Últimas

Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2007, 08h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

AVENIDA DAS TORRES

Santos não conclui principal obra no 1º mandato

    Wilson Santos (PSDB) não só tem pedido socorro ao governo do Estado como também ao federal para viabilizar a principal obra de seu governo: a construção da avenida das Torres. Em princípio, o prefeito cuiabano conseguiu amarrar cerca de R$ 30 milhões em emendas junto ao Orçamento Geral da União para 2008. Santos sabe, porém, que não pode contar inteiramente com esses recursos. Ele corre o risco de concluir os quatro anos do mandato sem inaugurar a tão prometida obra.

   Pelo projeto, a avenida terá 12,5 km de extensão, interligando 14 bairros, do Pedra 90 ao CPA. A obra foi lançada em maio deste ano e segue capenga. Não deverá ser mais concluída em 2008, quando encerra o mandato do tucano.

    Para não interromper o projeto, o prefeito precisa de uma injeção de R$ 10 milhões do Estado. O governo ainda não deu essa garantia. Prometeu esse valor, mas para ser investidos em vários bairros e não apenas na canalização da avenida.

    Santos fez uma série de promessas de campanha e não conseguiu cumprir ainda a maioria delas. Por outro lado, é insistente nas cobranças feitas por outros políticos, um deles o governador Blairo Maggi, em discurso no dia 22 de dezembro do ano passado. No ato de reinauguração da avenida Beira-Rio, o prefeito apelou, inclusive explorando o lado emocional de Maggi, que estava encantado com uma neta. O prefeito pediu que o governador ajudasse a Capital com obras em nome da neta, Em resposta, o governador disse: "em nome de minha neta, quero dizer que o governo do Estado vai aplicar até R$ 10 milhões nas obras que você escolher".

    Agora, enquanto o governo do Estado, por meio da secretaria de Infra-Estrutura, desconversa sobre o assunto, Santos insiste na promessa. Se mostra convicto de que, mesmo com tantos obstáculos, concluirá a obra. Sua esperança, pelo visto, é a reeleição, trunfo para alongar o mandato até 2012.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • mario luiz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu acho que no trecho da avenida das torres de cuiabá nas centrais eletricas do tijucal eu queria saber porque que teve que desviar as vias duplas debaixo das torres pro lado as mediaçõens com o bairro sta Laura e não coustaria revomer o que estiver atrapalhando no caminho eu acho que essa via era pra se seguir em mãos dupla do nova esperança até o pedregal ou seja as torres sempre no meio da pista dupla e não desviando no lugar de desviar simplesmente remove o que esteja impedindo no caminho

  • marcus penna | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    bom ,e melhor as pessoas se informarem antes de dizer besteiras.a av das torres ,vai ao final de 2008 estar terminada em 1 perna ,como o prefeito ja prometeu,a outra termina depois.a obra nao esta capenga como estao falando esta em ritmo acelerado,so esta parando qdo chove muti mesmo.esta e uma importante obra que vai interliga varios bairros da regiao sul.promessa feita ,promessa comprida ,valeu pref wilson.

  • benedito albuquerque | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Prefeito Wilson Santos está em maus lençóis, está correndo sérios riscos de terminar o seu mandato sem concluir uma obra de vulto. Isso, certamente, atrapalhará seus planos de um "sonhado" 2º mandato.

  • Pedro Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma grande obra. Essa não é apenas um obra do Prefeito e sim do povo Cuiabano. Quanto vai melhorar o trafico a Av. Fernando Corrêa no horirio de pico. O Governador B. Magi não faz mais do que obrigação em ajudar Cuiabá, pois o que o povo cuiabano ajuda com o Icms é uma fortuna. Com certeza tem muita gente torcendo para q de tudo errado na Adm do Prefeito, digo, não votei nele, mais q ele esta fazendo um boa Adminsitração, esta sim.

  • SILVIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É UMA OBRA IMPORTANTE PARA NOSSA CAPITAL, PORÉM NÃO DEVEMOS FICAR APOSTANDO NO DIA DO SEU TERMINO, E ENTENDE QUE NÃO VAI ATRAPALHAR O ATUAL PREFEITO, E SE CASO ELE NÃO SE REELEGER, FICA UMA GRANDE OBRA PARA SER ACABADA PELO PROXIMO.

    S CREDITOS INICIAIS COM CERTEZA SERÁ DO WILSN SANTOS.

    E O POVO CUIABANO SABERÁ ANALISAR A IMPORTANCIA DISSO. NÃO DEIXANDO SER USADO COM PROMESSAS NÃO CUMPRIDAS.

    COM CERTEZA HAVERÁ VARIOS ADVERSÁRIOS CRITICANDO SOBRE ESSE ASPECTO (FINAL DA OBRA)

  • antonio de souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sobre o comentario anterior do sr. pedro antonio,acho que o sr.não le jornais e nem sabe o que esta acontecendo acho que vc faz parte da cupula só pode,mostre uma obra que esse prefeito fez e não vai terminar avenida nenhuma e ainda vai culpar o governador .ta com dó leva ele pra vc.reeleição jamais chega de demagogia mané.

  • José Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Senhor Editor,

    É impressionante como os ecos da ditadura, ainda soa ininterrupdamente em nossas mentes até hoje. Pois foi neste período, que se formou a idéia que governo bom era aquele que construia grandes obras, daí a rodovia Transamazônica, a ponte Rio-Niterói, a hidrelétrica de Itaipú, etc. Não que o Brasil, Mato Grosso e Cuiabá não necessitem de grandes obras, muito pelo contrário, precisamos e muito de várias obras infraestruturais.
    Só o que tem que ser avaliado com referência ao governo do prefeito Wilson Santos, em seu primeiro mandato, foi a condição que o mesmo pegou a prefeitura de Cuiabá. Sem dúvida a herança deixada pelo ex-prefeito Roberto França não foi das melhores, pois este, não sei como conseguiu sobreviver dois mandatos com a folha de pagamento, várias obrigações trabalhistas, pagamentos com fornecedores totalmente atrasadas.
    Porém o prefeito Wilson Santos, em quem não votei np pleito passado conseguiu "acertar todas estas contas" e ainda conseguir um "dinheirozinho" para investir como contrapartida numa obra como esta.
    O interessante desta obra é que ela vai resgatar um dívida histórica que todos os antigos gestores de Cuiabá tinha com os vários bairros da periferia de CUiabá que ficam na tragetória desta importante avenida. O que interessa é que a obra já está em construção e o que tem quer ser feito, é garantir a sua continuidade por quem quer que seja o próximo prefeito. Pois o mais importante já foi feito, ou seja a garantia de verbas para a sua execução no Orçamento Geral da União para 2008.

    SÓ PARA TERMINAR QUERO PEDIR PARA TODOS OS LEITORES DESTE BLOG QUE REFLITAM MUITO BEM EM CIMA DAS CANDIDATURAS DOS AVENTUREIROS QUE ESTÃO APARECENDO POR AÍ, CUIABÁ NÃO PODE MAIS CAIR EM MÃOS DE QUEM NUNCA DIRIGIU NEM UM ORÇAMENTO DE SUA CASA. CHEGA DOS POPULISTAS QUE COMPRAM VOTOS ANTECIPADAMENTE, DOANDO SEUS SALÁRIOS (QUE NÓS PAGAMOS COM OS NOSSOS IMPOSTOS E SUORES), NA CARA DO MP/MT QUE NADA FAZ.

    JOSÉ OLIVEIRA

  • carmem ribeiro garcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem dera todos os politicos tivessem a visao do prefeito Wilson Santos, que pensa grande, faz obras que irao ficar ai pra sempre, que beneficiarao varias pessoas e nao é como esses politicos tapa-buracos que estao apenas afim de ganhar voto. Portanto o Sr. governador deveria ser o 1° apoiar pois será uma grande obra pra Cuiaba, e o povo cuiabano merece esse presente.


  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Depois da Av. das Torres,ficarão faltando exatamente 576 promessas a serem cumpridas pelo Prefeito. Assim colocado,ao nobre Edíl,restaria o milagre de ultrapassar Noé em longeivedade, ou seja,batendo ás portas do Altíssimo, e pedindo á ÊLE o milagre de se tornar imortal. O seu nome de batismo nesse nôvo plano,seria o sugestivo PROMETEU!!!

  • ROBERTO ARRUDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta obra é réplica da Rodovia Transamazônica, liga nada a lugar algum, pois moro na região e o prefeito esbarrou nas indenizaçoes que se fazem necessaria para construção dessa Avenida, tambem nao vejo necessidade da construção dela, uma vez que existe outras mais importante, como a Rodovia do Moinho que recebeu milhoes para duplicação e nao o fez, ta desviando atenção do povo seu Wilson santos.

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...