Últimas

Segunda-Feira, 26 de Janeiro de 2009, 12h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CAMPO MINADO

Sem-terra invadem escola e querem bloquear BR


Sem-terra de Campo Verde se mobilizam para "trancar" rodovia

  As cerca de 540 famílias dos assentamentos Dom Ozório I e II, em Campo Verde, estão mobilizadas desde este domingo e prontos para bloquear a BR-364, em frente à Escola Técnica Federal, se o Incra não intervir judicialmente, de modo a garantí-las nas áreas ocupadas há cerca de dois anos.

  Parte dos sem-terra já armou barracos às margens da rodovia e dentro da unidade educacional. Armados de foice, facão e outras ferramentas, eles aguardam o resultado de uma reunião nesta segunda de seus coordenadores com o novo superintendente regional do Incra, William Sampaio, recém-nomeado ao cargo. Os assentados exigem que o Incra interfira, de modo a levar a Justiça Federal a reconsiderar a reintegração de posse. Argumentam que o próprio Incra já investiu nos dois assentamentos cerca de R$ 500 mil com projetos de geoprocessamento e levantamento topográfico e com plano de desenvolvimento.

   O juiz federal Julier Sebastião da Silva havia concedido direito aos assentados de permanecerem nas áreas, mas o dono das propriedades recorreu e houve nova decisão, agora pela reintegração de posse.  Eles têm prazo de 45 dias para desocupação.

    As cerca de cinco mil pessoas aguardam, às margens da rodovia, o sinal dos coordenadores, que estão no Incra. Se as negociações não avançarem, a 364, que liga Cuiabá a Rondonópolis, será bloqueada já nesta segunda (26). Estuda-se, inclusive, impedir também o tráfego na BR-070, que liga a capital a Campo Verde e Barra do Garças.


Assentados expõem faixas com palavras reivindicatórias

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Marqueteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    OPPA!!!!!

    Infelizmente, a conquista da terra, é marcada pela violência, mas e por quê!
    Assim como a maioria dos assentados, são gente que não tem intimidade com a terra, são na maioria especuladores, eu conheço diversos da qui de campo verde.Tem empresário que bancou diversas barracas de acampamentos a tempo para fazer de lotes uma pequena fazenda. E isso também aconteçe no mundo plítico. Na mais ampla visão política, em nivel ferderal, estadual e municipal, são nomeados parceiros eleitorais, sem a minima condição administrativa, sem qualquer conhecimento propfissional, relativa a secretaria, diretoria, ao qual passa a representa-lo. Issos é lastimável também. E quem paga esta conta toda?..........Isso é Brasil. Isso sem falar em nepotismo, que eu considero uma aberração.Muitas veses me sinto envergonhado, enfraquecido e desestimulado......Só não me sinto acovardado, por que continuo acreditando e fazendo a minha parte.
    Obrigado.

  • Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Me desculpem os SEM-TETOS,SEM-TERRA,não tenho nda contra vcs, e sim contra a forma de agirem,camaradas vão bloquear as ações do prefeios,vereadores,deputados e governadores em seus palacios e secretariados...pare o centro das cidades,bloqueiem.....mas pare com essa palhaçada, de prejudicar os servidores,trabalhadores e contribuintes.Os motoristas nao merecem essas cachoradas que vcs vem fazendo com eles,tem horario pra cumprir,familia pra rever. Caramba, entao feche a sadia,skol,antartica,coca-cola, ou entao age como homens caramba.

  • Silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Governo tem que parar de dar Terras para pessoas que não tem afinidade com o cultivo da terra. Eles não conseguem produzir nada, trabalhar na terra requer perseverança, firmeza. Hoje a maioria dos assentados não estão mais no lotes. Dinheiro jogado fora. Quem tem grandes propriedades não consegue mais plantar, e divida e mais divida com o BB.

  • tulio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    cade aagora os deputados as autoridades pra irem la e dar jeito nesse pessoal, pode ver que tem gente grande mandando fazer isso

  • Manoel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora é a vez dos sem terra de Campo Verde, o secretário municipal de agricultura de Rondonópolis, foi até a cidade de Campo Verde e acertou com o pessoal para vir para Rondonópolis e se juntar com os daqui e juntos invadirem duas fazendas próximas a cidade de Rondonópolis, marcado para o dia 02 de fevereiro/2009.

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...