Últimas

Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2007, 12h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EMBATE JURÍDICO

Se perder mandato vou pra casa, diz governador

Governador concede entrevista nesta segunda, no Palácio Paiaguás. Foto: Edson Rodrigues

   "Se eu perder (o cargo) vou embora para casa". Foi o que declarou o governador Blairo Maggi nesta segunda (22), ao ser perguntado sobre a decisão do Tribunal Superior Eleitoral, que validou a fidelidade partidária e, com isso, prevê cassação de membros do Poder Executivo que trocaram de partido. O impasse está agora sobre a data a partir da qual a regra começa a valer.

    Maggi se manifestou a respeito da nova regra da fidelidade em sua primeira entrevista após 15 dias em viagem à Europa. Ele reassumiu o posto de governador nesta segunda. Disse que a decisão do TSE é confusa e que vai gerar ainda muitos embates jurídicos. O governador observa que, caso venha a ser cassado por ter saído do PPS após reeleito e migrado para o PR, nem o seu vice Silval Barbosa (PMDB), nesse caso, ficaria no comando do Estado porque disputou o pleito pela mesma coligação. Maggi chegou a essa conclusão com base nas declarações do presidente do TSE, ministro Marco Aurélio de Mello, inclusive na entrevista exclusiva concedida ao RDNews - confira aqui.

    "Acho essa decisão do TSE no mínimo complicada. Afinal, se eu for cassado quem vai assumir? Pelo jeito, nem o vice. Tem muito pano para manga ainda. Mas, se eu perder, vou embora para casa", destacou o governador e empresário, numa demonstração de tranquilidade, em seu gabinete no Palácio Paiaguás.

    Maggi revelou que deixou o PPS em 5 de janeiro deste ano, portanto praticamente dois meses antes do 27 de março, data estabelecida pelo Supremo Tribunal Federal para punir parlamentares inféis e cuja regra deve ser estendida depois para os detentores de mandato do Executivo (prefeitos, governadores e presidente da República). A desfiliaçao foi protocolada na 10ª Zona Eleitoral de Rondonópolis, às 17 h, daquele 5 de janeiro, e também junto ao diretório municipal do PPS de Rondonopólis, onde Maggi reside.

    Clique aqui e confira o pedido oficial de desfiliação do governador e também a sua carta entregue ao partido.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • ivanilde | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso mesmo blairo Maggi toma seu rumo pq se isso acontecer será a melhor coisa pra nós Matogrossensses!!! vai cuidar das suas empresas pq de governo vc não entende nada.

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E Sr. Governador, não é fácil não...., resposta ríspida, nos dá a impressão de que tudo é muito simples “ vou para casa “..... não preciso disso e estou nem ai.... o problema não é meu.... é essa a resposta que vc tem para os seus eleitores? Tanto faz como tanto fez ?? Se é essa a visão de responsabilidade que vc tem com o cargo que o povo lhe outorgou, então o pq que vc está ai ainda....????? Ass: Um Eleitor Seu, de convicção abalada.... Vamos Melhorar..

  • O Vigilante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não dava para o Maggi ir para casa mesmo sem decisão sobre a fidelidade? Afinal, não está fazendo nada mesmo... Só passeando à custa do dinheiro público...

  • Plinio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vai nada.. ainda tem três anos prá continuar fazendo suas empresas crescerem com a isenção de imposto sobre a soja. De bobo ele não tem nada.
    Mas afinal, na idade dele deveria descansar mesmo. Nessa vida não adianta acumularmos tantas riquezas, se no final não levamos nada.
    Vá descansar governador, vá curtir sua vida. Garanto que desfrutando do bom e do melhor até o final, ainda ficará milhões dedólares para seus herdeiros. Nada melhor que curtir a familia, viajar, viver...sem pensar que amanhã vence a luz, a água, os impostos que os outros pagam (menos a Amaggi), etc...

  • devair valim de melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Seria uma perca muito grande para o estado, se isso vier acontecer,pois centenas de obras de infra-estrutura seriam paradas, e mais o dnit sairia da nao de Mato Grosso sendo o sonho de quem produz acabado. por isso mesmo voces nao gostando do governo e melhor que torça que ele fique, para o bem de Mato rosso (essa e minha opiniao)

  • Walter,,. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu não tenho que achar nada, mais eu acho que e acredito o que vale é a data do ingresso no outro partido para caracterizar troca.

    É precisso Vê qual a data. que o EXECUTIVO se ingressou no outro.

    Um abraço pessoal da casa militar especial o Jesus.

  • Joao Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vai logo caramba!!! seria a melhor coisa para os matogrossesnses honestos e trabalhadores.

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.