Últimas

Segunda-Feira, 26 de Fevereiro de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Secretário Teis é cogitado para cadeira no TCE

Risco de perda de imunidade parlamentar leva Bosaipo a recuar do pleito

    O nome do secretário de Estado de Fazenda, Waldir Teis, passou a ser cogitado no Palácio Paiaguás como o mais provável para vir a ocupar o cargo vitalício de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Seria opção à vaga de Ary Leite de Campos, que enfrenta problemas de saúde e já combinou com a família a sua aposentadoria a partir de maio, quando completa 21 anos como um dos sete integrantes do Pleno do TCE.

    Em princípio, a vaga estaria 'amarrada' para o deputado de quinto mandato Humberto Bosaipo (PFL). O problema é que o parlamentar, ex-presidente e ex-primeiro-secretário da Assembléia, enfrenta vários ações na Justiça. Se renunciar ao cargo de deputado para virar conselheiro, Bosaipo continua com foro privilegiado, mas perde a imunidade parlamentar. Nesse caso, o Ministério Público Federal poderia requisitar à Justiça aplicação sobre ele da lei de improbidade administrativa, o que complicaria a situação do pefelista. Alertado por sua assessoria jurídica sobre esse risco, Bosaipo, então, recuou das articulações.

    Enquanto isso, o secretário Waldir Teis conta com respaldo do governador. O assunto é tratado de forma sigilosa. Teis é um dos homens de confiança de Maggi. Antes de passar a cuidar do caixa do governo do Estado atuou como executivo do Grupo Amaggi, pertencente ao próprio Maggi, maior produtor individual de soja do mundo.

    Blairo Maggi é o único dos quatro últimos governadores que ainda não indicou conselheiro para o TCE, cargo equivalente ao de desembargador do Tribunal de Justiça. A efetivação de Alencar Soares no ano passado, apesar da assinatura de Maggi, partiu da Assembléia e não do Poder Executivo. Jaime Campos (91/94) 'emplacou', à época, dois conselheiros: Ubiratan Spinelli e Branco de Barros, que se aposentou em 2006. Já Dante de Oliveira (1995/2002) indicou três: Antônio Joaquim, José Carlos Novelli e Valter Albano. O governo Rogério Salles (2002) nomeou Júlio Campos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

MDB agora com um na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha uma voz na Câmara. Trata-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista. Já vinha atuando como...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.