Últimas

Segunda-Feira, 24 de Novembro de 2008, 13h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

PROJETO

Senadora elogia orçamento participativo de VG

  Mesmo com sua existência somente na teoria e ainda na dependência de ajustes para funcionar na prática, o orçamento participativo de Várzea Grande, sob a gestão Murilo Domingos (PR) acabou sendo destaque no Congresso Nacional. Os elogios não partiram de nenhum senador mato-grossense. Vieram da goiana Lúcia Vânia (PSDB).

  Em discurso da tribuna, a senadora discorria sobre exemplos de políticas públicas que estão melhorando a vida da população, embasadas em uma nova maneira de administrar. Disse que não basta implementar programas sociais. Eles devem ser acompanhados de um conjunto de políticas públicas levadas a cabo pelo Estado, entre elas o orçamento participativo. Foi aí que a parlamentar tucana citou Várzea Grande.

   O curioso é que o projeto que seria "pioneiro" nunca foi comentado por nenhum dos três senadores mato-grossenses - Jayme Campos e Gilberto Goellner (ambos DEM) e Serys Marly (PT). O orçamento participativo de Várzea Grande foi implementado pela secretária de Planejamento Ester Inês  Scheffer, há seis meses no cargo. Ela é pesquisadora, fiscal aposentada de tributo estadual e dirigente do Instituto Brasileiro de Pesquisa e Acompanhamento Orçamentário (Imbraco).

   Segundo dados oficiais da pasta do Planejamneto, já foi realizado levantamento das prioridades em 80 dos 141 bairros. As audiências públicas são acompanhadas pelo Ministério Público. Durante as reuniões são levantadas problemáticas, como a falta de água e esgoto, escolas, creches, poluição, iluminação pública, segurança, coleta de lixo e postos de saúde. Num dos encontros no bairro Pituguar, os moradores citaram, por exemplo, o incômodo com um chiqueiro.

   Assim que as audiências sejam finalizadas, a equipe da prefeitura, sob Ester Inês, elaborará um relatório final com o plano de metas para os próximos anos. A secretária destaca que muitas reivindicações são atendidas de imediato. A intenção é destinar melhor os recursos no atendimento as demandas dos bairros. (Patrícia Sanches)

Clique no play e veja o que diz a senadora sobre o orçamento participativo de VG

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Pedro Vargas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa Ester não aquela que fazia parte do time do Walter Rabelo?
    Essa história tem cheiro de lorota. Donde a Lúcia Vânia soube deste caso?
    O Jaime é contra Murilo, Gelnner é um laranja e a Serys é odiada por todos que cercam gente como Walter Rabelo.

  • Júnior | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao Prefeito Municipal Murilo Domingos e ao seu secretariado por mais está ação inédita em VG.

    Abs a todos

  • Sergio P Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABÉNS À SECRETÁRIA DE PLANEJAMENTO DE VÁRZEA GRANDE.
    ESPERO QUE AS PROPOSTAS DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO SEJAM EFETIVAMENTE ACATADAS PELO PREFEITO E EQUIPE. CLARO QUE DENTRO DAQUILO QUE SERÁ POSSÍVEL REALIZAR.
    UMA QUESTÃO MUITO IMPORTANTE É A REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA, QUE PARECE QUE IRÁ SAIR DO PAPEL.
    AGORA UMA PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: ONDE ESTAVA O SENADOR JAYME CAMPOS? SERÁ QUE ELE ESTÁ PREOCUPADO COM A NOSSA QUERIDA VÁRZEA GRANDE?
    AH ME ESQUECI. ELE TEM COISAS MAIS IMPORTANTES PARA FAZER, TAIS COMO CUIDAR DE OUTROS INTERE$$E$.

  • JOAQUIM | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PODEMOS VER O QUANTO NOSSOS PARLAMENTARES ESTÃO INTERESSADOS EM NOSSO ESTADO; OUTROS DE OUTROS ESTADOS ESTÃO MAIS POR DENTRO DO QUE ACONTECE DO QUE OS DAQUI,DO QUE OS DAQUI MESMO. PODE?

  • Handerson Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Nossa acho que os SENADORES e Dep. Federal de MATO GROSSO devem estar passeando lá, é brincadeira, por isso que MATO GROSSO NÃO cresce com uns representante desse lá, tamo bem arrumado....hum.....

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS