Últimas

Terça-Feira, 03 de Março de 2009, 11h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

SAÚDE PÚBLICA

Secretário de Saúde chama Wilson de mentiroso

   O secretário estadual de saúde, Augustinho Moro, afirmou nesta terça (3) que o prefeito Wilson Santos (PSDB) mentiu quando disse que Cuiabá não recebeu ambulâncias do governo do estado - leia mais aqui. "Ele faltou com a verdade ao afirmar que a capital não foi contemplada com nenhuma ambulância do lote de 70 veículos entregues a prefeituras municipais", rebateu Moro.

   A Capital, segundo o secretário, recebeu quatro ambulâncias, distribuídas para o Centro Estadual de Odontologia para Pacientes Especiais (Ceope/Cuiabá),  Centro Integrado de Atenção Psicossocial Adauto Botelho (Ciaps Adauto Botelho/Cuiabá), Centro Estadual de Referencia de Média e Alta Complexidade (Cermac/Cuiabá) e Hemocentro (Cuiabá). "Esses estabelecimentos atendem 80% da população cuiabana".

   Para o secretário, Wilson tem um ponte de vista equivocado sobre a rede de atendimento do SUS em Mato Grosso, incluindo a própria cidade de Cuiabá. "O Governo do Estado descentralizou serviços de UTIs. Tratamentos que antes só eram encontrados em Cuiabá, agora são oferecidos em vários municípios que se tornaram refência em saúde".

   Numa tentativa de `desarmar` as acusações de que o governador não tem interesse na Capital mato-grossense, Mouro apontou obras em Cuiabá. "Estamos concluindo o Hospital Metropolitano do Cristo Rei e participamos, com o Ministério da Saúde, Ministério da Educação e Universidade Federal de Mato Grosso, da construção de um hospital universitário". (Andréa Haddad)

 

 

 

 (11h50) - Polêmica das ambulâncias é discutida na Câmara

   A polêmica em torno das ambulâncias foi alvo de debates, nesta terça (3), na Câmara Municipal de Cuiabá. O vereador Toninho de Souza (PDT) criticou a "troca de farpas" entre o prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), e o secretário estadual de Saúde, Augostinho Moro. "Não é essa a discussão que queremos entre o prefeito e governo. Não quero discutir ambulância, quero que o governo implante o hospital regional em Cuiabá. O governador precisa ser cobrado da sua responsabilidade em investir nesta cidade, pois o dinheiro que a Capital recebe é ínfimo".

   O médico e vereador Lúdio Cabral (PT) ponderou que o problema da saúde em Cuiabá é de gestão. "Na minha avaliação o problema está na direção do SUS em Cuiabá". Em defesa do governador, o vereador Francisco Vuolo afirmou que Maggi gosta de Cuiabá e citou investimentos em saúde e lazer. "Ele já disse diversas vezes que gosta de Cuiabá. Temos que fazer justiça. O governador possui o diferencial de cumprir tudo o que promete". 

   A declaração de Vuolo provocou a reação do vereador Adevair Cabral (PDT). Rindo, o pedetista lembrou que Maggi não cumpriu a promessa de reduzir a tarifa da energia elétrica feita durante as eleições ao governo do estado em 2002. "Se tem uma pessoa que não cumpre promessa é o governador. Tanto que nem sua principal promessa de campanha foi cumprida".

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Estado de Mato Grosso do Sul alega no seu dossiê enviado a FIFA,para virar sub-sede da copa de 2014,que Cuiabá é a única Capital que não possui hospital de urgência e emergEñcia ESTADUAL.Chega de demagogia turma da botina,Cuiabá é o município que mais arrecada impostos para o estado,e o retorno não condiz com proporcionalidade,logo o que o governo passa para a saúde de Cuiabá não é bondade nem favor,é obrigação.

  • Cuiabano Envergonhado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE VERGONHA!

    TODOS OS DIAS TEM ALGUÉM NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO CHAMANDO O PREFEITO DA CAPITAL DE

    MENTIROSO!

    NUNCA VI ISSO ACONTECER ANTES! ESSE PREFEITO NÃO TEM MORAL NENHUMA MESMO!

    É UMA LÁSTIMA PARA A NOSSA QUERIDA CUIABÁ!!!

  • Jean M. Van Den Haute | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A saúde é um dos assuntos a serem tratados á nível do Aglomerado Urbano Cuiabá/Várzea Grande. É LEI. É ditado pela Lei Complementar Estadual n° 83/01 e é responsabilidade da PRESIDÊNCIA do Conselho Deliberativo do AGLURB, ou seja, Blairo Maggi, Wilson Santos e Murilo Domingos JUNTOS.
    É terrível ver que nem os governantes nem os deputados e bem menus os vereadores conheçam a Lei.
    É por causa disso que o dinheiro federal, disponível sim, não está acessível sendo que desapareceria na primeira falcatrua possível.
    Gente ... é tarefa da Sociedade cobrar o cumprimento da LEI.

  • Paulo Roberto Silveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Secretario de Saude do Blairo está se fazenda de desentendido. O que o WS disse no programa Ponto de Vista é que nenhuma ambulancia foi distribuida para a Prefeitura de Cuiabá. Que o Blairo nao faz nada pela capital todo mundo sabe e o Mouro também., Tanto que ele diz que estão concluindo o Hospital metropolitao no CRISTO REI. Apenas para informação dele, o bairro Cristo Rei fica em Várzea Grande e não em Cuiabá. As ambulancias que ficaram em Cuiabá fora todas para orgaos do estado. O cabeção Luiz Soares afirmou dia desses numa entrevista que 50 por cento da verba da saude gasta em Cuiabá vemdo governo federal, 42 por cento do governo municipal e apenas 8 por cento do estadual. é mentira também isso, Moro? Se o governo do estado cuidasse da saúde do interior um Defensor Público de Rondonópolis não precisaria ter feito um escandalo na midia há alguns meses para que seu filho fosse atendido no Pronto Socorro. Ele veio para ca porque o hoispital regional da cidade do Blairo, de acodo com ele, não tnha condições de atender o filho que havia engolido uma moeda. E não haveria todos os dias centenas e centenas de pessoas do interior sendo atendidas aqui. Ou o senhor não sabe, secretario Moro que deputados mantém casas aqui so para trazer o povo de la para ser atendido aqui porque lá a saude não existe. Vá no P.S. um dia em sua vida para saber o que acontece la, secretário. deixe de ser demagogo e faça jus ao seu salário trabalhando de verdade pelo povo e não fazendo demagogia barata para se defender das cobranças que a turma da botina deve ter feito do senhor neste caso.

  • Claudio Correia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o prefeito deveria se preocupar com os funcionarios da saude que sao apadrinhados pelos vereadores desde a gestao passada que nem vao trabalhar, ao inves de brigar por viatura, e nem sei pq quer veiculos, um funcionario da saude, um que esta sempre na calcada da saude, de boné, outro dia bateu em um motoqueiro e estava errado e nem foi punido, continua la rodando por varzea grande buzinando a todos rabos de saias e se dizendo o tal, talvez o prefeito queira ambulancia pra esse rapaz sair catando suas vitimas, pq nem dirigir ele sabe!

  • Artur Rocha de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro edil Adevair Cabral, não defenda o teu prefeito com tanto afinco só porque está tirando proveito momentâneo dessa amizade. Wilson é conhecido no meio político por não cumprir acordos e não sustentar em pé o que fala sentado. Portanto, vou terminar parafraseando uma propaganda de seguro:


    Traído por Wilson: você ainda será um!!!!


    Durma com um barulho desse!!!

  • PLINIO MARQUES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    WS mentindo, o que há de novidade nisso? novidade seria se o mesmo estivesse falando com a verdade!

  • Marcos Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Secretário,

    Já foi citado aqui, mais quero reforçar. Para que o Governo do Estado demonstre que realmente quer ou que está investinda na saúde de Cuiabá, o governo deve é construir um Pronto Socorro Regional em Cuiabá, para atender todas as pessoas que vem do interior, assumir para si a responsabilidade e não ficar dizendo que passa dinheiro para a prefeitura de cuiabá, para custear essas despesas, esse serviço é uma obrigação do estado então para acabar com essa dúvida, construa esse Proto Socorro Regional em Cuiabá com total responsabilidade do Estado, não adianta ficar estruturando hospital regional no interior, pois vocês conhecem aquele ditado que o melhor médico de Cuiabá se chama: TAM, GOL e o melhor médico do interior está em Cuiabá, todo mundo do interior, quer vim tratar é em Cuiabá e ponto final. Assumão a Sua parte Governador Blairo Gafanhoto Maggi, o povo Cuiabano vai lembrar com toda certeza na eleição, próxima, para senador vai retribuir da mesma forma que Vossa Excelência trata Cuiaba

  • João Epifanio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vai te catar MORO, pede demissão incompetente, no interior o POVO está morrendo aos poucos, e sua secretaria não faz nada, seu antipático.

    Pessoas como voce, está acabando com o Blairo, PENA Q SÓ ELE NÃO ESTÁ VENDO. Verá brevemente.

  • Marcelão Iskerão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Mouro é um demagogo, so sabe administrar posto de gasolina, pergunta alguma vez se ele pisou no pronto socorro de cuiabá e VG. E claro que o governo distribuiu as ambulãncias pq os hospitais regionais de rondonopolis, colider e sorriso não funcionam.

    Agora Romilson, eu te admiro, para de ser imparcial, ou vc esta recebendo o mensalinho todo mes da saude, como outros sites de noticia

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...