Últimas

Sábado, 23 de Fevereiro de 2008, 11h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

SAÚDE

Secretário Moro tem espasmo e vai parar na UTI

  O secretário de Estado de Saúde, Augustinho Moro, foi internado por volta das 8h deste sábado (23) na UTI do hospital Amecor, na Capital. Ele sofreu um espasmo cardíaco, ou seja, redução do fornecimento de oxigênio ao músculo cardíaco. Segundo a assessoria, o médico Ubirajara Lupoli informou que não será divulgado o boletim médico, já que o quadro clínico de Moro encontra-se estável. Já passou por um cateterismo e foi constatado que não sofreu infarto. 

    Na avaliação dos médicos, o espasmo pode ser decorrente de estresse excessivo. Moro passou mal quando estava despachando no gabinete  acompanhado de sua equipe. A previsão é que receba alta já neste sábado. (Pollyana Araújo) 

(Às 12h14) - Augustinho passa por um novo exame

  O secretário Augustinho Moro vai passar por um novo exame de cateterismo, às 15h. A intenção é que seu quadro clínico seja reavaliado antes que receba alta médica. O médico Ubirajara, o mesmo que acompanhou o ex-senador Jonas Pinheiro, que faleceu na última terça, assegura que o quadro clínico de Moro é tranquilo.

   Ex-secretário da Prefeitura de Sapezal, Augustinho Moro compõe o governo Blairo Maggi desde janeiro de 2003. Começou como adjunto de Política Fiscal da pasta da Fazenda, depois assumiu a secretaria-adjunta de Administração e há pouco mais de um ano comanda a pasta da Saúde. Integra a chamada turma da botina, grupo mais próximo de Maggi.

(Às 15h30) - Boletim médico aponta quadro estável

  Boletim médico divulgado às 14h deste sábado revela que o quadro clínico do secretário Augustinho Moro é estável. Os médicos informam que o paciente não sofreu infarto. Foi submetido a um "sineagiocoronariografia (cateterismo cardíaco), que constatou vaso espasmo de artéria coronária direita com resolução efetiva e demonstrando resposta miocárdica satisfatória". Explica que Augustinho Moro permanece na UTI, consciente e com respiração espontânea e compensado do ponto de vista emodinámico, ou seja, sem necessidade de medicamentos.

   Moro está sendo assistido pelos cardiologistas intensivistas Ubirajara Lupoli Barbosa e Gentil Farah Júnior, além dos médicos que atuam no governo, sendo eles o cardiologista Jorge Lafaete, o secretário-adjunto de Saúde, Victor Rodrigues, e o chefe-adjunto da Casa Civil, clínico-cirurgião-geral Antonio Kato.

   A expectativa é que Augustinho Moro, de 42 anos, permaneça na UTI no resto do sábado, depois seja transferido para um apartamento, com direito a visitas restritas à família e, na segunda, receba alta. O secretário começou a passar mal no gabinete, por volta de 7h30, após subir alguns degraus rapidamente.

(24/01 - às 12h) - Moro deixa UTI, mas continua internado

Hospital Amecor, em Cuiabá, onde Augustinho Moro está hospitalizado  Boletim médico divulgado neste domingo, às 11h45, revela que o secretário estadual de Saúde, Augustinho Moro, na UTI do Amecor deste o sábado pela manhã, "apresenta resposta satisfatória ao tratamento instituído com estabilização do quadro coronariano". Informa também que o paciente mantém a funções cardio-circulatória estáveis. Ainda neste domingo, Moro recebe alta da UTI e vai para um quarto do hospital, com direito a visitas restritas. Por duas vezes o governador Blairo Maggi telefonou para Luíza, esposa de Moro. Foi tranquilizado quanto ao estado clínico do secretário. Maggi espera o melhor momento para visitá-lo. Pode ser nesta segunda (25), após divulgação de um novo boletim médico, previsto para sair às 9h.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Lilico | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que enterraram sapo nos gramdos do Paiaguas? A bruxa tá solta por lá! Tem que mandar benzer o Palacio BM!!!

  • André Luiz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que o Dr. Augustinho Moro tenha uma rapida recuperação e que passe a cuidar com mais atenção de sua saúde, pois sua missão frente a Secretaria de Saùde do Estado é muito ardua e seria. Torcemos pela sua plena recuperação e que ela seja rapida. Que Deus o abençoe e o proteja.

  • Westerlik Marquit Saracoza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Já pençou o secretário de saúde fosse para um hospital público/sus. Ai ele ia ver como o pobre sofre.

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Melhoras para o Secretário.
    Agora que ele veja isso como um recado divino. Se fosse um pobre, estaria agora a família velando o corpo
    Zelar pela saúde do povo, é uma missão que tem que sair do papel, tem que sair das propostas de palanque...
    Dizem que esse secretário está fazendo um bom trabalho, porém não dá para perceber, já que o sucateamento, pouco caso das policlínicas, dos secretários, principalmente da Capital, ofuscam o resultado desse trabalho. Sabe-se que policlínica não é atribuição do estado, porém deveria ser, pois as prefeituras não tem competência para cuidar da saúde do povo.

  • Jefferson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nada contra o secretário Augustinho, mas nosso país é uma piada. Sempre que nossos governantes adoecem vão para hospitais particulares. Depois, defendem com unhas e dentes a qualidade do serviço de saúde pública.

  • edivan campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    se morasse em Nova Marilandia tava morto, até a infermeira chegar da fazenda onde mora, no psf da cidade (unico) demoraria duas horas e ja era, ainda bem aque ai tem amecor, aqui só postinho mesmo e se brincar nao acha medico nem na cidade vizinha, melhoras secretario, Deus ilumine seus passos.

  • DUNGA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    GOSTARIA DE SABER SE ELE FOI ATENDIDO PELO SUS..... OU PELO "SUSTO", POIS QUANDO A COMUNIDADE EM GERAL PASSA POR ESSAS E OUTRAS , CHEGA NO POSTO DE SAUDE E LEVA UM GRANDE "SUSTO".

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...

DEM tem derrotados em 2020 pra AL

anelise silva 400   Alguns filiados do DEM do governador Mauro Mendes estão se movimentando por conta própria, visando as eleições de deputado estadual no próximo ano, alheios ao comodismo do presidente regional do partido, ex-deputado Fabinho Garcia. Em Cáceres, por exemplo, dois são cogitados para...

Vereadores vão devolver a VI de abril

agostinho carneiro 400   Presidida por Agostinho Carneiro (foto), a Câmara Municipal de Ribeirãozinho, um dos menores municípios do Estado, com cerca de 2,5 mil habitantes, decidiu suspender o pagamento da verba indenizatória deste mês de abril de todos os seus nove vereadores. Com isso, os R$ 9 mil que iriam para o...