Últimas

Sexta-Feira, 28 de Agosto de 2009, 17h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE

Secretário deve saber que ditadura já acabou, diz médico

   O presidente do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed), Luiz Carlos Alvarenga, mandou um recado ao secretário municipal de Saúde, Luiz Soares. "O secretário precisa entender que o período ditatorial já passou. Vivemos numa democracia", diz Alvarenga. Segundo ele, 42 médicos do Programa Saúde da Família (PSF), já entregaram seus pedidos de demissão ao prefeito Wilson Santos (PSDB). Outros 24 cirurgiões do Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá pretendem fazer o mesmo na próxima terça (1º), após a realização de uma passeata. Médicos da Capital saem em marcha da frente do Pronto Socorro e vão até a frente do Palácio Paiaguás, à partir das 8 horas.

   Entre as reivindicações da categoria, conforme Alvarenga, está a reestruturação da unidade de saúde. Não temos nada. Faltam medicamentos e insumos. Também não existe a reposição de aparelhos. O raio-x, por exemplo, está há um mês quebrado", explica. Ainda segundoe ele, a classe espera há mais de 10 anos uma reposição salarial. "Hoje, o piso dos médicos de Mato Grosso é o penúltimo do país. Um médico recebe R$ 800".

   Mesmo assim, o presidente ressalta que a maior reivindicação é o respeito dispensado pelas autoridades municipais à categoria. "Essa é uma questão de honra. Queremos que os médicos sejam tratados com dignidade", diz. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Marcelo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é brincadeira Romilson, esse médico que deu essa entrevista esqueceu de dizer que 800 reais é pago para um plantão de 24 horas um médico dá tranquilamente 4 plantoes por semana que dá um total de 16 plantões por mês totalizando um salário de quase 13 mil reais bruto. Esses Médicos querem trabalhar em 10 dez hospitais ao mesmo tempo, ai Luis Soares manda cortar ponto e eles não gostam. Romilson infelismente essa categoria de profissional ganham até dos advogados, por que eles sabem que nao tem médicos suficientes para atender a demanda e ai ficam chantageando, mas podem ter certeza que Deus tem uma cardeneta separada para cada pessoa que existem nesse nosso mundo e com certeza ele anota tudo que nos fazemos aqui e esses médicos e todas as pessoas, principalmente aqueles que entram aqui para escreverem calunias, vão morrer um dia e terão de prestar conta com Deus

  • marcola | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    não estou defendo o secretário luis soares,
    e muito menos os médicos, mas tem muitos
    médicos metidos a espertinhos e mau educado
    s,eu mesmo já fiquei internado no pronto
    socorro de cbá,e lá tem um asno chamado de
    dr. brianeze,o bicho é tão bruto,que o hitler
    perto dele é santo! e por causa de uma
    imundice dessa os outros ficam sem apoio
    da sociedade!!! dou a cara prá bater se
    segunda feira esses médicos entregam o pedi
    do de demissão em massa!!! já tentaram
    várias vezes arrancar o luis soares mas não
    obtivérão êxito, e não vai ser desta vez,não
    tem o apoio da sociedade,estão sózinhos!!!

  • FLORISBELO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    4 plantao de24hs.......96 hs semanal
    96 hs x 4 semanas ....396 hs mensal
    MARCELO MIRANDA DE ITU. Vc está mais para LEITERO doque qualquer outra COISA. Prá agradar o WS e o Sec.SAÚDE, ofereça uma IDEIA GENUINA e não DEMAGOGA igual as do WILSON SANTOS.

  • Marcos Vianna | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Marcelo Arruda, deixa de defender esse arrogante do Luiz Soares. Todos nós com nivel superior pertencentes a Secretaria de Saude de Cuiabá temos piso salarial de 800,00. Vc acha isso justo? O estado repassa uma verba para o municipio e o Sr. Secretario paga premios para os servidores que comparecem todos os dias ao serviço..
    Isso aumenta para 1000,00. Vc trabalha por isso?

  • Paulo Roberto de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ô Marcelo Arruda deixe de ser puxa saco do Luiz
    cabeção Soares. Qual médico que aguenta tra-
    balhar 24 hs., todos os que trabalham na saúde
    (do Posto de Saúde, Policlinicas e principalmente
    no PS) do porteiro ao médico, devem ser bem re-
    numerados, pois cuidam de vidas, dinheiro prá
    isso a Prefeitura tem e recebe do SUS e do gover-
    no estadual, só que é mau aplicado. Não gosto
    de médicos, eles na maioria das vezes são arro-
    gantes e prepotentes, mas infelismente precisa-
    mos deles.....

  • maga | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com Marcelo, aqui mesmo no meu bairro, o medico trabaiava 2 dias da semana, tirava plantão em outros hospitais, era prof. na Unic, e assim ia...uma calamidade, como que não quer que o povo reclama. E agora estão usando isso para prejudicar a população cade o MP que não vê isso...só porque vão fechar o PSM, e vai ter que trabaia direitinho nos PSF, pois vai ficar lotado. Vão ter que cumprir o horario combinado.

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.