Últimas

Terça-Feira, 02 de Outubro de 2007, 15h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

EXECUTIVO

Secretário Teis abre portas à sonegação fiscal

  A decisão do secretário de Estado de Fazenda, Waldir Teis, de fechar o posto fiscal Flávio Gomes, na BR-364, na saída para Rondonópolis, representa, por outro lado, abertura de mais uma porta para a sonegação fiscal. Nem parece que o governo Blairo Maggi vive reclamando dos números da arrecadação. Falta comprometimento para com a receita.

   Segmentos sociais estão se organizando para protestar contra o fechamento de um dos postos fiscais mais importantes do Estado. No Flávio Gomes mais de 500 caminhões flagrados com transporte de mercadorias sem notas fiscais foram apreendidos nos últimos 15 anos. O ponto de inibição aqueles que atuam ao arrepio da lei, tem a passagem desobstruída. Agora, a Baixada Cuiabana fica descoberta.

    Já que o governo afrouxou, vai uma dica sobre itinerário para aqueles que querem instituir a sonegação fiscal: trafegando no sentido Rondonópolis-Cuiabá, sigam livres pelo rodoanel que está em construção e ganhem outras fronteiras, passando à vontade pelo entorno da Capital.

  Por mais que o governo argumente que o trabalho de fiscalização está cada vez mais informatizado, as tais notas eletrônicas ainda estão em fase de implantação. Ao desativar o posto Flávio Gomes, perde o Estado, perde o empresário que honra seus compromissos fiscais, perde a sociedade com menos recursos e apenas um ganha: o sonegador.

   Clique aqui e leia mais sobre a desativação do posto Flávio Gomes.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Antonio Fernandes do Amaral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pois o Governador do Estado é o maior interessado em quebrar os carimbos dos fiscais de tributos só para não carimbarem suas notinhas fiscais da soja!
    Dizem as mas linguas que ainda nesta semana será instala alguns Hotdoors com as frases: Bem Vindos ao Estado Livre, A sonegação finalmente venceu!!

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É, mais uma quebra de paradigmas, lembram-se!!!!!!!!!!!!?

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Certamente deve haver motivos mais fortes que a "informatização do sistema", por que
    sabemos que sem a presença ostensiva do fiscal há sonegação. Como é uma casa sem a
    figura paterna? Como é uma rua sem a presença do policial fardado? Infelizmente,
    por mais que se diga sobre mudanças de costumes, sobre nova era, sobre informatização
    disso e daquilo, sem a presença humana tudo desanda. Creio que todo gestor público
    sabe disso. Agora, se o secretário de Fazenda fecha um posto fiscal como aqueles só
    pode ser por corrupção. Aliás, a máquina fazendária deve estar tão corrompida que o
    secretário não dispõe de fiscais limpos para mantê-la aberta. Sendo assim, melhor fechar
    que ficar no faz-de-contas.

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...