Últimas

Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2009, 12h:41 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE

Santos e médicos travam embate em programa de rádio

   Na reabertura das negociações pelo término da greve e retomada do atendimento nas policlínicas, Pronto Socorro e Unidade de Saúde da Família (antigo PSF), o prefeito cuiabano Wilson Santos e representantes do Sindmed travaram uma verdadeira batalha durante o programa matutino de rádio Chamada Geral, na Mega FM (antiga Cuiabana FM), apresentado nesta segunda (28) pelo ex-deputado federal Lino Rossi (PP).

   Eles demonstraram que estão dispostos a ceder ao agendar para as 15h desta segunda, no Ministério Público Estadual, uma nova rodada de negociações para discutir os 14 itens da pauta de reivindicação apresentada pelo presidente do Sindmed, Luiz Carlos Alvarenga. Outro encontro, previsto para esta quarta (30), deve selar de vez os entendimentos e marcar o retorno dos profissionais às atividades. 

   Apesar da disposição em dialogar, médicos, prefeito e o secretário municipal de Saúde, Luiz Soares, ainda não se bicam. Durante o programa de rádio, os representantes do Sindmed, médicos Ednaldo Lemos e Celso Vargas, travaram um duro debate com o prefeito, o que levou Rossi a atuar como mediador. “Vou usar os últimos quatro minutos porque fui convidado para falar sobre os 14 itens e, até agora, só discutimos três”, disparou o prefeito. Diante da insistência dos médicos em falar da falta de iniciativa do prefeito em sanar os problemas, Lino se viu obrigado a contornar o desconforto, o que gerou mais descontentamento dos profissionais. “Na condição de autoridade, ele (Santos) tem que dar a palavra final”, afirmou Lino. 

    Em verdade, apesar da pauta de reivindicações, os profissionais querem a exoneração imediata do secretário de Saúde, Luiz Soares, e o prefeito não dá sinais de que vai ceder à exigência dos médicos. “Na equipe do Sindmed manda o Sindmed, na equipe do prefeito manda o prefeito. Assim como não peço a demissão do doutor Alvarenga, do Edinaldo e do Celso, acredito que a recíproca seja verdadeira”, disparou Santos.

------------------------------
"Na equipe do Sindmed manda o Sindmed
na equipe do prefeito manda o prefeito"
------------------------------

   Em relação à exigência dos médicos para que o Pronto Socorro atenda somente casos de urgência e emergência (pequena, média ou alta complexidade), enquanto as cirurgias ambulatoriais e eletivas ficariam a cargo das policlínicas, postos de saúde e hospitais credenciados, Santos assegurou que o problema já foi solucionado. Segundo ele, uma em cada três policlínicas terá cirurgião. O tucano, porém, não soube precisar uma data para que os novos profissionais sejam chamados e comecem a atender. Ele também espera solucionar o problema com a reforma do HPSMC, que pode levar até seis meses. O prazo gerou o descontentamento dos médicos.

   O ponto mais polêmico do debate diz respeito à exigência dos profissionais de pagamento imediato do adicional de insalubridade de 40% retroativo junho de 2006. O Sindmed ingressou na Justiça e já obteve êxito em duas instâncias. Apesar disso, Santos sugeriu uma reunião entre representantes do sindicato e o procurador-geral Ussiel Tavares para discutir a legalidade e a forma como será quitada a dívida, já que, segundo o tucano, a Justiça teve entendimento divergente em relação ao mesmo assunto, adicional de insalubridade, em uma ação movida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sispumc). “Reconheço que vocês venceram em primeira e segunda instância, mas temos duas decisões divergentes. Pedimos que a assessoria jurídica do Sindmed sente para conversar com o Ussiel para vermos o que é legal e o que não é, pois são duas decisões divergentes sobre um mesmo assunto”. Na avaliação do Sindmed, porém, Santos deveria liberar imediatamente o recurso aos sindicalizados.

--------------------------------------
Pedimos para a assessoria jurídica
do Sindmed conversar com o Ussiel
 
-------------------------------------

   “Também gostaria muito de incorporar o Prêmio Saúde Cuiabá aos salários, mas prêmio não é salários e já há jurisprudência nesse sentido. Hoje gastamos R$ 1,8 milhão com a saúde pública de Cuiabá, sendo que R$ 1,3 milhão é proveniente do governo Estadual. Amanhã, se o governo decidir cortar este recurso, como fará a prefeitura para honrar os vencimentos?”, questionou Santos. Ao final, ele reconheceu que poderá flexibilizar a Portaria nº 016 da SMS que regulamenta o prêmio. “Já fizemos isso com a licença-maternidade. Estamos prontos para construir uma portaria mais flexível”, comprometeu-se Santos. (Andréa Haddad)

                 ----------------------------------------------------------------------------

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • EUBES LISBOA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TINA E CRISTINA MEU E MAIL E DROGARIALISBOA@HOTMAIL.COM TOMA VERGONHA VCS 2 PUXA SACO O OCAMARADA GASTA 400% A MAIS DE PROPAGANDA E NAO INVESTIU NEM 20% DO Q E OBRIGADO NA EDUCAÇAO TOMA TENTO MENINAS VAI DEFENDER QUEM TEM RAZAO POR EXEMPLO ........ALGUNS Q TENTAM SER HONESTOS E NAO MALANDROS TIPO W S ESSE CABRA PERDEU A OPORTUNIDADE DE SER REFERENCIA NA NOSSA CIDADE O DANTE Q ERA MALA MAS FAZIA MUITO ELE SERIA O SUBTITUTO DELE MAS PERDEU A OPORTUNIDA DE E AGORA JA FOI...........................

  • Van Hausen | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nem incompetentes nem burros PAULO ROBERTO.Tanto WS como o cabeção querem usar o dinheiro do estado (dinheiro do contribuínte) contra o próprio estado (leia-se Maggi e cia).
    Já foi dito aqui neste sítio que o subsídio ao PSM de Cuiabá foi PACTUADO entre estado e minicípio, e agora, pelo programa 171 veio à baila esta verdade cristalina...
    É o que disse meu xará ( Van der Haute): O espírito de Joseph Goebells baixou na SECOM da prefeitura e a mentira vem sendo repetida incansávelmente até se tornar uma verdade...

  • Juliano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em um País sério, o dinheiro da propaganda já deveria ter sido canalizado para a saúde e educação. Se quer continuar abraçado com o usúário Cabeção que vá para o fubdo do poço.

  • cristina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eubes lisboa ,quem é você?toma gergonha você que está mamando na teta do Governo ou Mauro Mendes.E esse Butinudo que joga dinheiro c/propaganda e viagens c/todo secretário dele,gastando dinheiro que poderia ser investido na Educação,Saúde e Segurança,cria vergonha de falar o que você não sabe ou está cego.

  • JOTA RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CRISTINA E TINA VASQUEZ , OU VOCES MORAM EM OUTRA CIDADE OU DEVEM USAR A REDE PARTICULAR DE SAÚDE , FAÇA UMA VISITA NA EMERGÊNCIA DO LIXO OU MELHOR DO PRONTO SOCORRO , E VCS VERÃO O QUANTO OS SEUS COMPETENTES PREFEITO E SECRETÁRIOS ESTÃO TRABALHANDO , SER PARTIDÁRIO EU ENTENDO MAS DAÍ ESCREVER EM UM BLOG BEM FREQUENTADO ASNEIRAS A RESPEITO DE FATOS ME SURPREENDE QUE PESSOAS TENHAM CORAGEM DE CONTESTAR FATOS CONCRETOS E AMPLAMENTE DIVULGADOS EX:(SABE QUE A PREFEITURA PAGA PARA OS MÉDICOS 800.00 E O COMPLEMENTO DO SÁLARIO SE DÁ POR INTERMÉDIO DE VERBA REPASSADA PELO ESTADO ) ESSE MESMO ESTADO QUE UMA DE VCS DISSE NÃO FAZER NADA ,OLHA SE NÃO HOUVESSE REPASSE QUE SÓ PRA INFORMAÇÕES DE VCS PASSAM DE 1.600.000 FAÇA A COMPARAÇÃO DISSE O EX PREFEITO ROBERTO FRANÇA , QUE ESSE REPASSE AUMENTOU E MUITO DA ÉPOCA QUE ELE ERA O PREFEITO OU SEJA NÃO EXISTINDO O REPASSE OS MÉDICOS GANHARIAM 800.00 REAIS POR MÊS .ESTUDARAM 10 ANOS NO MÍNIMO PRA TRABALHAR NO MEIO DO LIXO SEM A MÍNIMA CONDIÇÃO DE TRABALHO E ESSE SÁLARIO VOU FAZER UM COMPARATIVO A MINHA SECRETARIA DO LAR FAZ FACHINAS CADA FACHINA CUSTA DE 50.00 A 100.00 REAIS ELA FAZ PELO MENOS TRES POR SEMANA UMA MÉDIA DE 200,00 REAIS POR SEMANA ALÉM DA MINHA CASA QUE GANHA FIXO , DEVE TER UM SALÁRIO DE PELO MENOS 1.200.00 REAIS QUE PRA MIM É MUITO JUSTO HAJA VISTA QUE TRABALHA AO EXTREMO POR ESSE SÁLARIO E É MERECEDORA POIS É UMA PROFISSIONAL COMPETENTÍSSIMA , AGORA SALVAR VIDAS , OPERAR , DIAGNOSTICAR , RESOLVER PROBLREMAS DE SAÚDE EM CONDIÇÕES INÓSPITAS E ESSE PREFEITO PAGAR 800.00(MAIS A GRANA DO ESTADO ) E DIZER QUE OS CARAS SÃO MERCENÁRIOS E VCS SE MANIFESTAREM EM FAVOR DESSES INCOMPETENTES CADA VEZ FICO MAIS DECEPICIONADO COM O SER HUMANO HAJA VISTA QUE ALGUNS SERES HUMANOS SÓ SE PREOCUPAM COM OS SEUS E SUAS PREFERENCIAS PARTIDÁRIAS MESMO EM DETRIMENTO DO BEM DOS MAIS HUMILDES .

  • AMANDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Você falou verdade é profissional que trabalha ao extremo e é merecedora do Salário que voc~e paga Jota,Parabéns.Agora eu não sou Partidária graças a Deus.Sou paciente desses Médicos,estes atende mau,sem educação,não cumpre Plantão,horários só sabe receitar 2 tipos de remédios ,nem olha p/cara dos pacientes,tem nojo das pessoas infelizmente é isso aí,nunca fui partidária e sim uma pessoa que paga imposto.

  • leo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ...É SR. WILSOM, VOCE DEVE CAMINHAR COM AS PRÓPRIAS PERNAS, JÁ QUE VC GASTA SÓ 500,000, NA SAÚDE E O GOVERNO 1,300,000,
    MAS NAS TUAS PROPAGANDAS DE TELEVISÃO (AI SIM VC TEM DINHEIRO PRA GASTAR NÉ), VC NAO FALA QUE É O GOV. QUEM PAGA OS MEDICOS, E VC SÓ DA A ESMOLA ( 800,00)

    SE NAO DA CONTA, PASSA A BOLA PRA OUTRO!

    SÓ UMA DICA, COM ESSE TEU SECRETÁRIO, VOCE NAO VAI A LUGAR NENHUM.

    CUIDADO, AGORA O ALEXANDRE GUEDES ESTA NO TEU ENCALÇO

    E VOCE POLITICAMENTE ESTA F..................

  • cristina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Wilson você e o Sec Saúde estão sempre fazer o melhor p/a população,O Governo de Estado não está investindo nada na Saúde,entaõ pelo menos isso,não faz nada .

  • Tina vasques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso mesmo prefeito, bota esse povo pra trabalhar!!!!

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa tal de Cristina que fez comentários acima, é
    uma puxa-saco desinformada, o Gov. do Estado
    repassa a prefeitura municipal de Cuiabá, a quan-
    tia de C$ 1.600,000,00 aproximadante todo mes.
    Olha que não gosto do gov. Blairo Maggi.
    O prefeito WS e seu secretário de Saúde, são incompetentes mesmos, ou burros......

Froner segue com o vice de Gilberto

osmar froner 400   Osmar Froner de Mello (foto), escalado de última hora para a disputa em Chapada dos Guimarães, manteve de vice o mesmo que estava na chapa de Gilberto Mello (PL), o vereador Carlos Eduardo, que era conhecido como Carlinhos do PT e agora é do PDT. Froner e Carlinhos não têm afinidades...

Ministro Tarcísio rasga elogios a Fávaro

tarcisio 400 curtinha   O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas (foto), em vídeo de congratulações, só faltou pedir voto para Carlos Fávaro, senador interino que busca à reeleição e que completou 51 anos nesta segunda. Disse que Fávaro, com quem possui bom...

Vinicius e demagogia sobre salário

vinicius nazario 400 curtinha   Em Alta Floresta, o delegado de polícia Vinicius de Assis Nazario (foto), candidato a prefeito pelo Podemos, tem se apresentado como "o novo", prega honestidade, transparência e renovação, mas, em algumas pautas, nada diferente dos demais políticos. Uma de suas propostas, mais de...

2 candidaturas vetadas em Torixoréu

ines coelho 400 curtinha torixoreu   Em Torixoréu, de três candidaturas a prefeito, a Justiça Eleitoral já barrou duas, em decisão de primeira instância. O juiz da 9ª Zona Eleitoral de Barra do Garças, Douglas Romão, indeferiu o pedido de registro da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado...

Apoio sem influência de Luciano Hang

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta (foto), do PDT, contesta a informação de que teria sido convencido por Luciano Hang, dono da Havan, e pelos primos Maggi a apoiar para o Senado a coronel Rúbia Fernanda. Pivetta diz que quem o conhece sabe que nunca foi garantista na...

Sem o agro e apoiado pela Fetagri

carlos favaro 400 curtinha   Na corrida pela cadeira no Senado, na suplementar de 15 de novembro, alguns concorrentes têm rotulado o senador Carlos Fávaro (foto) como candidato dos grandes produtores. Mas as entidades que compõem o Fórum Agro MT estão todas com Nilson Leitão, à exceção...

MAIS LIDAS