Últimas

Sexta-Feira, 05 de Janeiro de 2007, 12h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Saúde reage e diz que Estado fez todos repasses

     A secretaria de Estado de Saúde contesta o teor da ação civil pública assinada pelos promotores de Justiça Arnaldo Justino da Silva e Natanael Moltocaro Fiúza, que apontam caos na saúde pública de Barra do Garças e denuncia seis prefeituras, os prefeitos e secretários de Saúde, além do consórcio intermunicipal de Saúde, o governador Blairo Maggi e o secretário estadual de Saúde,  Augustinho Moro.

   Em nota, a pasta da Saúde esclarece que "o Estado tem feito todos os repasses que é de sua competência ao município de Barra do Garças". Lembra que o município é referência em Saúde na região e Gestor Pleno do Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa condição, recebe os recursos da União e do Estado e fica responsável pela execução das ações.

     "O Estado já repassou quatro parcelas no valor de R$ 250 mil referentes ao convênio de cogestão para a compra de medicamentos, sendo que o último repasse foi feito no dia 8 de dezembro", destaca a nota da secretaria de Saúde. Assegura ainda que, de acordo com a lei, o Estado está impedido de continuar o repasse das parcelas restantes porque até agora o município não prestou contas das parcelas recebidas.

    Sobre os repasses para a manutenção das UTIs, o último repasse foi feito em outubro e, embora o município tenha sido notificado várias vezes, até agora não prestou contas dos valores recebidos, o que, em respeito à lei, impede novos repasses do Estado.  A Secretaria estadual de Saúde observa que, inclusive, colocou à disposição do município uma equipe técnica para prestar a orientação necessária. 

     Sobre os repasses dos recursos destinados ao Programa Saúde da Família (PSF), "o Estado efetivou o último repasse no mês de setembro. Os demais repasses foram suspensos porque o município ainda não cumpriu com os critérios da lei que rege o modelo do PSF e que exige, por parte do município, a contratação de enfermeiros, médico, salas de vacina, entre outras exigências". Como Gestor Pleno, essa responsabilidade é da Prefeitura de Barra do Garças.

    A SES informa ainda que em 2006, Barra do Garças, administrada por Zózimo Chaparral (PC do B), recebeu do Estado R$ 1,7 milhão para ações de saúde (urgência e emergência, Programa da Microregionalização e no cumprimento de convênios). Por fim, a secretaria observa que, assim que for notificada oficialmente, prestará os esclarecimentos devidos ao Ministério Público. "A SES reitera que continua à disposição dos municípios, inclusive com equipes técnicas auxiliando para fechar a prestação de contas para que as atividades voltem à normalidade e, assim que as pendências forem sanadas, continuará os repasses financeiros", conclui a nota.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

DEM-Cuiabá projeta até 4 vereadores

beto 400 curtinha   O presinte da Provisória do DEM da Capital e secretário estadual de Governo, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está animado com as chapas do partido construídas para o embate eleitoral. Já conta com 38 pré-candidatos a vereador e avalia que todos são competitivos. Uma das...

Chapa de Pivetta faltando um nome

adilton sachetti curtinha 400   O empresário Otaviano Pivetta continua avaliando um nome para composição de sua chapa ao Senado na suplementar de 26 de abril para a vaga da cassada Selma Arruda. A primeira-suplência deve ficar mesmo com o ex-prefeito rondonopolitano e ex-deputado federal Adilton Sachetti (foto), do PRB....

Senado, disputa interna e PT rachado

verinha_curtinha   O PT, que recebe hoje as inscrições de pré-candidatos ao Senado, deve ter apenas um nome na disputa interna, o do deputado e presidente estadual da sigla Valdir Barranco. A ex-vereadora Enelinda, com dificuldade, corre contra o tempo para se viabilizar. Enquanto isso, membros de outras correntes menos...

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.