Últimas

Terça-Feira, 27 de Outubro de 2009, 17h:16 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE

Sem cirurgiões, Moro autoriza ida de pacientes ao HGU


Secretário Augustinho Moro convoca coletiva para anunciar que Samu passará a levar pacientes para HGU
Foto: Pedro Alves

   A partir desta sexta (30), os pacientes em estado grave atendidos pelo Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) serão transportados para o Hospital Geral Universitário (HGU). O anúncio foi feito nesta terça (27) pelo secretário estadual de Saúde, Augustinho Moro, em coletiva. “Várzea Grande também enfrenta greve de médicos e temos dois feriados pela frente, então tivemos que tomar esta providência”, explicou.

   Moro disse que também tomou a decisão após o Tribunal de Justiça determinar, por meio de liminar, que o Estado e a Prefeitura de Cuiabá custeiem as cirurgias de urgência e emergência aos pacientes do SUS em hospitais particulares. “Os responsáveis pelos hospitais privados se reuniram e informaram as dificuldades em prestar esse serviço. Embora sejam conveniados ao SUS, nem todos fazem o serviço de pronto-atendimento”, explicou.

   Segundo ele, a prefeitura deverá arcar com a fatura dos pacientes do Pronto-Socorro de Cuiabá que forem transferidos para o HGU.  Em contrapartida, o Estado continuará quitando os gastos com pacientes do interior que procurarem a unidade. “Vou comunicar ainda hoje ao secretário de Cuiabá, Luiz Soares, que estaremos descontando dos repasses do município o valor referente ao atendimento pelo HGU de pacientes oriundos do Pronto-Socorro”.

   Moro não soube informar a capacidade de atendimento do HGU para casos de urgência e emergência. Segundo ele, entre 9 e 25 de outubro, o Samu transportou para o Pronto-Socorro de Várzea Grande 60 pacientes em estado grave, atendidos em Cuiabá. "Essa mesma demanda deve ser atendida pelo HGU". Outras 180 pessoas, que precisavam de atendimento de baixa e média complexidade, foram levadas para as policlínicas. “Vamos autorizar Várzea Grande a cobrar por 200 atendimentos a mais, referentes aos pacientes de Cuiabá”. Ele frisou que o Estado também forneceu produtos e materiais de trabalho para auxiliar o atendimento em Várzea Grande.

   Segundo Moro, os serviços de urgência e emergência voltarão a ser realizados pelo Pronto-Socorro assim que os médicos da prefeitura encerrarem a greve. “O único problema neste caso é a falta de médicos”. Moro disse que chegou a procurar a Prefeitura de Cuiabá antes de decidir encaminhar os pacientes para o HGU, mas ponderou que não obteve uma resposta. “Tentamos conversar diversas vezes, mas eles nunca apresentaram uma alternativa. Com a liminar, tivemos que buscar uma solução emergencial. Agora apenas comunicaremos a decisão ao Luiz Soares”.  (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Bosco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Karla | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que sono heim Dengue!

  • LEO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    aleluia aleluia aleluia
    até que enfim alguem resolveu fazer alguma coisa

    parabens pra voce, nesta data querida....


    oko ok ok

    valeu secretario, obrigado

    isso é solução.

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cuiabá precisa urgentemente reativar o serviço de pardais.O controle da velocidade dos condutores deverá reduzir essas urgências durante a semana. Se a Lei Seca pegasse os feriados também seriam mais tranqüilos. Aliás, vigilância eletrônica de velocidade é outra promessa não cumprida pelo prefeito Wilson Santos.

  • edileuza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    UFA!!!!!!! ATÉ QUE FIM!!!!!!
    UMA LUZ NO FIM DO TUNEL

  • JAIME | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sr secretario muito cuidado quando for dar a noticia ao LUIZ SOARES ele nao pode receber uma noticia dessa sem estar acompanhado pelo seu medico porque fortes emoções pode-le causar alguma coisa anormal, ele pode ficar irritado e até vai ameaçar em sair do comando da secretaria só de birra. cuidado senao ele vai ficar desempregado.....

  • ZÉ DO PONTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    È isso mesmo Governador. Graças aos céus. Sómente o Sr.poderia tomar uma atitude à respeito. Não poderia deixar nas mãos de pessoas irresponsáveis,demagôgas e despreparadas,e sem compromisso com a classe desprotegida. O que o Pinóquio tem feito é coisa de nazista. Promessas,mentiras, dôr e miséria.

  • TIMONEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    a que ponto chegamos ,com a administracao de cuiaba,desse wilson pinoquio,e desse cabecao do luiz soares,ter que o secretario de saude do estado de mt intervir na saude municipal,para resolver o caos,eita falta de respeito com a populacao da baixada cuiabana,e ainda tem muitas gente que acha que esse wilson pinoquio pau rodado esta fazendo alguma coisa para nos cuiabano,alias esta mesmo destruindo nossa capital,sem o minimo de pudor e respeito pelos seus quase trezentos anos de historia.  

  • Maria Augusta de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Graças a Deus uma solução!
    O que mais me preocupa é que ainda tem um povo alienado que acredita no Wilson Santos com as propagandas enganosas que ele paga para veicular na TV.
    O pior de tudo ( Deus não há de permitir), é esse sujeito ser eleito Governador e colocar o Luis Soares como Secretário de Estado de Saúde.
    Estaremos literalmente mortos...votê!

  • PAULO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    AGORA IMAGINA, NA INFRA-TEVE QUE PEDIR PARA O EXERCITO ASSUMIR, POI FOI INCOMPETENTE, E AINDA FIZERAM MALANDRAGEN A SAÚDE O ESTADO QUE TEM QUE ADMINISTRAR. SE NEM A PREFEITURA NAO TEM COMPETENCIA PARA ADM. IMAGINE O ESTADO INTEIRO. SAI FORA POVO DESTE TAL DE WUILSON CONTADOR DE HISTORIAS.

    REPARE COM MNAIS TEMPO SE O NARIZ DELE COMO ESTÁ CRESCENDO, OLHEM COM CALMA

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.