Últimas

Segunda-Feira, 07 de Abril de 2008, 17h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

ARTICULAÇÃO

Senadora admite buscar novo mandato em 2010

Serys diz que não conseguiu convencer Abicalil a entrar na disputa a prefeito de Cuiabá

  A senadora Serys Marly disse que conversou com o seu colega petista, deputado federal Carlos Abicalil, no sentido de motivá-lo a concorrer à Prefeitura de Cuiabá. "Tenho conversado com ele (Abicalil) para ele vir a ser o candidato do PT, pois tem chances reais de vencer as eleições". Segundo ela, Abicalil acha que agora não é o momento, já que tem a presidência regional do partido para se dedicar. Ex-dirigente estadual da agremiação petista, a senadora reafirmou nesta segunda (7) que está fora do páreo. Admite que trabalha projeto de reeleição para 2010. O projeto de Serys choca com o de Abicalil. Por isso, os dois já vivem rota de colisão desde já. Medem forças internas.

   Militantes petistas têm entre 18 a 21 deste mês para se inscreverem às prévias. Até agora o partido conta com dois "prefeituráveis": o assessor da própria Serys, Vicente Vuolo, o Vuolinho, e o médico Alencar Farina (ex-PR). A corrente Unidade da Lula, mesmo grupo de Abicalil e do secretário de Estado de Educação, Ságuas Moraes, começou a incentivar o deputado Alexandre Cesar a se inscrever. O parlamentar resiste porque não conseguiu se livrar de uma série de "pepinos", já que foi acusado de, enquanto dirigente do PT, deixar rombo nas contas e ainda de ter utilizado caixa 2 em 2004, quando concorreu e perdeu a Prefeitura de Cuiabá.

    Apesar de Farina e Vuolinho não apresentarem visibilidade eleitoral, a senadora Serys avalia que isso não reflete no resultado do processo eleitoral. "Isso é muito relativo. Quando disputei a eleição para o Senado era um nome fraquíssimo e venci", diz, numa referência ao pleito de 2002, quando ficou com a segunda vaga, batendo o ex-governador Dante de Oliveira (já falecido). (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É senadora, a senhora venceu porque não tinha apunhalado os velhinhos pelas costas ainda com 11%, lembra-se disso????? a senhora até chorou,mas como a senhora é partidaria teve que votar com o partido.-ou ja esqueceu e acha que o povo ja esqueceu tambem?

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...