Últimas

Quinta-Feira, 03 de Maio de 2007, 14h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SEGURANÇA PÚBLICA

Secretário defende maior informação sobre feitos da Sejusp

  "Não peço mídia, nem publicidade. Só defendo que a informação chegue à sociedade, pois é para ela que devemos satisfação do que está sendo feito". O comentário foi feito nesta quinta pelo secretário de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito. Ele nega que os comentários feitos a aliados e divulgados aqui no RDNews, em matéria logo abaixo, sejam no sentido de provocar enfrentamento ou cisão junto ao governador Blairo Maggi.

    "Não existe condicionante a ser imposta. O tema segurança pública está no foco não só em Mato Grosso. Trata-se de um assunto que virou debate nacional. Todos os governos estão se mobilizando para combater a violência", destaca Carlos Brito, que enfrenta um "bombardeio" de críticas.

   Ele preferiu não mencionar diretamente a política de comunicação do governo Maggi, mas observou que "a informação deve ser considerada uma ferramenta de trabalho". Segundo o secretário, o que está sendo feito precisa ser divulgado. "Temos várias ações. Da maneira que estão falando, dá-se a impressão de que o problema de violência em Mato Grosso começou em janeiro deste ano, quando eu tomei posse (como secretário".

   Carlos Brito observa que a máquina pública impõe uma engrenagem que avança a passos lentos e cita a questão orçamentária, cuja dotação é definida num ano para ser aplicada no exercício seguinte. Destaca que está fazendo algumas adequações administrativas, mas nenhum setor vem perdendo autonomia. "Não vim aqui para ser polícia".

   O secretário revela que pretende consolidar a instalação das bases comunitárias e assegura que, por mais que tentam dizer o contrário, o índice de homícidios no Estado caiu de 41 em janeiro para praticamente a metade em abril. "Os ajustes estão sendo feitos e, nesse processo, a informação se torna um ferramenta de trabalho".

   Brito lembrou do seu discurso de posse, quando falou em nome do secretariado e destacou a transversalidade. "O governo é um todo. A responsabilidade pela segurança pública deve ser compartilhada pelas diversas áreas". Defende inclusão da sua pasta entre as prioridades na política de comunicaçao, de modo a informar a sociedade e a chamá-la para o debate.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • LEANDRO DE PAULA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    senhor carlos brito, seria de maior grandeza, você pedir arrego e voltar a fazer o que mais sabe: política de bairro.
    esse cargo de secretario é para pessoa que conhece a área, que impõe respeito e autoridade, coisa que vc não é capaz de fazer. isso aí não é brincadeira, é para pessoa que possui aquilo roxo.
    chega de ipocresia, pede para sair antes que o povo lhe peça a cabeça....

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Ex-Deputado Carlos Brito não tem + condições e nem ambiente para ficar frente a pasta de Segurança do Estado.Se o Secretario for inteligente para pelo menos salvar-se politicamente deve sair rápido do posto que ocupa no momento no estado.

  • Sebastião Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ufa, até que fim Secretário Carlos Brito, alguém precisa acordar o governador e o Secretário de Comunicação ou eles não jogam na mesma equipe isto é Turma da Botina ? Quem acompanha seu trabalho sabe o que o Senhor faz, porém se não for divulgado fica omisso. Quanto ao comentário do Pedro Noronha, é opinião pessoal dele totalmente induzido pela mídia de alguns interesseiros políticos de plantão que usa a mídia e os seus programas para atingi-los vá em frente exija a divulgação de suas ações e sem não o fizerem retire da sua Secretaria um percentual para isso e faça o Senhor mesmo pois é competente afinal não teria o currículo que tem.

  • Francisco Alencar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Secom/mt vai divulgar o que sr. secretário Carlos Brito? Divulgar que o filho do seu assessor matou um amiguinho com uma pistola da polícia, que seu filho ajudou a executar um outro adolescente por motivo fútil. O sr. acha que a secom/mt deve divulgar que sua própria família e se seu staf ajuda a melhorar os números da violência em nosso estado. Se o sr. não fosse apegado a cargos já teria pedido demissão, pois e o mínimo que o sr. tem que fazer para não complicar a imagem do governador.
    Existe a lei de causa e efeito ou o sr. já se esqueceu do fim político do Coronel Meirelles que o sr. ajudou a tirar da prefeitura, só para ser prefeito por alguns dias o que o que o sr. está esperando, ser demitido pelo governador para se posar de vítima

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...