Últimas

Quinta-Feira, 03 de Maio de 2007, 14h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SEGURANÇA PÚBLICA

Secretário defende maior informação sobre feitos da Sejusp

  "Não peço mídia, nem publicidade. Só defendo que a informação chegue à sociedade, pois é para ela que devemos satisfação do que está sendo feito". O comentário foi feito nesta quinta pelo secretário de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito. Ele nega que os comentários feitos a aliados e divulgados aqui no RDNews, em matéria logo abaixo, sejam no sentido de provocar enfrentamento ou cisão junto ao governador Blairo Maggi.

    "Não existe condicionante a ser imposta. O tema segurança pública está no foco não só em Mato Grosso. Trata-se de um assunto que virou debate nacional. Todos os governos estão se mobilizando para combater a violência", destaca Carlos Brito, que enfrenta um "bombardeio" de críticas.

   Ele preferiu não mencionar diretamente a política de comunicação do governo Maggi, mas observou que "a informação deve ser considerada uma ferramenta de trabalho". Segundo o secretário, o que está sendo feito precisa ser divulgado. "Temos várias ações. Da maneira que estão falando, dá-se a impressão de que o problema de violência em Mato Grosso começou em janeiro deste ano, quando eu tomei posse (como secretário".

   Carlos Brito observa que a máquina pública impõe uma engrenagem que avança a passos lentos e cita a questão orçamentária, cuja dotação é definida num ano para ser aplicada no exercício seguinte. Destaca que está fazendo algumas adequações administrativas, mas nenhum setor vem perdendo autonomia. "Não vim aqui para ser polícia".

   O secretário revela que pretende consolidar a instalação das bases comunitárias e assegura que, por mais que tentam dizer o contrário, o índice de homícidios no Estado caiu de 41 em janeiro para praticamente a metade em abril. "Os ajustes estão sendo feitos e, nesse processo, a informação se torna um ferramenta de trabalho".

   Brito lembrou do seu discurso de posse, quando falou em nome do secretariado e destacou a transversalidade. "O governo é um todo. A responsabilidade pela segurança pública deve ser compartilhada pelas diversas áreas". Defende inclusão da sua pasta entre as prioridades na política de comunicaçao, de modo a informar a sociedade e a chamá-la para o debate.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • LEANDRO DE PAULA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    senhor carlos brito, seria de maior grandeza, você pedir arrego e voltar a fazer o que mais sabe: política de bairro.
    esse cargo de secretario é para pessoa que conhece a área, que impõe respeito e autoridade, coisa que vc não é capaz de fazer. isso aí não é brincadeira, é para pessoa que possui aquilo roxo.
    chega de ipocresia, pede para sair antes que o povo lhe peça a cabeça....

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Ex-Deputado Carlos Brito não tem + condições e nem ambiente para ficar frente a pasta de Segurança do Estado.Se o Secretario for inteligente para pelo menos salvar-se politicamente deve sair rápido do posto que ocupa no momento no estado.

  • Sebastião Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ufa, até que fim Secretário Carlos Brito, alguém precisa acordar o governador e o Secretário de Comunicação ou eles não jogam na mesma equipe isto é Turma da Botina ? Quem acompanha seu trabalho sabe o que o Senhor faz, porém se não for divulgado fica omisso. Quanto ao comentário do Pedro Noronha, é opinião pessoal dele totalmente induzido pela mídia de alguns interesseiros políticos de plantão que usa a mídia e os seus programas para atingi-los vá em frente exija a divulgação de suas ações e sem não o fizerem retire da sua Secretaria um percentual para isso e faça o Senhor mesmo pois é competente afinal não teria o currículo que tem.

  • Francisco Alencar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Secom/mt vai divulgar o que sr. secretário Carlos Brito? Divulgar que o filho do seu assessor matou um amiguinho com uma pistola da polícia, que seu filho ajudou a executar um outro adolescente por motivo fútil. O sr. acha que a secom/mt deve divulgar que sua própria família e se seu staf ajuda a melhorar os números da violência em nosso estado. Se o sr. não fosse apegado a cargos já teria pedido demissão, pois e o mínimo que o sr. tem que fazer para não complicar a imagem do governador.
    Existe a lei de causa e efeito ou o sr. já se esqueceu do fim político do Coronel Meirelles que o sr. ajudou a tirar da prefeitura, só para ser prefeito por alguns dias o que o que o sr. está esperando, ser demitido pelo governador para se posar de vítima

Base na Câmara e apoio de Iva Viana

leonardo 400 curtinha   Leonardo Bortolin (foto), que comanda Primavera do Leste e um dos vários prefeitos que prestigiaram a solenidade de entrega 100% do HMC, nesta segunda à noite, em Cuiabá, revelou contar com uma base forte e sólida na Câmara Municipal, o que tem sido importante na aprovação dos...

Ato de EP atrai 5 últimos governadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto), habilidoso nas articulações políticas, conseguiu levar para o mesmo evento, marcando a entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá, nesta segunda à noite, quatro ex-governadores e ainda o atual. Prestigiaram a solenidade Júlio Campos, Carlos Bezerra,...

Governador tenta constranger prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) tentou constranger o prefeito Emanuel, nesta segunda, na festa da entrega para funcionamento pleno do Hospital Municipal de Cuiabá. Na presença de diversas autoridades, inclusive dos últimos cinco governadores, com exceção de Silval, o atual chefe do Executivo, em...

3 vereadores cuiabanos no Cidadania

diego guimaraes 400 curtinha   O Cidadania, hoje sem voz na Câmara de Cuiabá, poderá ter três vereadores a partir de março de 2020, com abertura da janela. Na dança das cadeiras, Felipe Wellaton sairá do PV para aderir ao Cidadania, que já é presidido em Cuiabá pelo seu chefe de...

6 na Câmara tentam barrar projetos

francis maris 400 curtinha   O prefeito cacerense Francis Maris (foto) luta junto aos vereadores, para, enfim, concretizar todas as etapas de um financiamento milionário para projetos na área de saneamento. São R$ 130 milhões para abastecimento de água e cobertura de rede de esgoto, com juros de 6% ao ano e 20...

3 ex-prefeitos se juntam em Poconé

meire pocone 400 curtinha   Em Poconé, o prefeito Tatá Amaral, filiado ao DEM do governador Mauro e apoiado pelo ex-federal Fábio Garcia, está disposto a buscar a reeleição, mesmo com uma gestão pífia, isolado politicamente e com alto índice de rejeição. Enquanto isso, as...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.