Últimas

Terça-Feira, 17 de Abril de 2007, 08h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SAÚDE PÚBLICA

Secretário autoriza doar medicamento à Câmara

 O novo secretário de Saúde de Cuiabá, Guilherme Maluf (PSDB), demonstra na prática que pretende mesmo fazer uma gestão política, como ele próprio enfatizou em discurso de posse, no último dia 23. A primeira demonstração prática mostra que o ex-vereador e deputado estadual, foi além disso. Autorizou fornecimento de medicamento adquirido pelo Sistema Único de Saúde para fins eleitoreiro. 

   A Comunicação Interna 085/07 da gerência de Farmácia e Almoxarifado do Hospital Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá prova isso. Em 30 de março, uma semana após ser empossado no comando da Saúde, Maluf autorizou o almoxarifado central a entregar 140 compromidos de Prednisona 20 mg para atender a um pedido feito pela Câmara Municipal de Nobres. O documento - confira reprodução acima -, foi assinado por Darlene Goes Fernandez., farmacêutica do HPSMC.

   A CI traz os seguintes dizeres: "Vimos por meio desta solicitar a título de doação que fora autorizado pelo nosso secretário de Saúde do Município, Dr. Guilherme Maluf, 140 comprimidos de Prednisona 20 mg para atender pedido da Câmara Municipal de Vereadores de Nobres - MT".

   Em discurso de posse, Maluf afirmou que iria procurar implementar uma gestão mais política, no sentido de buscar parcerias por mais recursos e investimentos na saúde pública e apoio de todos os grupos. Ex-vereador e sócio-proprietário do hospital privado Santa Rosa, Maluf se elegeu deputado estadual no ano passado ao obter 23.189 votos. Garantiu a segunda vaga pelo PSDB. A primeira ficou com Chica Nunes. Há menos de um mês, o ex-pefelista passou a integrar o staff do prefeito Wilson Santos. Em sua cadeira na Assembléia assumiu o primeiro suplente Carlos Avalone.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • carlos alberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    por isso que a saúde está falida e cuiabanos morrendo por falta de medicamentos. O Ministério Público deveria obrigar esse Secretário a repor o estoque e encaminhar às policlínicas, onde as pessoas padecem por falta de medicamentos. É uma vergonha e um absurdo. Mas afinal política é isso, dizem uns. Só que não concordo. O Prefeito Wilson Santos deveria, sim, mostrar pelo menos um ato de coragem e exonerar esse Secretário.

  • Antonio Lucas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até que não demorou para que o secretário Maluf mostrasse quais são suas prioridades na Saúde, quer dizer, fazer política e tentar crescer às custas da desgraça alheia pra tentar ser prefeito de Cuiabá. Da-lhe Maluf!!

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é uma vergonha. Kd o Ministério Público???

  • Anonimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este e o primeiro, quero ve daqui a pouco, pois tem muitos na secretaria mandando em desmandando sem nomeação: Enedil-Coordenação, Freitas-SMS,Mario-SMS(Consultor do Santa Rosa)....Abre o olho deputado, caso continue assim não ganha mais nem para vereador....e tem mais gente sem nomeação e sem exoneração.....Ministério Público entre em Ação logo...pois a população cuiabana agradece.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora estamos bem, com a Saúde bem administrada desta forma. Obrigado Wilson Santos, o medicamento que colocamos em sua mão nas eleições passada esta na mão de um deputado, ele esta fazendo a parte dele, distribuindo aos municipios....e vc ? VAI CUIDAR DE NOSSA CAPITAL ASSIM?
    CUIDADO SUA "SAÚDE POLITICA" PODE SER ABALADA NA PROXIMA ELEIÇÃO.

  • Servidor da Saúde - Anonimo - Medo de Re | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Secretario Guilherme Maluf tanto negou que a farmaceutica que elaborou o documento continua trabalhando...além disso a gerente de farmacia do pronto socorro dizem que e sua prima....O Sr. Freitas e o que na saúde? O Sr.Enil? O Sr. Mario? A Sra. Enedil? A Sra. Nice ? O Sr. João? O Sr. Alfredo? Pois até agora não vimos as respectivas nomeações... Além disso não apareceu a nomeação e exoneração do Sr. Anderson Felipe, A exoneração do Sr. Oliveira, A exoneração do Sr. Ricardo, A exoneração do Sr. Ezio,a exoneração do Sr. Firmo, A exoneração do próprio secretario adjunto, a exoneração da sra. Rita, a exoneração do sr. Luiz....Ministério Público a saude municipal esta parecendo a FEMA, uma equipe manda e desmanda sem nomeação....Cuidado tem fornecedor assumindo cargo...a dupla são velhos conhecidos da saúde...Deputado, o Senhor tira e os vereadores colocam de volta...."porteira fechada" e só de boca....Pois quem manda são os Vereadores.

  • Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com um secretário que possui um sobrenome desse "MALUF",querem esperar o quê???

  • josé cardoso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora a corda vai arrebentar no lado dos mais fracos. Com certeza a servidora que assinou o memorando o fez cumprindo ordens. E para não prejudicar seu chefe, vai assumir a culpa dizendo que foi um erro, um lapso. É sempre assim. Com toda certeza o Sr. Maluf determinou que esse absurdo fosse feito. Vem agora com a cara mais lavada dizendo desconhecer o assunto e só tomou conhecimento depois. Óleo de peroba prá vc Secretário!!! Tanta gente morrendo, a saúde falida, sucateada, e você fazendo política com um serviço tão essencial para todos nós, principalmente os mais humildes. Vc deveria ir parar atrás das grades. Não precisa da saúde pública porque tem um hospital próprio onde juntamente com seus familiares desfrutam do bom e do melhor. Toma vergonha na cara e ao invés de fazer politicagem à custa da desgraça dos outros, deveria sim, cuidar melhor dos postos de saúde, policlínicas e até mesmo do pronto socorro, onde quem consegue ser atendido são aqueles que procuram deputados e seus assessores para "assuntos de saúde" conseguem tudo na maior facilidade, exames, remédios, etc. tudo isso a troco do voto.Todos sabem que esses agenciadores de saúde agem livremente, somente o Secretário não sabe. Passe óleo de peroba nessa cara de pau e quem sabe conseguirás enxergar e realmente saber ser um secretário que se preocupa com a saúde dos mais pobres.

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MALUF NA SAUDE É ISSO AI!!!!!!!!!!!!!!

  • Carlos Marques Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É muito fácil, alguém fazer algo ilicito, ou algum favor a algum apadrinhado politico, e usar o nome de uma instituição como foi usada a Cãmara Municipal de Nobres.
    Em nenhum momento esta Casa de Leis solicitou algum tipo de medicamento a nenhuma secretaria, pois sabemos de nossas funcões institucionais e de nossos deveres, porém a Câmara como instituição não responde por qualquer tipo de barganha que algum vereador tenha junto à pessoa mencionada na reportagem. É inegavél o grande apoio que as instituições de saúde de Cuiabá tem prestado a este município, em casos de grande complexidade patológica, e, reconhecemos e agradecemos, agora afirmamos novamente que esta Instiuição em momento nenhum realizou tal solicitação.
    Vereador Carlos Marques Ribeiro - Prof. Neko

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...

Retorno, um novo tempo e inocência

jose carlos novelli 400 curtinha   Os conselheiros José Carlos Novelli (foto) e Antonio Joaquim participaram nesta terça da primeira sessão do Pleno do TRE, após três anos e seis meses afastados por determinação da Justiça, com base em denúncias sem provas de que cinco conselheiros...