Últimas

Quarta-Feira, 11 de Novembro de 2009, 20h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ELEIÇÃO NA ORDEM

Scaravelli prega transparência e prioriza jovem advogado

 João Vicente Scaravelli, candidato oposicionista à sucessão da OAB-MT, disse nesta quarta (11), em entrevista ao vivo à TV Centro América (Globo), que "o jovem advogado é prioridade número um”. Ele promete, se eleito, colocar em prática a política de inserção da nova safra de advogados no mercado de trabalho, promovendo resgate desde a universidade.


O candidato João Scaravelli, durante entrevista à apresentadora da TV Centro América, Luzimar Collares

   O candidato da Chapa 2 pregou maior qualidade de ensino e destacou a grande demanda existente hoje nos cursos de Direito. Em duas décadas, de uma faculdade de Direito em Mato Grosso, o Estado passou para cerca de 40 cursos. O Exame da Ordem unificado foi citado pelo candidato ao ser questionado sobre o baixo índice de aprovação dos formados em Direito para obter a carteira da OAB. No Estado, diz Scaravelli, apenas 12% dos candidatos foram aprovados no último Exame da Ordem, um dos índices mais baixos do país. Diante disso, defende que a OAB esteja inserida também na universidade.

    Scaravelli disse que será intransigente na defesa das prerrogativas do advogado. Como princípio, prometeu também resgatar o diálogo junto aos tribunais e os Poderes constituídos e lembrou que sua campanha propaganda o slogan "OAB Independente". Ele concorre à presidência da Ordem num confronto com Cláudio Stábile, candidato da situação e que tem como principal cabo eleitoral o presidente Francisco Faiad. Scaravelli destacou ainda que tem conhecimento da realidade dos operadores do Direito em Mato Grosso. Citou que em recente visita a Barra do Garças observou que um juiz atendia a cinco varas. “Não adianta fazer concurso para juiz com 40 vagas, quando o déficit no Estado é de mais de 100 magistrados”, destacou o candidato, que reforçou a tese da transparência em todos os atos da Ordem.

    João Scaravelli respondeu aos diversos questionamentos lançados pela apresentadora Luzimar Collares e destacou que, uma vez eleito, fará uma gestão sem favorecimento político-partidário, muito menos de interesses voltados para a promoção de cargos. Disse que seu adversário Stábile já tentou duas vezes a promoção para desembargador, pelo Quinto Constitucional destinado à OAB. Scaravelli assegura que não usará do cargo para se promover. Prometeu também sair em defesa do consumidor, através das comissões temáticas da entidade.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Carlos Eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fiquei muito preocupada ao ver essa entrevista. O despreparo do candidato que não deixava a apresentadora fazer as perguntas elaboradas. Foi rápido como bala e nem falou coerentemente o que todos nós advogados queremos saber. Sobre projetos e palnos a nossa classe. Baixo nivel total.

  • Dr. Clayton | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezada colega, como ja bem mencionado em outras oportunidades, a OAB é e sempre sera alvo exclusivo de objeçoes partidariais, até o presente momento, os unicos interessados ao pleito eleitoral nas proximas eleiçoes estao direcionados tao somente a ussiel tavares, ora procurador do municipio, e o sr. francisco faiad, ora presidente da OAB/MT, diante mao, nao ha duvidas que estes dois individuos estao apoiando o stabile somente visando numa garantia eleitoral futura, abram os olhos amigos advogados, temos que dar uma chance ao novo, vote consiente, scaravelli presidente! CHAPA 02

  • Marta Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dr. JOão Scaravelli falou muito em devolver a OAB aos advogados, também declarou que está na ORDEM há cerca de 6 (seis) anos, ou seja, seu discurso é muito contraditório. Sua argumentação é confusa. Aí fala de atuação partidária, e em seu site destaca o apoio de ALEXANDRE CÉSAR (PT) que está sendo investigado por uma série de crimes eleitorais, ou seja, parece que só vai mudar o partido que comanda a OAB, vai sair da mão do PSDB e vai para a mão do PT, o que será que é pior!!! Se não bastasse, denuncia uma série de irregularidades na OAB, mas não explica porque só agora resolveu denunciar. Candidato explique-se!!!!

Avaliar realiza pesquisa em Cuiabá

antero 400   O instituto Avaliar Pesquisa e Comunicação Estratégica, vinculado ao ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto), foi contratado pelo site Preto no Branco, do próprio Antero, para realizar uma pesquisa sobre intenções de voto para prefeito e vereador de Cuiabá....

Patriota, vários evangélicos e cantor

oscemario daltro 400 curtinha   O nanico Patriota, hoje sem um assento na Câmara de Cuiabá, lançou chapa completa para vereador, com 38 nomes. E pode eleger até dois. A proporcional acaba se fortalecendo porque o partido tem cabeça de chapa ao Executivo, o ex-prefeito por dois mandatos Roberto França. Entre...

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...