Últimas

Quinta-Feira, 03 de Maio de 2007, 14h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SEGURANÇA PÚBLICA

Secretário defende maior informação sobre feitos da Sejusp

  "Não peço mídia, nem publicidade. Só defendo que a informação chegue à sociedade, pois é para ela que devemos satisfação do que está sendo feito". O comentário foi feito nesta quinta pelo secretário de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito. Ele nega que os comentários feitos a aliados e divulgados aqui no RDNews, em matéria logo abaixo, sejam no sentido de provocar enfrentamento ou cisão junto ao governador Blairo Maggi.

    "Não existe condicionante a ser imposta. O tema segurança pública está no foco não só em Mato Grosso. Trata-se de um assunto que virou debate nacional. Todos os governos estão se mobilizando para combater a violência", destaca Carlos Brito, que enfrenta um "bombardeio" de críticas.

   Ele preferiu não mencionar diretamente a política de comunicação do governo Maggi, mas observou que "a informação deve ser considerada uma ferramenta de trabalho". Segundo o secretário, o que está sendo feito precisa ser divulgado. "Temos várias ações. Da maneira que estão falando, dá-se a impressão de que o problema de violência em Mato Grosso começou em janeiro deste ano, quando eu tomei posse (como secretário".

   Carlos Brito observa que a máquina pública impõe uma engrenagem que avança a passos lentos e cita a questão orçamentária, cuja dotação é definida num ano para ser aplicada no exercício seguinte. Destaca que está fazendo algumas adequações administrativas, mas nenhum setor vem perdendo autonomia. "Não vim aqui para ser polícia".

   O secretário revela que pretende consolidar a instalação das bases comunitárias e assegura que, por mais que tentam dizer o contrário, o índice de homícidios no Estado caiu de 41 em janeiro para praticamente a metade em abril. "Os ajustes estão sendo feitos e, nesse processo, a informação se torna um ferramenta de trabalho".

   Brito lembrou do seu discurso de posse, quando falou em nome do secretariado e destacou a transversalidade. "O governo é um todo. A responsabilidade pela segurança pública deve ser compartilhada pelas diversas áreas". Defende inclusão da sua pasta entre as prioridades na política de comunicaçao, de modo a informar a sociedade e a chamá-la para o debate.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • LEANDRO DE PAULA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    senhor carlos brito, seria de maior grandeza, você pedir arrego e voltar a fazer o que mais sabe: política de bairro.
    esse cargo de secretario é para pessoa que conhece a área, que impõe respeito e autoridade, coisa que vc não é capaz de fazer. isso aí não é brincadeira, é para pessoa que possui aquilo roxo.
    chega de ipocresia, pede para sair antes que o povo lhe peça a cabeça....

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Ex-Deputado Carlos Brito não tem + condições e nem ambiente para ficar frente a pasta de Segurança do Estado.Se o Secretario for inteligente para pelo menos salvar-se politicamente deve sair rápido do posto que ocupa no momento no estado.

  • Sebastião Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ufa, até que fim Secretário Carlos Brito, alguém precisa acordar o governador e o Secretário de Comunicação ou eles não jogam na mesma equipe isto é Turma da Botina ? Quem acompanha seu trabalho sabe o que o Senhor faz, porém se não for divulgado fica omisso. Quanto ao comentário do Pedro Noronha, é opinião pessoal dele totalmente induzido pela mídia de alguns interesseiros políticos de plantão que usa a mídia e os seus programas para atingi-los vá em frente exija a divulgação de suas ações e sem não o fizerem retire da sua Secretaria um percentual para isso e faça o Senhor mesmo pois é competente afinal não teria o currículo que tem.

  • Francisco Alencar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Secom/mt vai divulgar o que sr. secretário Carlos Brito? Divulgar que o filho do seu assessor matou um amiguinho com uma pistola da polícia, que seu filho ajudou a executar um outro adolescente por motivo fútil. O sr. acha que a secom/mt deve divulgar que sua própria família e se seu staf ajuda a melhorar os números da violência em nosso estado. Se o sr. não fosse apegado a cargos já teria pedido demissão, pois e o mínimo que o sr. tem que fazer para não complicar a imagem do governador.
    Existe a lei de causa e efeito ou o sr. já se esqueceu do fim político do Coronel Meirelles que o sr. ajudou a tirar da prefeitura, só para ser prefeito por alguns dias o que o que o sr. está esperando, ser demitido pelo governador para se posar de vítima

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

Fritado no PDT e buscando o Aliança

antonio galvan 400 curtinha   Fritado no PDT, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), pretende agora procurar espaço em um partido considerado de direita. E está se movimentando para assumir em MT o comando do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente Bolsonaro. O sojicultor se mostra,...

Lúdio e incógnita sobre quem apoiar

ludio cabral 400 curtinha   Em 2010, com PT rachado, o hoje deputado estadual Lúdio Cabral (foto) não apoiou Carlos Abicalil, do seu partido, para o Senado. Preferiu virar cabo eleitoral de Pedro Taques, que se elegeu. Agora, para este pleito suplementar ao Senado marcado para 26 de abril, para preencher a vacância devido...

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.