Últimas

Domingo, 07 de Junho de 2009, 08h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RUMO A 2010

Santos reativa escritório e irmão já coordena pré-campanha

 Fernando Ordakowski Clique na imagem para ampliação

Assessor Zé do Nordeste é um dos que atuam no GQ, reativado e sob cordenação do ex-prefeito Wilton Santos, na montagem de estratégias e planejamento pela candidatura de Wilson Santos a governador

 O prefeito da Capital Wilson Santos (PSDB) está mesmo disposto a renunciar ao mandato até abril do próximo ano para encarar candidatura a governador. Mesmo a um ano das convenções partidárias que definem oficialmente os nomes dos candidatos e a 15 meses das eleições gerais, o tucano ja montou uma equipe estratégica e reativou o seu escritório, que funciona como espécie de Quartel General (QG) numa das salas do edifício Paiaguás, na região central. O tucanato, batizado de turma do tênis em contraponto à turma da botina do governador Blairo Maggi, aposta que Santos será mesmo candidato ao Palácio Paiaguás ou até mesmo a senador em 2010.

   Quem coordena a equipe é o próprio irmão de Santos, Wilton Pereira dos Santos, ex-prefeito de Novo Airão (AM). Ele se mudou do Amazonas para Cuiabá, especialmente para essa tarefa. Passou a substituir outro irmão, Elias Santos (PMDB), que operava nos bastidores e agora ocupa a cadeira de vice-prefeito de Chapada dos Guimarães. Com Wilton, atuam no escritório "pró-Santos-2010" o ex-secretário de Governo e de Infraestrutura do prefeito tucano, Andelson Gil do Amaral; o ex-secretário de Finanças e agora chefe de Gabinete José Carlos Carvalho de Souza, o Zé do Nordeste; o presidente do PSDB da Capital, advogado Ussiel Tavares; e o servidor aposentado da Assembleia, Silas José Roberto, irmão do ex-vice-governador Oswaldo Sobrinho (PTB), atual secretário de Governo e primo de Santos.

   Eles estão montando estratégias, planejamento e fazem contatos políticos nos municípios. Assim, preparam terreno e reforçam a tese da candidatura de Santos. A visita recente do prefeito de Cuiabá no Nortão, por exemplo, foi uma articulação do seu comitê que, para não contrariar a legislação eleitoral, está trabalhando de forma camuflada. Se for mesmo candidato ao Palácio Paiaguás, o tucano será obrigado a renunciar ao mandato até seis meses antes do pleito. Nesse caso, assumiria o comando do Palácio Alencastro o vice Chico Galindo (PTB), que já começou a ditar as regras na administração. Ele conduz a pasta de Planejamento, Orçamento e Gestão.

   Silval e Jayme

  Não é somente Wilson Santos que montou "QG" nesta fase de pré-campanha. O vice-governador Silval Barbosa (PMDB), que vive expectativa de assumir a cadeira de governador já a partir de 1º de janeiro, contratou até marqueteiros. Trouxe de São Paulo Carlos Rayel, que conduziu a campanha vitoriosa de Zé do Pátio (PMDB) em Rondonópolis no ano passado. Rayel foi secretário de Comunicação do governo paulista Orestes Quércia e fez o marketing da campanha da ex-governadora do Rio, Rosinha Matheus, além de ser hoje o responsável pela conta publicitária e pelo marketing do prefeito reeleito de Nova Iguaçu (RJ), Lindberg Farias. Silval contratou também a jornalista Luana Braga e passou a intensificar as visitas ao interior, já em pré-campanha. Chegou a abrir negociação com o jornalista Kleber Lima, que prestava serviços ao PMDB, mas não houve acordo.

  O ex-governador e senador Jayme Campos (DEM), que ora avança, ora recua sobre o projeto de concorrer à sucessão do governador Maggi, tem recorrido a seu consultor e antigo marqueteiro Paulo Leite, ex-secretário de Estado de Comunicação. Também conta com orientação de Juarez Toledo Pizza, que atuou como caixa de seu governo, principalmente nos três mandatos como prefeito de Várzea Grande. E, assim, os pré-candidatos a governador vão se organizando nos bastidores, longe da população, da imprensa e da Justiça Eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • SÉRGIO ALCÂNTARA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARECE PIADA ISTO NÉ?

    A PMC ESTÁ FALIDA, COM O ORÇAMENTO TRANCADO, ISTO PORQUE JÁ ESTAMOS NO MEIO DO ANO, AS SECRETARIAS LITERALMENTE PARADAS POR FALTA DE CARRO, PAPEL, TINTA, AÇÚCAR, CAFÉ - PILHA, FORNECEDORES SEM RECEBER, SERVIDORES DESMOTIVADOS - OS BONS TÉCNICOS QUE DESCASCAVAM OS ABACAXÍS DA PMC SAIRAM POR FALTA DE CONDIÇÕES DIGNAS E MÍSEROS SALÁRIOS - A CIDADE ESTÁ UM MATAGAL SÓ, MILHARES DE BURACOS, DEZENAS DE OBRAS INACABADAS, INCLUSIVE A TÃO FALADA ETA TIJUCAL, GUMITÁ, AVENIDA PARQUE BARBADO E O PREFEITO AINDA TEM A CARA DE PAU DE SAIR CANDIDATO!!!

    TRABALHEI MUITO PARA AJUDAR A ELEGER O WS E ME ARREPENDÍ AMARGAMENTE, AGORA FAREI CAMPANHA CONTRA E DE GRAÇA!!!

    CUIABÁ E MT MERECE COISA MELHOR!!

    BEM QUE CHAMAVAM O WS DE PINÓQUIO E EU NÃO ACREDITAVA!!

    CADÊ AS FLORES DE NOSSOS JARDINS (CANTEIROS)? MORRERAM PORQUE A PMC NÃO TEVE A COMPETÊNCIA DE MOLHAR!!

    MILHARES DE FLORES FORAM ARRANCADAS PORQUE SECARAM POR FALTA DE ÁGUA!! QUAM É QUE PAGA POR ISSO? NÓS É CLARO!!

    WILSON SANTOS, ZÉ DO NORDESTE, GALINDO E OSVALDO SOZINHO NÃO QUEREM O MELHOR PARA CUIABÁ E SIM PARA SUAS FAMÍLIAS!!

  • Artur COIMBRA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu também sou mais um eleitor arrependido do sr. Wilason Santos, e concordo com tudo que foi dito acima pelo sr. Sérgio.
    Acrescento ainda que a tal operação tapa buracos da prefeitura de Cuiabá é um caso de polícia. A duração média do serviço, vamos assim dizer, é de 18 dias apenas.
    A PREFEITURA DE CUIABÁ ESTÁ QUEBRADA!

  • Heliio Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É impossivél conviver com este sistema eleitoral Brasileiro, um candidato ápós 06 mêses de mandato já está se preparando para outra eleição, quando é que ele tem tempo para trabalhar?

  • abreu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    olha não e porque e de rondonópolis mais se não fosse ele o governador blairo não tinha se elegido duas vezes ,chama percival muniz esse não tem medo de por a boca no tranbone .e o maior articulador politico do estado de mt , e tem competência e jaime tinha de apoia e riva tbm ,riva p senador p governo ele se complica .sinval e que nem égua paraguia só tem saida e wilson esta morto não esta cuidando de cuiaba que esta jogados pra traças so ver problemas ai e que sair a governo e louco.hoje o melhor candidato e percival muniz e blairo tem de dar a gratidão que foi dado a ele nas campanha passada por percival , ele sabe que percival foi fundamental p ele se eleger as duas vezes

  • antonio da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    no processo democratico o que vale e alternancia de poder temos que colocar nomes de todos independente de seu mandato,no caso especifico do prefeito de cuiaba e um gestor que conhece a maquina publica nos tres poderes e tem tradi;ao politica.

  • servidor público | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nós servidores públicos estaduais estamos em polvorosa com nosso futuro.
    1- Se sair Jaime, é retrocesso, salários atrasados;
    2- Se sair Wilson, salários só dia 10 de cada mês e olhe lá...
    3- Ser sair Silval, a repetição da administração do PMDB no passado, sem salários.

    Se quem segura a máquina tem esta consideração desses senhores, imagina o Estado como um todo, e depois para onde será que vai os R$ destinados para a COPA 2014??
    Vôte, não quero nem ver...

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se tivéssemos uma Câmara Municipal séria, uma Justiça Eleitoral atuante, um Ministério Público eficiente, o Wilson Santos já estaria fora da Prefeitura. Num dos processos que tem o seu nome envolvido - o escândalo das luminárias, se a apuração tivesse ocorrido de forma ágil e transparente já teriam evidenciado que de fato houve caixa 2.

    Agora dada a inércia do Judiciário, a incompetência do Ministério Público, estamos assistindo mais uma vez esse prefeito irresponsável transformar a Prefeitura em seu escritório eleitoral e certamente o patrimônio público em dinheiro para sua campanha.

    É lamentável que tenhamos que assistir a tudo isso pagando os maiores impostos do país, tendo as piores prestações de serviços por esses homens públicos que a cada dia demonstram que acharam a mina e não querem largar dos cofres públicos.

    O sistema eleitoral brasileiro está literalmente falido. Aliás, os poderes da república se misturaram por conveniência de indivíduos que um acoberta o outro e enquanto isso a população fica com cara de palhaço.

    Wilson Santos faria um grande favor ao povo de Cuiabá se invés de trazer mais dos seus para cá, fosse embora para o Amazonas.

    Espero que nas campanhas políticas o povo seja lembrado pela mídia das atrocidades que esse moço cometeu na Prefeitura, só para lembrar algumas temos:

    - Escândalo abafado do IPTU x RDM, onde mais de UM MILHÃO DE REAIS desapareceu dos cofres da prefeitura.

    - Escândalo das luminárias, onde mais de TRÊS MILHÕES DE REAIS foram desviados e os bandidos contratados aproveitaram para fazer a festa e atualmente o nome do prefeito está envolvido por suposto CAIXA 2.

    - Escândalo do PAC, onde o Prefeito Wilson Santos superfaturou as obras em mais de QUINZE MILHÕES DE REAIS e vergonhosamente tentou justificar como erro de digitação.

    - Descaso com a saúde pública. Somente neste ano já morreram mais de 10 pessoas por dengue em Cuiabá. Acreditem que a Prefeitura não fez absolutamente nada para evitar.

    - Descaso com o trânsito da capital. Não se vê uma obra inteligência, são muitos remendos, muitos semáforos e o pior que o dinheiro gasto é muito alto.

    Ainda tem coragem de vir a televisão e implorar para que o povo acredite que é honesto.

  • PLINIO MARQUES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Paranatinga está esperando a sua visita, lá já estamos preparando as trincheiras para enfrentar o inimigo Botinudo. Lá vamos Com Wilson, Osvaldo Sobrinho, Rogério Sales e Guilherme Maluf, xo PMDB, PSDB neles!

  • serapiao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Rubney Brito | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Boa Tarde leitores... vcs esqueçeram de colocar o nome do futuro governador de M.T. Jose Riva.

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...