Últimas

Quarta-Feira, 25 de Abril de 2007, 12h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Sem nome para prefeito, PR volta a cogitar Éder

   Mesmo no ranking de maior legenda do Estado, com 74 prefeitos e mais de 200 vereadores, o recém-criado PR do governador Blairo Maggi já está órfão de pré-candidatos a prefeito de Cuiabá. Nesse vácuo, o presidente da MT, Éder de Moraes, que já recuou de suas pretensões políticas, pode até  voltar a ser opção dos republicanos. Ele prefere, porém, nem falar no assunto. Filiado ao PR, Éder é tido como um dos executivos de extrema confiança do governador.

    O presidente da Assembléia, deputado Sérgio Ricardo, que chegou a dizer que iria às últimas consequências para se firmar como nome do PR à sucessão municipal, agora não admite nem a condição de filiado. Está mais preocupado em salvar o mandato, diante da decisão do TSE de fazer valer a fidelidade partidária. Outro que chegou a ensaiar pré-candidatura pelo PR e depois recuou é o presidente da Fiemt, empresário Mauro Mendes.

    Como não aprova o nome de Sérgio para concorrer, de novo, ao Palácio Alencastro, a turma da botina, integrada por aliados próximos de Maggi, defende o lançamento de algum nome do partido que represente "o novo" ou então aliança com o PT, já que a legenda agora faz parte da base do governo estadual.

    Enquanto o PR  bate-cabeça para encontrar um candidato a prefeito na Capital, outras legendas registram uma "inflação" de prefeitáveis. No PT, o deputado federal Carlos Abicalil e a senadora Serys Marly se articulam para isso. A ex-deputada estadual Vera Araújo também admite entrar no páreo. No DEM, o ex-prefeito Anildo Lima Barros se diz pré-candidato. O PMDB aposta na candidatura do deputado Walter Rabello e, o PSB, nas pretensões do federal Valtenir Pereira. Sem alarde, o prefeito tucano Wilson Santos pasta na reeleição. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Temor e negociação com 3 partidos

wilson kero-kero 400 curtinha   Depois de ajudar na articulação para se filiar ao Podemos o colega vereador Dilemário Alencar, que estava "fritado" e sem espaço no Pros e procurou abrigo em outra legenda, Wilson Kero-Kero (foto) está agora com receio de migrar para o partido da senadora cassada Selma Arruda e do...

Agora no DEM e foco à saúde pública

gilberto figueiredo 400 curtinha   Gilberto Figueiredo (foto), vereador licenciado da Capital e secretário de Estado de Saúde, aproveitou a janela - data limite de filiação até sábado (4) para quem quiser ser candidato em outubro -, e ingressou no DEM. Agora, o partido do governador Mauro, até...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.