Últimas

Terça-Feira, 10 de Junho de 2008, 11h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

VÁRZEA GRANDE

Se oposição não se unir, Júlio ganha, avisa Dito

Tucano defende formação de blocão, com ele próprio, Nico e Murilo no palanque como única chance de derrotar os Campos nas urnas

  O ex-vereador Dito Loro, pré-candidato do PSDB à Prefeitura de Várzea Grande, disse que o cenário político local ainda pode mudar e admite que a única chance de derrotar Júlio Campos (DEM) nas urnas de 5 de outubro e se os 3 pré-candidatos de oposição se unirem. Ele se refere a si próprio, ao prefeito Murilo Domingos (PR), que busca a reeleição, e ao vice-prefeito Nico Baracat (PMDB), que entrou na disputa numa composição com o PT.

   Segundo Dito Loro, é preciso reconhecer que os Campos são fortes eleitoralmente e que Júlio Campos, ex-prefeito, ex-governador, ex-deputado e ex-senador, conta com 40% de apoio dos eleitores sem a necessidade de fazer campanha. "Se a oposição quiser ganhar a eleição, tem que estar junta. Todo mundo junto ganha, mas, separado, não tem chance", alerta o tucano. Para o ex-vereador, é possível sim construir um blocão com Nico e Murilo no mesmo palanque, apesar de ambos estarem rompidos hoje. Na sua avaliação, se não tiver um candidato que venha polarizar a disputa com Júlio, na base do "pau-a-pau", já se pode considerar Júlio eleito.

  Ele explica que mesmo com a indignação popular e com os protestos de segmentos da sociedade por causa da aliança entre DEM e PP, que resultou na desistência do pré-candidato Maksuês Leite e no apoio deste ao nome de Júlio, o democrata aparece na liderança absoluta. Lembra que Maksuês estava antes da liderança para prefeito por causa das vozes contrárias aos Campos.

   Sobre as dificuldades para se juntar num mesmo palanque principalmente os "prefeituráveis" Murilo e Nico, Dito Loro pondera que "tudo é uma questão de diálogo". "Tem que haver despreendimento. Qualquer um dos 3 (Nico, Murilo e Dito) pode ser o candidato do grupo. O importante é ter esse despreendimento, caso contrário, é deixar Júlio Campos ganhar a eleição. O eleitor precisa ganhar confiança". Segundo Dito, o eleitor de Júlio não muda de posição. "O cara que vai votar em Júlio pode oferecer a estrela que ele não muda", enfatiza o pré-candidato do PSDB à sucessão municipal.

   Filme de 92

   Dito Loro lembra que em outras campanhas, quando as oposições se dividem, a derrota é certa. Ele lembra do pleito de 1992 em Várzea Grande. À época, Sarita Baracat (PMDB) e Zilda Pereira Leite (PDT), ao invés de se unirem para formação do bloco de oposição, resolveram partir para projeto próprio na corrida à prefeitura. Isso facilitou a eleição de Nereu Botelho (PFL), apoiado pelo então prefeito Carlos Gomes, do mesmo partido. "A soma dos votos de Sarita com os de Zilda superava em muito a votação que teve o Nereu na época", lembra Dito Loro, ex-militante do PDT.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Wanda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não acredito que o Senhor Júlio Campos seja tão forte como querem fazer parecer, para justificar que as oposições se aliem para tentar ganhar dele. Se fosse tão forte assim, porque teria medo de concorrer com Maksuês, com Josias, com Nico, com Dito ou com Murilo?
    O povo da Várzea Grande é esperto, politizado, entende o que está acontecendo e aprecia de camarote toda essa confusão. Basta esperar e votar no melhor.
    O povo de Várzea Grande é que
    vai ganhar, com certeza!

  • Wanda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não acredito que o Senhor Júlio Campos seja tão forte como querem fazer parecer, para justificar que as oposições se aliem para tentar ganhar dele. Se fosse tão forte assim, porque teria medo de concorrer com Maksuês, com Josias, com Nico, com Dito ou com Murilo?
    O povo da Várzea Grande é esperto, politizado, entende o que está acontecendo e aprecia de camarote toda essa confusão. Basta esperar e votar no melhor.
    O povo de Várzea Grande é que
    vai ganhar, com certeza!

  • Luiz Baracat | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Dito Loro, infelizmente nós naõ daremos esse prazer pra voce, de todo mundo coligar contra o Julio Campos, a fortissima coligação PMDB-PT lançou o nome de Nico Baracat e temos tudo para ganhar as eleições do Murilo Dormindo,do Julio e de voçe tambem, pois não passas de um puxa saco,adesista, que em 2004 traiu do PSDB e foi apoiar o Murilão,a troco de cargo de Secretário de Serviço Publico e depois Presidente do DAE-VG, na na hora de voce mostrar a sua cara, disputar as eleições e tomar uma solene derrota e tentar garantir uma candidatura de Dep.estadual em 20l0- com a grana de Avalone (empreiteiro do PAC de V.Grande e Cuiabá) e testa do Wilson Santos.

  • mario | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    è as coisas começam a afivelar na politica varzeagrandense!mas é obvio que Julinho vai ganhar em Várzea Grande!as melhores administração que teve em VG passou pelos Campos!Julio, Jaime, Branco, Ari...então creio que Julio vai ser melhor!demonstra que ama esta terra!são fiéis a Mato Grosso, representam a Cuiabanidade!não voto em vg,mas dou todo apoioa a Julio!e vou longe Jaime para governo em 2010!precisamos resgatar a nossa estima de Matogrossense.

  • marcelo arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dito Loro diz o óbvio, que é preciso se unir para vencer os Campos. Mas a pergunta é prá que vencer os Campos? Pois se o próprio Dito Loro quando era secretário municipal de Murilo ajudou a afastar as pessoas que pensavam uma administração diferente, mais moderna e voltada aos interesses da população.
    Ajudou a colocar pessoas que não tinham nada a ver com Várzea Grande, a exemplo do procurador do município Roque que por ser professor de Dito foi efetivado no cargo sem compromisso nenhum com o povo da cidade.
    Roque se aliou com Garcez Toledo Pizza e mais prejudicam a administração de Murilo do que ajudam.
    Portanto sr. dito Loro o povo não é burro votou no Murilo e ele com a sua ajuda encheu de gente dos Campos na administração, então é melhor votar no original do que em um candidato tabajara.
    Em VG já tá tudo acertado.
    Murilo é candidato de faz-de-conta.

  • Rafael | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que o sábio Dito disse é a pura verdade...

    Quem é Júlio... não muda. É Júlio até debaixo d`água!

  • mateus magalhães-univab | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    caro amigo dito louro, vcs não trabalharam, não adianta chorar o leite deramado. julio e mara leite sera os proximos administradores da cidade nao tenho duvida disso. pelo trabalho e pela coragem vamos vencer. vc dito louro não resolveu o problema da agua e muito menos a iluminação publica. agora quer salvar a patria. abra seu olho o ministerio publico esta fiscalizando voce e o seu cupido carlos avolone.

  • IVAN WALBUGIS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dito Louro está equivocado, NICO não precisa unir-se MURILO,basta fazer uma campanha com responsábilidade cada qual e certamente um dos dois ganha dessa hipocresia chamada FAMILIA CAMPOS. E tem mais temos que bater duro em cima da rejeição do JULINHO BERERE, como dizia ROBERTTO FRANÇA que passou também a ser aliado dos bererés.

  • ERIC DUARTE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    julio campos com essa composição com o pp do finado
    maksues demagogo,foi bom para outros partidos mas fracos
    desgaste entre o dem e o pp,ta na cara,essas pesquisas
    que estao sendo vinculado é tudo comprada,eles vao ter
    certeza nas urnas,dito loro quer aproveitar da situação
    e quer ser comprado tambem,mas nao tem programa de
    televisão,não tem voto,entao pra eles nao enteressa,quem
    sabe ele serve pra fexa esgoto,como tava fazendo no dae,sai
    dessa dito loro,sai pra vereador quem sabe pega suplencia.

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...