Últimas

Segunda-Feira, 30 de Março de 2009, 18h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

DNIT

Senador tucano diz que tem assinaturas para instalar CPI

   Após a manobra de lideranças republicanas para "barrar" a criação da CPI do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), órgão comandado pelo "afilhado" político do governador Blairo Maggi (PR), Luiz Antônio Pagot, o senador tucano Mário Couto (PA) anunciou nesta segunda (30) que já conseguiu reunir, novamente, quase todas as assinaturas necessárias para instituir a comissão. Havia a expectativa de que a CPI fosse instalada na semana passada, porém quatro senadores retiraram as assinaturas do pedido - saiba mais aqui. São necessárias 27 assinaturas de parlamentares para que o Senado institua a CPI.

   Mário Couto disse que encaminharia, ainda nesta segunda, ao Ministério Público Federal (MPF) relatórios apresentados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que apontam superfaturamento em obras administradas pelo Dnit. O senador pedirá aos procuradores uma investigação no órgão. "Eu não vou desistir", afirmou Mário Couto. "Foi um ano e meio de luta, que derrubaram em uma hora, mas não vão me derrubar. Junto com outros senadores sérios desta Casa, nós vamos mostrar a sujeira que existe dentro do Dnit", disparou o tucano, da tribuna do Senado.

   Ele argumentou que há no Dnit "uma situação de corrupção estabelecida". Segundo Mário Couto, esta seria a razão para que obras não possam ser realizadas, como, por exemplo, a conclusão da rodovia Transamazônica, a das eclusas do Rio Tucuruí, a rodovia Santarém-Cuiabá, entre outras. "Não podem ser realizadas por causa da corrupção que já se estabelece dentro do Dnit e os senadores não deixam que seja apurada. Não deixam que se mostre à Nação e ao estado do Pará (do qual é representante) por que as obras não são realizadas", afirmou o senador.

   Em apartes, manifestaram apoio à instalação da CPI do Dnit os senadores Papaléo Paes (PSDB-AP), Paulo Paim (PT-RS), Geraldo Mesquita Junior (PMDB-AC) e Alvaro Dias (PSDB-PR). (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • matogrosso de olho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    por favor senador eu acredito que o senhor estar no rumo certo CPI nesse cidadão que aí estar cheirando golpe !!

  • alvaro dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os tucanos vivem fuçando ali, acolá, fico imaginando onde estavam os tucanos na epoca de fernando henrique cardoso-presidente da republica brasileira, que não denunciavam nada, era tudo tão escondidinho, ou eles pensam que o povo é burro, e não sabe que essa bagunça toda sempre existiu..agora porque se portam como oposição do governo, ficam tentando atacar a honra daqueles que começaram agora, porque os tucanos não instalaram cpi na gestão de fhc...que ficou 8 anos, quase acabou com a vida dos pobres e dos trabalhadores do brasil, o DNIT se fazia algum serviço ninguem via e nem sabia, agora porque é luiz antonio pagot que esta lá os tucanos vivem inventando estoria...cpi se presta p/ alguma coisa..é para dar prejuizos financeiros a sociedade que paga por tantos papeis, tintas, telefones, energia, p/ os congressistas brincarem de faz de conta..tudo acaba em pizza...sai fora tucanada, deixa o homem trabalhar!

  • Mario dos Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É isso aí, vamos desvendar essa muvuka, vamos torcer para que os nossos SENADORES - MT, Serys Marly, Gilberto e Jaime Campos defendam seus eleitores prejudicados com os roubos do Dnit, principalmente no caso de MT, a sonhada Cuiabá - Santarém.

  • ZÉ LICUBRINO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DEIXA O HOMEM TRABALHAR.
    EXISTE UM BANDO DE EMPATA SERVIÇO DE FAZER DÓ.
    ESSA TÁTICA PERNICIOSA DE AMARRAR O DIRIGENTE PRA NÃO TER TEMPO DE EXECUTAR O SERVIÇO É VELHA, O BRASIL PERDE COM ISSO.
    O PAGOT É UM TRATOR PRA TRABALHAR SÓ QUE TEM INTRUSO PISANDO NO FREIO.

  • adriano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pq esse politico não pede para abrir a caixa preta do dnit na época do governo FHC?

  • Vanessa Bulhões | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...