e 114.432 no segundo turno.

  O comitê de campanha do tucano especifica que R$ 1,1 milhão entrou no caixa em dinheiro, enquanto R$ 2,1 milhões foram em cheques ou transferências bancárias. A maior despesa foi com pessoal: R$ 2,1 milhões. O tucanato lista R$ 20,2 mil com encargos financeiros e taxas bancárias, R$ 5 mil com produção de rádio, R$ 91,4 mil com publicidade em carros de som, R$ 315,4 mil em material gráfico, R$ 44,5 mil de material de expediente, R$ 88,3 mil de despesas com transporte e R$ 134,8 mil por cessão ou locação de veículos.

   Com telefone, a campanha vitoriosa de Santos afirma que gastou R$ 20,5 mil e outros R$ 11,1 mil com energia elétrica. Os demonstrativos contábeis passam agora por análises técnica e jurídica da Justiça Eleitoral, a quem cabe aprová-los ou não.

  No caso de Mauro Mendes, seu comitê traz receitas de R$ 6,241 milhões e despesas de R$ 6,241 milhões, portanto, um déficit de R$ 215 mil. Do montante doado, R$ 5,9 milhões foram em cheques e/ou transferências bancárias. Entre as despesas do candidato do PR estão R$ 2,997 milhões com pessoal, principalmente cabos eleitorais; R$ 115 mil com locação de veículos; R$ 198 mil com produção de programas de rádio, TV e/ou vídeo; R$ 160,6 mil com alimentação; R$ 655,5 mil com publicidade impressa; e R$ 332,8 mil com combustíveis e lubrificantes.

   As eleições deste ano em Cuiabá envolveram 5 candidaturas a prefeito. Mauro César de Lara, o procurador Mauro (Psol) estimou gastar R$ 2 milhões e só chegou a R$ 22,2 mil. Foi o último colocado nas urnas, com 10.833 votos. Valtenir Pereira (PSB), que conquistou 14.386 votos, confessou despesas de R$ 188,2 mil. Sua previsão era atingir no máximo R$ 840 mil. O candidato do PP, ex-deputado Walter Rabello, confessou despesas de R$ 650 mil.

Quanto gastaram oficialmente os
candidatos a prefeito de Cuiabá
Mauro Mendes (PR)             - R$ 6,241 milhões
Wilson Santos (PSDB)        - R$ 3,365 milhões
Walter Rabello (PP)             - R$ 650 mil
Valtenir Pereira (PSB)         - R$ 188,2 mil
Mauro de Lara (Psol)          - R$ 22,2 mil 

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • ANTÔNIO CUIABANO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma estória do lobo mau.
    Quem viveu a campanha sabe muito bem que, com esse valor declarado não daria para abastecer os carros com combustível.

  • léo medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    AS PRESTAÇÕES DE CONTAS DE CAMPANHA, SALVO HONROSAS EXCEÇÕES SÃO PEÇAS DE FICÇÃO.

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na prestação do WILSON SANTOS falta declarar os gastos que a própria Prefeitura pagou que não deve ser inferior a uns 3 MILHÕES....ainda acham que a gente é idiota.

  • luiz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    na verdade o wilson ia gastar 9,000 mi mas como roubaram 6,000 mi, ele perstou conta de 3,000 mi. isso sem contar o caixa dois!!!!!!!! ahhhh fala serio wilson

  • JOVAINE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A TÍTULO DE CONTRIBUIÇÃO GOSTARIA DE MANIFESTAR A MINHA PREOCUPAÇÃO COM ALGUNS TEXTOS SOBRE DETERMIONADOS ASSUNTOS E SOBRE ÁREAS QUE NÃO SÃO DE DOMÍNIO DE JORNALISTAS - ATÉ PELA SUA FORMAÇÃO - E POR ISSO OCORRE INFORMAÇÃO QUE NÃO SE CONFIRMA COM OS DOCUMENTOS OFICIAIS DISPOSTOS NOS ÓRGÃOS COMPETENTES.

    SERIA INTERESSANTE, PRA NÃO DIZER NECESSÁRIO, DISPONIBILIZAR AS ESCRITURAÇÕES CONTÁBEIS À PROFISSIONAIS DA ÁREA PARA ESTUDO E ANÁLISE E SOMENTE DEPOIS PUBLICAR QUAISQUER MANIFESTAÇÕES SOBRE A MATÉRIA.

    ESSE É O PROCEDIMENTO DE QUAISQUER JORNALISMO SÉRIO. CHECAR INFORMAÇÕES, CONFIRMÁ-LAS E SOMENTE DEPOIS PUBLICÁ-LAS.

    OS DOCUMENTOS CONTÁBEIS DISPOSTOS DO CARTÓRIO ELEITORAL DEMONSTRA UMA DESPESA DE CAMPANHA DE MAIS DE R$4.500.000,00
    (QUATRO MILHÕES E QUINHENTOS MIL REAIS).

    ESSES DOCUMENTOS SERÃO OBJETO DE EXAME DO TRIBUNAL REGAIONAL ELEITORAL,ÓRGÃO COM A MISSÃO CONSTITUCIONAL DE ANÁLISE SOBRE CONTAS ELEITORAIS.

  • PEDRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PELO QUE VI NA RUA COM CERTEZA O CANDIDATO MAURO MENDES GASTOU MUITO MAIS EM RELAÇÃO AO WILSON SANTOS, ESTAVA EVIDENTE ISSO. NAO ACREDITO QUE TEVE CAIXA DOIS NESTA CAMPANHA.

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PEDRO Papai noel te mandou um abraço e o Gênio da Lãmpada também.....fala sério!!!

  • Wilson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de ver publicado a relação dos doadores da campanha dos candidatos a prefeito de Cuiabá, assim com voçes fizeram com os vereadores. Grato ,
    Wilson

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS