Últimas

Sexta-Feira, 06 de Fevereiro de 2009, 21h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

SEGURANÇA PÚBLICA

Secretário não vê crise e destaca investimentos

   Numa reação à matéria "Violência avança e destrói a imagem do Estado", o secretário de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado, disse, por meio de assessoria, que o governo vem mantendo esforços para melhorar a logística e os serviços de inteligência e operacionais que possibilitem ao Estado trabalhar preventiva e ostensivamente na redução dos índices de criminalidade.

   Alega que a problemática da administração, como cita o RDNews, não é única e exclusiva do Estado de Mato Grosso. "Todas as unidades da federação têm preocupações na área de segurança pública, contudo, esforços constantes tanto dos Estados quanto do governo federal vêm sendo realizados para assegurar à população melhores serviços."

   De acordo com a Sejusp, o governo federal criou um programa que aborda e investe em duas frentes essenciais para a segurança pública: cidadania e prevenção social. Lembra que Mato Grosso não foi inicialmente inserido no Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), que considerou como prioritárias as 11 regiões metropolitanas mais violentas do país. Apesar disso, revela o secretário Curado, por ser um Estado fronteiriço, com localização estratégica e que requer investimentos mais contundentes em ações de repressão, especialmente no combate ao tráfico de entorpecentes, principal fomentador da criminalidade, o Ministério da Justiça aprovou projetos para investimentos em logística, serviços de inteligência, capacitação profissional e ações de prevenção e repressão.

    Destaca que no ano passado foram aprovados mais de R$ 34 milhões em projetos, sendo R$ 7 milhões para aquisição de um helicóptero que será empregado em ações na fronteira. Para este ano, a União já assegurou ao Estado, entre outros investimentos, a construção de unidades socioeducativas em pólos de MT.

     Estatísticas

   Sobre estatísticas, a Sejusp contrapõe os números citados na matéria. Afirma que, num comparativo de MT por taxa de 100 mil habitantes, o Estado apresentou redução no índice geral de homicídios nos três últimos anos. Assegura que em 2006, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes foi de 28,75; em 2007, de 29,15; e, em 2008, de 27,69%. "Em Cuiabá, no ano passado foram registrados 203 homicídios e em Várzea Grande, 129, totalizando 322 na Grande Cuiabá."

   Neste caso, de acordo com a Sejusp, foram registrados 24 homicídios na Grande Cuiabá, 19 em Cuiabá e 5 em Várzea Grande. Em 2008, esse número foi de 34 homicídios. "Ou seja, houve redução. Sabidamente, a maior parte dos crimes contra a vida está ligada de forma direta ou indireta ao tráfico de drogas, ou seja, este é hoje uma das principais causas da criminalidade."

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Mauro Arantes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SECRETARIO NOS CUIABANOS ESTAMOS CHEIO DE PARAQUETISTAS. QUANDO O SENHOR ASSUMIU A SECRETARIA PENSOU QUE ERA ESTA MOLEZA DA POLICIA FEDERAL. SE TRABALHAR TUDO BEM SE NÃO TUDO BEM TAMBEM POR O SALARIO VEM NA CONTA. AQUI O SECRETARIO TEM QUE TRABALHAR E MOSTRAR SERVIÇO SE NÃO PEDE O BONE E VAI VOLTAR PARA O AR CONDICIONADO. ATE AGORA O SENHOR SO TEM GASTO O DINHEIRO DO CUIABANO QUE PAGA SEU SALARIO, SERVIÇO QUE É BOM NADA. É SÓ OLHAR OS INDICES DE CRIMINALIDADE QUE A ASSOMBRA OS CUIABANOS. ESTA NA HORA DE USAR OS CHINELOS. COM A PALAVRA BLAIRO MAGGI

  • marcio nilio garcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro secretario de segurança, o problema e taõ simples de resolver!Me Desculpe sera que para prender os traficates da rua da saudade esq. com a osvaldo cruz no bairro bosque da saude depende de + dinheiro ou ação da policia.todos sabem que no bairro jardim leblon, na rua 04 de janeiro tem uma feira de drogas mas a policia não fas nada. no bairro novo Horizonte no mini estadio que leva o nome de Juares é uma boca de fumo. se a policia for depois das 0:Horas leva um onibus pois da uma lotação completa. pois oque falta e algo mas naõ investimento. derrepente uma aproximação da sec. de segurança com a justiça para não soltar os presos quando assim forem, ou esta acontecendo o que o lucas correa esta falando. alguem esta facilitando para a criminalidade aumentar em mato grosso. sera o governo fraco? Judiciario sem compromisso com a segurança? ou policiais conivente com o trafico. governador é só querer .

  • Antonio Fernando Eustáquio Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parece que esse Secretário não sai de Casa. Será que administra a SEJUSP sem sair da residência.
    Pelo amor dos meus filhinhos!!! AVISEM ESSE SECRETÁRIO QUE NÓS MORAMOS EM PRIMAVERA DO LESTE, e que esse Município está situado no Estado de Mato Grosso também. De repente ele nem sabe disso ainda!!!

    E chega de afirmar que Primavera do Leste é rica...que Primavera do Leste pode comprar isso...que Primavera do Leste não precisa disso ou daquilo, no afirmar antigo de vários governos. Isso já virou estígma contra Primavera do Leste. Produzimos muita riqueza, que gera muitos recursos para o Estado. É preciso, no entanto, que o retorno em investimentos seja do tamanho daquilo que produzimos economicamente! São ridículos os investimentos do Estado no Município. Quem duvida, dê uma volta no destacamento da PM e nas Delegacias daquí. É uma vergonha!!!!!!!!!!!!!!
    Sorte dos bandidos!!!!

  • Thiago Moraes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Secretário, os maus Militares irão continuar como sendo os melhores, servindo de exemplo a cada turma de soldados que ingressarem na Policia Militar.

    Qual deveria ser os serviços a serem prestados pelas Ovelhas negras da PM. Será q não é isso que a PM está tão ruim assim, os considerados bons são ovelhas negras..........

  • julinho trip | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Graças a Deus Cuiabá já conta com excelentes oftalmologistas.

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...