Últimas

Quinta-Feira, 03 de Maio de 2007, 08h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SEGURANÇA PÚBLICA

Sem blindagem, Brito ameaça sair da Sejusp

   O secretário de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito, que enfrenta desgaste por conta de duas situações de ordem pessoal - o assassinato de um sobrinho e o envolvimento de um filho num homicídio -, disse a amigos que cobrarar blindagem do governador Blairo Maggi, tão logo este retorne dos Estados Unidos. Se não obtiver apoio político irrestrito de Maggi, Brito entregará o cargo.

    Ele entende que está sendo massacrado, com ataques para todo lado, e ninguém o defende. Até mesmo os deputados da base aliada fazem vistas grossas. "Nem parece que sou do governo. A secretaria de Comunicação não move uma palha para contornar a situação diante de um problema que, infelizmente,  eu não tenho como controlá-lo", lamentou Brito, em conversa com aliados próximo.

   Carlos Brito disse que vai expor sua situação para Maggi. Espera que o governador venha defendê-lo publicamente e que também oriente a base a fazer igual. Caso isso não seja possível, o ex-deputado e uma das lideranças do PDT pedirá exoneração. Prefere se desligar do governo a trazer prejuízos políticos ao Palácio Paiaguás.

  O secretário considera que está sendo mal compreendido também em suas ações internas. Fez uma série de mudanças e remanejamentos, o que contrariou interesses pessoais e passou a enfrentar resistências e conspirações.

   Assim que assumiu a Sejusp, Brito descobriu que, de 300 PMs lotados no Batalhão Ambiental, somente cerca de 40 estavam trabalhando. Trombou de frente com um grupo de coronéis, que utilizavam PMs para atribuições que fugiam a competência do órgão, desativou o batalhão e convocou a todos para a atividade fim. São para ações corajosas como essas que preciso espera blindagem.

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • carlos alberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dep. Carlos Brito, quando querem queimar alguém, vc sabe que queimam. Agora pela amizade, pelos laços e lealdade que vc tem com o governador e a primeira dama, sinceramente digo que não deveria estar passando por isso, ainda mais agora nesse momento de sua vida que só posso lhe dizer: Deus te dê força para superar.
    A segurança leva a dois caminhos: No seu combate, a vitória principalmente no campo político. No fracasso em combatê-la, a derrota e o repúdio da sociedade por longos anos. Do jeito que está caminhando, vc está indo para a segunda opção. Saia ou reverta a situação. Pelos seus laços com os Maggi, sinceramente achei que o apoio e a compra dessa pauleira que estás levando o fariam.

  • Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O "massacre" pelo qual passa atualmente o Sr. Secretário de Segurança tem como motivos, além do fato de ter, com o remanejamento realizado, interrompido e desarticulado - mesmo que temporariamente - vários "esquemas" que envolviam a Polícia Ambiental e Rodoviária Estadual, o que desagradou altas patentes da "Corporação", motivação política, visto que Carlos Brito só não foi eleito por conta do nosso sistema eleitoral (votação para ser eleito, teve) e caso faça uma boa gestão na Segurança Pública, é candidato natural a Prefeito de Cuiabá, o que desagrada o (ainda) Deputado Pastor-Marreteiro Demagago-populista Sérgio Ricardo, o não menos inflado Walter Rabello e até o Prefeito Wilson Santos. Se o Secretário de Segurança fosse qualquer figura sem histórico político-eleitoral, estaria tudo bem...

  • Regis Rodrigues Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Faz bem para o Serviço Público a saída do Secretário Carlos Brito, pois na gestão do mesmo não pudemos apreciar nenhuma melhora na segurança do Estado de Mato Grosso, que, aliás, está caótica.

  • juca lemos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deixa o homem trabalhar! e´ um crime este bombardeio em cima do secretario.Questões pessoais que envolvem parentes do secretario, não podem significarTa co a incapacidade de gestao. Certos setores da mídia, devem ter cautela. Tá correto o secretario em colocar o pessoal para trabalhar. Policial tem que estar nas ruas e ganando muito bem e nao esta miseria de hoje.

  • Marli | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Está matéria está excelente, primeira vez que um orgão da comunicação deu chance ao Carlos Brito. Concordo com ele, está sem apoio, agora sem estado emocional, nada é mais importante q um filho. Pelo que ele já fez ao estado, se sair da secretaria, sai de cabeça erguida

  • ney | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Secretario sou pai e muito dificil que vc esta passando, filhos fazem coisas que nos pais, nao sabemos. tenha fé em Deus ele pode te ajudar. quando falar com maggi não esqueça de pedir ao governador para chamar os demais aprovados do concurso da policia civil pois somente os 150 que Sr. e o governador nomeou não vai aresolver.

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Ex-Deputado Carlos Brito não pensou bem antes de assumir esse cargo, agora ele paga o preço politico alto pela opção de aceitar essa função. A questão pessoal que ele esta passando deve ser separada da qustão funcional .

  • Paulo Cesar Camargo Ramos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não pode querer mudar um sistema de uma hora para outra, precisa-se de estratégias, e a sociedade tem que ser justo ao fazer as criticas, que pena que esse cargo é indicação política de partidos, precisamos de coerencia....

  • leonardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr. Secretário acredito que os órgãos de comunicação estão te linchando, cuidado com eles, pois por trás destas notícias o que existe verdadeiramente é puro interesse politico, não vejo nenhum destes órgãos de comunicação preocupados com a segurança, apenas e mais uma vez estão olhando para o próprio umbigo, não desista, por favor e coloque a polícia para trabalhar, porque certos oficiais estão fazendo corpo mole para te queimar, seja firme.

  • ERIC | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BRITO NAO DESISTA ESSAS PESSOAS ESTAO QUERENDO TE QUEIMAR... O ROBERTO FRANÇA, CLOVIS ROBERTO ESTAO USANDO A MIDIA PARA BENEFICIO PROPRIO FALANDO PELOS COTOVELOS... FORÇA BRITO

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.