Últimas

Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2007, 17h:52 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

SABATINA

Secretário afirma estar preparado para o TCE

    O presidente da Assembléia, deputado Sérgio Ricardo (PR), abre a sessão que marca a sabatina do secretário de Estado, Waldir Teis, e do deputado estadual de cinco mandatos Humberto Bosaipo (DEM). Ambos são indicados para as vagas de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Para serem aprovados, precisam do voto da maioria dos 24 deputados.

    Teis é o primeiro a usar a tribuna. Ele falou por cinco minutos. Disse que se sente competente para ocupar a cadeira vitalícia. "É uma atividade não muito fácil porque exige o cumprimento de uma série de normas, que compõem o arcabouço jurídico". Para o secretário de Fazenda, ser conselheiro do TCE é "exercer uma atividade bastante série, que exige imparcialidade e serenidade, sempre observando todos os ordenamentos juridicos".

(Às 18h) - Vou com consciência tranquila, diz Bosaipo

  Humberto Bosaipo iniciou seu discurso um tanto tenso. "Foi muito difícil tomar essa decisão em minha vida porque sempre atuei nessa Assembléia", destaca. Lembrou desde quando chegou a Cuiabá sem conhecer ninguém. Em três minutos, interrompeu o discurso duas vezes para tomar água. Contou sua história de vida e, a cada minuto, prendia atenção dos colegas citando nome dos deputados em plenário. Fez referência a várias vezes ao nome de Ubiratan Spinelli, que está presente na sessão. Spinelli se aposentou nesta quarta, o que permite abertura de vaga para Bosaipo.

    "Fiz o máximo de mim para as pessoas", comentou Bosaipo. Ele afirma que está indo para o TCE com a consciência tranquila e com o dever cumprido. "Não vou para descansar", disse o deputado, para quem o TCE age com transparência. "Vamos ter condições de prestar um grande serviço. Vou com a consciência de um conselheiro sintonizado com os municípios e com classe politica. Nao quer transformar o TCE em órgão acusador, onde as pessoas venham a ter medo". Por enquanto, Bosaipo não fez referência aos vários processos na Justiça que pesam sobre os seus ombros.

(Às 18h22) -  Segundo Bosaipo, um dos seus maiores incentivadores é o conselheiro Julio Campos. "Eu nasci no Legislativo. Na primeira vez que candidatei (a deputado estadual), eu não tinha condições financeiras, mas o Julio me entregou um pacote com alguns cruzeiros", declarou Bosaipo.

(Às 18h27) - Sem citar nomes, Bosaipo chama seus inimigos de invejosos. Assume que cometeu erros em sua vida parlamentar, mas que errou como qualquer ser humano. Não fez referência aos vários processos na Justiça que pesam sobre ele.

(Às 18h30) - Bosaipo dá conselho a Chica Nunes 

  "A sua dor é minha dor", diz Humberto Bosaipo, ao se dirigir a colega deputada Chica Nunes, cassada por compra de votos. Ele disse que a tucana deve levantar a cabeça. Observou que Chica pertence a uma família tradicional cuiabana. "Não deixe que seus inimigos festejem por sua vitória momentânea. Não abaixe a cabeça", diz Bosaipo, que também enfrenta vários processos na Justiça. Enquanto Waldir Teis discursou por cinco minutos, Bosaipo já fala da tribuna da Assembléia por 35 minutos. Ele faz comentário sobre cada deputado. Elogia a todos.

(Às 18h45) - Deputado apoia reeleiçao de Wallace

   Bosaipo ocupa o triplo do tempo utilizado por Teis para falar no Plenário. Tudo para agradecer um a um dos seus colegas parlamentares. Deixou claro sua sugestão a Wallace Guimarães (DEM) que, se ele recuar seu projeto político, vai ter seu apoio. O democrata  vive um impasse dentro do DEM. Ele estava entusiasmado com a pré-candidatura a prefeito de Várzea Grande até que Julio Campos, também do DEM, confirmou que vai brigar para ser eleito em Várzea Grande. "Tenho certeza que vai resolver essa situação. Os lugares que tenho mais votos passo para o Wallace que tem tudo para ser um grande líder", disse Bosaipo.

(Às 18h57) - Sabatinados são questionados

    A tribuna está à disposição para que os deputados façam perguntas aos sabatinados. Roberto França é o primeiro a questionar. Ele demonstra preocupação com as próximas vagas do TCE para o Legislativo, já que a Constituição Federal prevê que quatro vagas são da Assembléia e três do Executivo. O presidente da Assembléia, deputado Sergio Ricardo (PR), garantiu que as próximas vagas são do Legislativo. Roberto França então se deu por satisfeito. "A Assembléia não perdeu a vaga, só perdeu a vez", disse França.

(Às 20h15) - Muniz diz "sim" a Bosaipo e a Teis

   Percival Muniz apresentou mil explicações e, por fim, anunciou voto pela aprovação dos nomes de Waldir Teis e de Humberto Bosaipo para o TCE. Nos bastidores, Muniz insinuou que reprovaria o nome de Bosaipo por este acumular vários projetos na Justiça. Acabou se rendendo. O ex-prefeito de Rondonópolis contou até uma breve história de militância política entre ele Bosaipo na região do Araguaia. Destacou que iria votar em Bosaipo por entender que este está preparado para ocupar a cadeira de conselheiro. Quanto às ações judiciais, Percival Muniz disse que não cabe a ele e muito menos à Assembléia fazer julgamento, mas sim a Justiça.

(Às 20h27) - Ao revés, Daltinho aprova indicação de Teis

    Mesmo frisando que possui um relacionamento estreito com Valdir Teis, Adalto de Freitas, o Daltinho (PMDB), confirma seu voto a favor do secretário e diz o porquê: "Quero contar com o sr nos momentos em que precisarmos". Daltinho declarou que vai recorrer ao futuro conselheiro quando precisar de "uma atenção especial, principalmente quando precisar ajudar algum prefeito". 

(Às 20h42) - Campos Neto, Maksuês e Savi também votam sim

     Campos Neto (PP) confirma que seu voto favorável a Teis é fruto de um pedido do governador Blairo Maggi. Ele também aprovou o nome de Bosaipo. "Bosaipo é meu orientador", disse o pepista. Já Maksuês Leite (PP)aprovou os dois, mas sem deixar de protestar contra a postura de Teis frente aos deputados. Mauro Savi acompanha os dois colegas parlamentares.

(Às 21h56) - Após pronunciamentos, começa votação 

    A Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia, presidida pelo deputado José Carlos do Pátio (PMDB), se reune em plenário para apresentar o parecer favorável, em relação a indicação do deputado estadual Humberto Bosaipo.

(Às 20h57) - Votação confirma nome de Bosaipo ao TCE

   Como já era esperado, nome de Bosaipo é aprovado por unanimidade. Foram 20 votos favoráveis e nenhum contrário. 

(Às 21h03) - Teis assume vaga de Julio Campos

Confirmada a ida de Teis para o TCE. Teis passa pelo crivo dos deputados com 22 votos a favor e nenhum contra. 

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Rafael Damian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é uma verdadeira catástrofe, dizer que nenhum deputado com um pouco só de vergonha na cara questionou sobre os cheques assinados por ele e trocados diretamente na factoring do Arcanjo. Só isso, não precisava de mais nada.

    É a pior assembléia legislativa que eu já ouvi falar, pensei que isso havia ficado no passado.

    Olha, quem for religioso, por favor, reze para o Promotor Turin, foi ele que fez o Mandado de Segurança e mais, reze para que nas instâncias superiores ele consiga uma notícia boa, pois aqui no TJ....uhahhuauhauhuah...cremos que nada acontecerá...

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O QUE NOS SURPREENDE É A FALTA DE VERGONHA DESSES POLITICOS CARREIRISTA,QUE MENTEM PARA ELES,PARA O PUBLICO E PARA A PROPRIA FAMILIA.

    A VERDADE SOBRE OS 50 PROCESSOS ELE NÃO FALA.

    NÃO DIZ QUE OS PROCESSOS NÃO ANDARAM E NÃO FORAM JULGADOS ATÉ HOJE POR CAUSA DA TAL"IM(P)UNIDADE PARLAMENTAR.

    ELES VENDEM A ALMA PARA SE REELEGEREM PARA CONTINUAR SENDO BENEFICIADOS POR ESSA EXCRESSENCIA ,QUE É A TAL "IM(P)UNIDADE PARLAMENTAR.

    ACABAR COM A TAL "IM(P)UNIDADE PARLAMENTAR DEVE SER OUTRA GRANDE BATALHA DA SOCIEDADE.

    ESTOU , COMO TODA A SOCIEDADE MATOGROSSENSE AGUARDANDO A CONCESSÃO DA LIMINAR DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA,PARA IMPEDIR ESSE CIDADÃO INDIGNO DE OCUPAR O CARGO DE CONSELHEIRO DO TRIBUNAL DE CONTAS DO GLORIOSO ESTADO DE MATO GROSSO.

  • Ademar Adams | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se Bosaipo quer relembrar seus primeiros passos na política, vou relembrar também as ´primeiras denúncias contra ele:

    No seu prmeiro mandato na Mesa da AL, junto com o ex-deputado Paulo Moura, foram acusados de contratar, com verba da Assembléia, 150 cabos eleitorais. Conseguiram abafar as denúncias, porque naquele tempo o chefe do MP era amigo do Jaime Campos e do PFL.

  • PEDRO MASCARENHAS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ninguém explicou ou falou, foi o por que da Assembleia ter cedido a vez.
    Ora, tá na cara que foi acerto, ou então, que os nobres parlamentares expliquem o porque de ceder a vez, se a próxima vaga pode só ocorrer em 2010, conforme afirmou o conselheiro Ary Leite, e depois dele, quem pode afirmar quando ocorrerá a próxima vaga.
    Portanto, deixem de enrolação e assumam que todos estão no bolso do governador e fazem o que ele quer.
    Depois de tudo que foi dito deixar esta vaga ser indicação do governo é o maior exemplo de submissão da Assembléia.
    Quanto ao Governador ,mais uma vez mostra sua potencia financeira e cumpre outra vez uma das promessas de campanha ou seja, OUSADIA.
    SRS PARLAMENTARES É LAMENTÁVEL QUE V.SAS SEJAM REPRESENTANTES DESTE POVO.

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    AGORA É A HORA DE APROVAR O PROJETO DE LEI DO DEPUTADO SEBASTIÃO RESENDE,PARA COLOCAR A FOTOGRAFIA DOS DEPUTADOS ESTADUAIS NAS REPARTIÇÕES PÚBLICAS.

    POIS ASSIM O POVO A VERIA A CARA SEM VERGONHA DESSES "MALANDROS" POLITICOS TRAIDORES DO POVO.

    NÃO Á DE SER NADA,VAMOS FAZER UMA CAMPANHA EM CIMA DESSES DEPUTADOS PARA QUE A POPULAÇÃO SAIBA QUEM SÃO OS TRAIDORES DO POVO E DE MATO GROSSO.

  • Valmir Xavier Barache | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Asco. Nada simboliza melhor o sentimento que me acomete. Caros Deputados, deveriam aproveitar a ocasião para exluir da Constituição a expressão "sabantina". Sabatina é discussão, é questionamento, é prova. Aqui, esse momento relevante converteu-se em louvor e confetes aos postulantes ao cargo de Conselheiro. Uma vergonha. Uma lástima.

  • rafael | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    T anta
    C orrupção
    E nganosa

  • Marco Aurélio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Alexandre AMARELOU...RS...RS...RS

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...

Coronel linha dura morre ao 91 anos

Coronel Abid 400   Morreu   em Campo Grande (MS), aos 91 anos,  o coronel da PM aposentado Adib Massad (foto), considerado  um dos principais nomes  da Segurança Pública de Mato Grosso na década de 1970. À época, ainda com a patente de  tenente, foi comandante regional...

Mauro e vitórias na briga de decretos

orlando perri 400 curtinha   A estratégia do governador Mauro Mendes de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro,...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...