Últimas

Terça-Feira, 27 de Janeiro de 2009, 12h:08 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

SAÚDE

Santos promete reformar PS e reclama de Maggi

  O prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB) disse que já está com R$ 5 milhões em caixa para reformar o Hospital e Pronto-Socorro Municipal, considerado o "calcanhar de aquiles" da gestão tucana. Ele reclamou, porém, que o governador Blairo Maggi não contribui com investimentos na unidade. Afirma que a maioria dos atendimentos no HPSMC são referentes a pacientes são do interior do Estado. "Normalmente a unidade de saúde tida como referência é estadual, mas aqui (em MT) é diferente".

  Desde agosto do ano passado, Santos vem pedindo a Maggi que defina a data da audiência para que o assunto seja discutido, mas até agora não obteve resposta. Ele explica ainda que em 2008 o governo Maggi aplicou só 8% da receita na saúde, enquanto a União gastou R$ 50% e, o município, 42%. Como forma de controlar o número de atendimentos do Pronto Socorro, todo paciente terá de passar primeiro pela Central de Regulação. "Só quem estiver regulado entra no Pronto Socorro", diz. A verba para a reforma é oriunda do programa QualiSus do governo federal e terá a contrapartida do município. O prefeito assegura que as obras serão concluídas até o final do ano. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • MARCOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    VAI CHEGAR 2010 E AS OBRAS DO NOSSO HOSPITAL REGIONAL NÃO SAI DE ONDE COMEÇARAM NO ALICERCE A ANOS, QUEM INICIOU AS OBRAS NÃO DEU NEM SATISFAÇÃO DE ONDE FOI PARAR A VERBA, AGORA JOGAR TUDO EM CIMA DE UM PRONTO SOCORRO MUNICIPAL É COISA DE XAROPE, EM QUALQUER LUGAR CIVILIZADO O ESTADO TEM O HOSPITAL ESTADUAL, E HOSPITAL DOS SERVIDORES PUBLICOS, FORA OS PRONTO ATENDIMENTOS, VEJAM SÃO PAULO. AQUI QUEREM A QUALQUER CUSTO COLOCAR A LOTAÇÃO DE UM ONIBUS DENTRO DE UM FUSCA, IMPOSSIVEL, QUEREMOS UM HOSPITAL DAS CLINICAS DO ESTADO, O POVO MATOGROSSENSE MERECE, NÃO É MAGGI. EM 2010 VAMOS EXIGIR ISSO E DE BOCA BEM ABERTA.

  • jose eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • João Menna Neto. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até que enfim o ensaboado alcaide cuiabano apresenta um fato concreto em que ele tem razão em reclamar. De fato o o governador da botina não participa, com a colaboração financeira e material devida, em relação aos atendimentos prestados pelo Hospital Pronto Socorro de Cuiabá à população interiorana de todo o Estado ( e até mesmo de Estados e paíeses vizinhos) causando estrangulamento e sacrificando a assistência que a população cuiabana precisa e merece.
    Já está na hora dessa inaceitável situação ser mudada, pois, na verdade, o Pronto Socorro é de Cuiabá, porém sugado ao extremo pelas demais Prefeituras do Estado, com a revoltante complacência do governo estadual, à frente o Sr. Blairo Maggi e seu obscuro e inerte secretário estadual de saúde.
    A população de Cuiabá não merece, da forma como está, ser vilipendiada em seu direito de repartir um serviço de saúde que, em tese, era para estar somente à sua disposição, mas que, ao contrário, com o descaso do governo estadual, termina por assistir à toda gente de Mato Grosso. É um absurdo que precisa acabar já !

  • Naldo Rosa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como que nao... o Governo do Estado transfere mais de dois milhões de reais por mes para o pronto socorro... se contribuir mais, é mais facil passar a administração do HPSMC para o Estado, na excelente administração de Augustinho Moro, que acabou com a grande maioria dos problemas que envolviam medicamentos e afins...

  • MARC US CUIABANO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PROMETER E NÃO CUMPRIR É WIRSO DE NOVO MINHA GENTE E HA DA LICENÇA.

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse tal de Naldo Rosa é um brincalhão ou desconhece por completo a situação da saúde do Estado.Em primeiro lugar,ele não sabe que Cuiabá é a única capital brasileira onde não existe hospital estadual de Urgência e Emergência;em segundo,ele não deve saber também que o número de funcionários do sistema de saúde de cuiabá é 10 vezes maior que o número de funcionários do estado na área;em terceiro,ele deve desconhecer também que os pacientes de todo estado são atendidos no PSMC dentre tantas outras barbaridades.Vai gosta do Agostinho Mouro assim lá no sul.

  • José Carlos Araujo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse wilson santos é mesmo uma grande piada de mal gosto! O dinheiro que ele DIZ que tem é oriundo do Qualisus, do Governo Federal. O que ele DEVERIA DIZER que tem é o da contra-partida, do município. Ele NÃO DIZ que tem e ainda fica querendo jogar pedra no governo do estado.

  • Roberio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pensei que a picuinha tinha acabado, lá vem ela de volta.Deixa de frescura, se esse governador não está repassando verba para a saúdeque o senhor diz, então que o acione na justiça e deixa de conversa fiada.

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...