Últimas

Quarta-Feira, 24 de Outubro de 2007, 14h:08 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

MEIO AMBIENTE

Sema loca 12 veículos por R$ 40 mil mensais

     A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), sob Luis Henrique Daldegan, que está enfrentando um fogo cruzado, acaba de fechar contrato para a locação de mais 12 veículos. Agora, a Sema gastará mais R$ 40 mil com despesas de veículos por mês. O contrato foi assinado pelo diretor executivo do Fundo Estadual do Meio Ambiente (Femam) Moacir Couto Filho e pela representante da empresa Quality Aluguel de veículos Ltda, Mônica da Mata Pinto.

     A Sema que conta com um orçamento de R$ 43 milhões para 2008, é uma das pastas mais complexas do governo Blairo Maggi. Enfrenta até uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instalada pela Assembléia para apurar denúncias de irregularidades e morosidade na liberação de licenças ambientais e nos planos de manejos florestais.

      A melhoria na estrutura física do órgão vêm sendo reinvindicada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Sema (Sintema), bem como a aquisição imediata de 42 veículos novos. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Dani Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É bem essa a situação da SEMA. Não sei por quais motivos (na verdade, sabemos sim) o atual secretário sempre opta pelas opções que custam mais ao governo, consequentemente nosso bolso. É assim com a opção de locar carros, assim como com a contratação, à revelia, de pessoal terceirizado. Porque, ao invés dessas contratações, o senhor secretário não trata de providenciar a nomeação das pessoas que forma classificadas no último concurso. O prazo para tal está expirando. Será que essa situação insustentável irá continuar?

  • jossy marie torres bortolo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Empreguismo, Clientelismo, Perseguição e Incompetência. Essas palavras resumem a atual gestão ambiental do Estado de Mato Grosso. O governador, não dá para entender, a questão ambiental é o seu calcanhar de aquiles, tal a repercussão negativa dos atos do seu secretário e sub que usam o órgão ambiental para obter ganhos e satisfazer grupelhos que lá existem, ambos sem compromisso com a sustentabilidade ambiental, mas as suas sustentabilidades econômicas. Abra o olho governador, o seu governo está se desgastando de forma irreversível graças a essas pessoas que estão a frente da sema, pois não há compromisso técnico com a área, demonstradas pelas inúmeras irregularidades praticadas pelos atuais gestores desse órgão.

  • RICARDO ARRUDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COM ESSE VALOR SE COMPRA UM CARRO POR MES, MULTIPLICA X 12 MESES, EM UM ANO SE TEM 12 CARROS NOVOS, ALEM DO VALOR DO BEM, QUE SÃO OS CARROS, ALUGANDO, O DINHEIRO VAI, E NÃO VOLTA...........

  • Cláudio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dá de comprar 2 carros populares por mês.. O preço do aluguel acaba saindo isso mesmo, o preço foi até bom. Só é uma pena que se perca com alugueis..

  • afranio lucas de rezende | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Secretário perdulário, que não têm rigidez nos gastos públicos, e nomeia pessoas sem perfil técnicos para as duas novas secretarias adjuntas, além de um secretário adjunto denominado bathilde, muito conhecido por proprietários rurais pela exigência de "troca de favores".

  • joão Paulo de Campos Teixeira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de saber como está o trâmite do processo que o ministério público federal impetrou para apurar a responsabilidade da sema em relação as incessantes queimadas que atormentaram a vida dos cuiabanos por mais de 2 meses. Isso não pode cair no esquecimento, precisamos saber se os responsáveis pela autorizações das queimadas serão punidos e ficará tudo por isso mesmo, ou seja, impunidade. Enquanto isso, lá na sema, o secretário e o sub continuam abusando de suas autoridades, assinando documentos ilegais, desrespeitando técnicos de carreira, e gastando dinheiro público sem responsabilidade. E a CPI, será que vai continuar fechando os olhos para com as irresponsabilidades na gestão da sema?

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...

Estado paga os servidores nesta 6ª

mauro mendes 400 curtinha   Servidores do Estado recebem salário de fevereiro hoje, dentro do mês trabalho. É a sexta vez seguida que o governador Mauro Mendes consegue pagar a folha dos ativos, inativos e pensionistas antes da virada do mês, depois de promover reformas, redução da máquina e...

Sistema de saúde sob colapso em ROO

Em Rondonópolis, cidade-polo da região Sul, que abrange 17 municípios, não há mais leitos de UTI para socorrer pacientes em quadro grave de Covid-19. Todos os 30 do hospital Santa Casa estão ocupados, inclusive um leito de UTI reservado para atender outros casos, acabou destinado para paciente com o novo coronavírus. Há 10 leitos de UTI no Hospital Regional e todos também estão lotados. Várias pessoas em...

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...