Últimas

Segunda-Feira, 09 de Novembro de 2009, 16h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CONCURSO

Sefaz investiga 7 servidores após inscrições gratuitas

   O secretário estadual de Fazenda, Éder Moraes, decidiu criar uma comissão de processo administrativo disciplinar para investigar sete servidores da pasta que teriam tentado utilizar indevidamente o benefício da gratuidade na inscrição para o maior concurso público já feito pelo Estado, com 10.086 vagas. O auxílio é oferecido a quem estiver desempregado, receber até 1,5 salário mínimo ou se for doador regular de sangue. Valores das inscrições variaram de R$ 25 a R$ 100.

   Conforme as portarias publicadas, os servidores Edmirson Fernandes de Magalhães, Érica de Fátima Gentil, Fabiani Márcia da Silva, Joacildo José de Arruda, Kenia Beneditha Moraes de Arruda, Leatrice Sant´Ana Portella e Viviana Vanni de Barros "se valeram do fato de não possuírem anotações em suas Carteiras de Trabalho para se enquadrarem na hipótese de candidato desempregado". Os servidores  ocupam cargo de assistente técnico da pasta da Fazenda, com exceção de Edimirson, que é assessor técnico.

   A comissão é formada por Joelmes Jesus da Costa, Eva de Almeida Nunes Lindote e Deomar Ribeiro de Campos. Eles terão 60 dias para apurar possíveis irregularidades e emitir parecer sobre cada servidor fazendário envolvido. Mais de 500 mil pessoas se inscreveram para o concurso do Estado, que tem data de realização prevista para 22 de novembro. O concurso corre o risco de ser cancelado a pedido do Ministério Público, que aponta indícios de irregularidade no convênio firmado pelo Estado com a Faesp, vinculada à Unemat - veja mais aqui(Flávia Borges e Lislaine dos Anjos)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • MESTRE PARDAL | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Paulo Vidal | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Leitores se for pensado tem muito Advogado e Doutores estao fazeram e tambem varias pessoas nao tem carteira de trabalho preenchida se for pensar tinha de fazer um reciclagem de cada cargos e so colocar na Mesa quantos pagante e quanto isentos , nessa crise todos iram fazer isento conheco muita gente que quer estabilidade e esta ganhando bem mais quer um emprego fixo agora que tem muita mala preta oooooo se tem

  • TATYANY | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meu Deus! não existe um lugar neste País que tenha gente séria trabalhando?
    É um absurdo bando de imcompetentes.

  • JL | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Claudio Aloizo ferreira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    mEUS CARO AMIGOS LEITORES ESSES SERVIDORES APENAS,NÃO ENTENDEU O EDITAL POIS OS MESMOS NÃO TEM CARTEIRA ASSINA E SIM DGA QUE É CARGO COMISSIONADO E NÃO TEM ESTABILIDADE ALGUMA.E ESSE FUNCIONARIOS GANHAM UMA MIXARIA EM TORNO DE R$700,00 LIQUIDO.AGORA VEM O SECRETARIO DE FAZENDA ABRIR UM PROCESSO ADMINISTRATIVO CONTRA ESSES COITADO,SENHOR SECRETARIO TEM MAIS COISAS SERIAS NA SUA SECRETARIA PRA A VOSSA SENHORIA SE PRECOULPAR

  • HEITOR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A verdade é que na SEFAZ poucos possuem boas remunerações. Coitado destes servidores que estão sendo humilhados publicamente via imprensa. Que assunto importante este para merecer destaque....

  • DARCIVAL | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom dia!
    Não podemos generalizar, onde existem os maus existem também os bons . Para generalizar devemos conhecer cada um e a vida que cada um leva para colocá-los em um mesmo grupo, para isto devemos ter conhecimento de causa.

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.