Últimas

Quarta-Feira, 29 de Outubro de 2008, 08h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

EXECUTIVO

Secretários "sem votos" já reassumem os cargos

Fernando Ordakowski

Vera, Pitaluga, Orestes e Yênes voltam a seus postos no governo

  Os chamados secretários "sem votos" reassumiram nesta quarta seus postos após afastamento por 20 dias para dedicação exclusiva à campanha ao Palácio Alencastro de Mauro Mendes (PR), derrotado pelo prefeito Wilson Santos (PSDB), reeleito com 175.038 votos (60,5% dos válidos). Com atuação mais técnica, eles pouco contribuíram com a campanha do republicano.

   Yênes Magalhães (Planejamento), Orestes Oliveira (Casa Militar) e Paulo Pitaluga (Cultura) tem atuação mais técnica. No fundo, eles só pediram licença do Palácio Paiaguás para entrar na campanha como uma forma de fazer "média" com o governador Blairo Maggi que, em reunião com o secretariado, solicitou ajuda àqueles que estivessem determinado a se engajar em defesa do nome de Mendes. Agora, eles já estão despachando no cargo de secretários de Estado. Baiano Filho (Esporte e Lazer) chegou a comunicar à Casa Civil que também se afastaria. Depois, recuou.

   A máquina estatal começa a receber também outros assessores do governo que estiveram embuídos na campanha derrotada em Cuiabá, como o presidente do Detran, Teodoro Lopes, o Dóia, o ouvidor-geral do Estado, Antonio Kato; o presidente do Imeq, Jair Dorigon; e o ex-vereador Caio Cesar, que volta ao quarto escalão da secretaria de Infra-Estrutura. À frente dos que retornam ao governo está também a ex-deputada oposicionista Vera Araújo, a Verinha (PT), que foi candidata à vice-prefeita de Mendes.

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • msps | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • WALDOMIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Para sorte dessa turma aí, o Blairo é apenas governador de Mato Grosso e não imperador de Roma. Dedo polegar direito para baixo e pronto, os derrotados já eram. No entanto, essa gente deu comprovada demonstração de incompetência. Será que o Blairo vai concorrer em 2010 com esse time aí de cabos eleitorais? Se fosse ele colocava todos no olho da rua e procurava outros. O salário é bom não vai faltar bons candidatos para as vagas. E entre nós, esse tal de Pagot não é muito melhor que o Mendes, vai ser taca de novo. A menos que a estratégia de Blairo seja a de lançar um perdedor antecipado para 2010 para ele (Blairo) disputar o governo em 2014. Aí é muita malvadeza.

  • Luiz Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Nossa mais 4 anos de atraso, pois a saúde municipal está um ?????????

  • kleber | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Governador vai perder uma grande oportunidade de abrir espaço para cidadãos mais capacitados.
    Estava na hora de renovar, senão...

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O povo cuiabano agradece ao governador por jogar na campanha do Mauro Mendes um time de sem ou será cem votos,e sem graças.Soma-se a eles o deputado Valtenir,outro sem graça,que ajudou a canoa virar mais fácil.

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A campanha do Prfeito Wilson agradece o trabalho dos sem votos. Somam-se a eles o Secretário de Turismo Yuri.

  • Irineu Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vcs estão falando de uma tal de Verinha, Coronel Oliveira, Yenes e Pitaluga. Quem são eles??
    Parece que pertencem ao Governo pelo que este site divulga. Não recordo deles em algum lugar pedindo voto. Será que se empenharam mesmo???
    Coronel Cabo Eleitoral??? Isso pra mim cheira desvio de função, pois a segurança vai mal. Quem sabe se essa turma fizer curso conseguirão em 2010. Pelo jeito vão levar taca novamente.

  • mifares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    São os náufragos do batomuche voltando à terra firme. Podem esperar que em 2010 tem mais.

  • Marco Aurélio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostei muito de um dos comentários que elenca a liderança e força de votos destes Secretários ineficazes do Governo BLAIRO MÁGGICO, mas, esqueceram da inexpressiva e sem votos FLÁVIA NOGUEIRA, ALEXANDRE CÉSAR e SÁGUAS MORAES, Secretário da SEDUC, que se serviu ao disparate e desrespeito de aceitar que a desavida Professora VERINHA. sua coleguinha de trabalho, determinasse a adesivagem forçada em veículos que estavam estacionados no pátio da Secretário de Estado de Educação, um fato pitoresco e sem qualificantes, que tirou ainda mais votos da DUPLA MAURO MENTE e VERINHA NEM SENTE, pois, no dia 26 a Cuiabania disse: é WILSON DE NOVO, corroboro também com os bons serviços que a dupla IRACI FRANÇA e BENEDITO RUBENS fizeram pelo Social da nossa Cidade Verde, mas, issto tudo só foi possível graças à determinção, eficiência e luta do Prefeito ROBERTO FRANÇA, que marcou em seus 08 (oito) anos de gestão por esta urbe, como um dos melhores e maiores Prefeitos da nossa Capital. è de se ressaltar que, tanto Dona Iraci, quanto e principlamente, o BENEDITO RUBENS, são verdadeiros e até grosseiros quando preciso, pois, dizem na cara e na lata dos negos, como falam os Cuiabanos aquilo que eles podem e devem ouvir, Dá-lhe WILSON, veja que, com o Segundo turno, O sR. PODE CONHECER QUEM REALMENTE SÃO SEUS AMIGOS, CALORIZE-OS E DESCARTE OS MAUS CARACTERES.

  • Antonio Pedro de Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.