Últimas

Quinta-Feira, 25 de Junho de 2009, 16h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

DNIT

Senadores desconversam sobre CPI; Antero aponta falhas

   A bancada de Mato Grosso no Senado ainda não se posicionou quanto ao novo requerimento de instalação da CPI do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), órgão comandado pelo mato-grossense Luiz Antonio Pagot. O documento foi apresentado no plenário, na noite desta quarta (24), pelo senador Mario Couto (PSDB-PA) e conta com 29 assinaturas. Para que a comissão seja instalada, o pedido de abertura precisa ser publicado no Diário do Senado com um mínimo de 27 assinaturas. Conhecido pela divulgação de dossiês contra membros do alto escalão do governo petista, o ex-senador Antero Paes de Barros (PSDB) disse ao RDNews que a instalação da CPI é pertinente. “O Tribunal de Contas da União apontou várias irregularidades no Dnit”. Ele disse que chegou a conversar com Mario Couto na época em que senador ingressou com o primeiro pedido de instalação da CPI. “Depois disso, não mantive mais contato com ele. O PSDB é um partido interessado em combater a corrupção”, defendeu. 

   A tendência é que os três senadores mato-grossenses, Serys Marly (PT), Gilberto Goellner (DEM) e Jayme Campos (DEM), intercedam em favor de Pagot, tal como na primeira tentativa de instalação da CPI, há três meses, quando conseguiram articular para que quatro senadores da base aliada voltassem atrás e retirassem as assinaturas antes da publicação oficial. Com a manobra, Mario Couto não conseguiu o mínimo exigido pela Constituição e pelo Regimento Interno para a instalação da comissão. “Ainda não tenho uma posição sobre o assunto porque o documento foi apresentado ontem à noite. Preciso saber em que o Mario Couto baseou o requerimento dele”, desconversou o senador Jayme Campos (DEM).

   Na justificação do pedido de CPI, o senador disse que o TCU detecta constantes irregularidades nos convênios, contratos e instrumentos jurídicos do DNIT, o que compromete a liberação dos recursos e inviabiliza as obras. O senador disse à Agência Senado que "essa é uma prática perene" que afeta os princípios constitucionais como o da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. Conforme o requerimento, a CPI vai apurar as "causas, condições e responsabilidades relacionadas aos graves problemas verificados na contratação de serviços, obras, processos licitatórios, convênios, dentre outras irregularidades, praticadas pelo Dnit, evidenciados a partir de relatórios e demais atos fiscalizadores do Tribunal de Contas da União (TCU)".

   Segundo a Agência Senado, a comissão terá 13 membros efetivos e sete suplentes e funcionará por 180 dias prorrogáveis. A instalação da CPI e nomeação dos integrantes será feita posteriormente, conforme indicação das lideranças partidárias. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • TIMONEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    macacos falando mal de bananas!!!!!! e brincadeira, comite da maldade inicia as atividades .antero se esquece que raposas velhas com tempo perde os dentes e a agilidades e passam a ser meiro bichinhos inofensivel ,acorda antero voce esta com prazo de validade vencida .

  • Jurandir alves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É interessante os internautas saberem q quando o PSDB estava ocupando a Presidência da República os recursos utilizados pelo Dnit não chegavam a R$ 2 bilhões por ano...

    Agora no governo Lula são 10 vezes mais que isso! Só MT deve receber em torno de R$ 5 bilhões!

    É por isso que os tucanos querem tirar o Pagot de lá! Eles só atrabalha a vida dos mato-grossenses! Ô raça!!!

    PSDB nunca mais! Nem aqui, nem em lugar nenhum!!!

  • elizeu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    engraçado o povo tem gente que fala mal de roubalheiras e de coisas erradas, mais são contra investigações, ou ja dão salvo conduto.
    acordem CPI não é para investigar o PAGOT não.
    É pra investigar o DNIT que tem no BRASIL inteiro pessoas em cargos de confiança e que podem cometer erros e desvios de conduta mesmo sem o PAGOT saber, quem tem feito relatorios apontando irregularidades é o TCU que o orgão fiscalizador da união.
    sem contar aqueles que misturam, as coisas e acham que este é um problema partidario, partido não rouba, quem rouba são seus filiados.

  • Maria do Socorro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Seria muito bom o ex Senador Antero esclarecer tambem o caso Secomgate e tambem a verba de publicidade da Sanecap, já que o PSDB gosta de apurar corrupção é uma grande oportunidade.

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Já era esperado que as vésperas das eleições de 2010 aparecerão os justiceiros de plantão. Muitos sentarão nas vergonhas que praticaram no passado e que ainda praticam e como donos da ética, da moralidade pregam o combate a corrupção.

    Que há muitas coisas erradas nesse país não temos dúvida, porém não vejo ninguém, absolutamente ninguém com moral, com ética, para apurar e punir alguém.

    O legislativo brasileiro é uma vergonha, o Judiciário é exemplo de que os valores morais foram superados pela corrupção, no executivo nem se diga.

    O que precisa é o povo votar corretamente e para isso, precisamos limpar do cenário político brasileiro esses políticos que abarrotam os armários da justiça em processos que deram causa.

    Em Mato Grosso, a história de muitos políticos se resumirão em páginas policiais, certamente não deixarão saudades para o cidadão inteligente, para o cidadão esclarecido, agora para o cidadão que se contenta com mentiras, ainda continuarão valendo alguma coisa.

    Nos últimos tempos o que ouve falar em Mato Grosso é escândalo financeiro na Câmara Municipal de Cuiabá, compra de votos em prefeitura do interior, caixa 2 na campanha política em Cuiabá, superfaturamento em obras do PAC de Cuiabá, deputado estadual em folha de pagamento na secretária de saúde da várzea grande, escândalo das luminárias...

    Será que esses políticos envelhecerão em paz? Com certeza não. No final dos tempos, serão cobrados pelas suas consciências e ao verem que contribuiram com a desgraça de muitas famílias, se arrependerão, se esconderão em alguma religião e morrerão pedindo perdão. Uma coisa é certa afirmarão até a morte que o seu patrimônio é fruto do seu trabalho, porém nos seus íntimos saberão que não realizaram um trabalho digno.

    Suas contas em paraísos fiscais serão motivos para suas famílias brigarem em cima de seus túmulos.

  • Paulo Pires | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Justificação do pedido de CPI? Deve ser a tal de JUSTIFICATIVA...
    diploma, pra quê diploma...

  • LUIZ FERNANDO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem deve estar realmente com medo desta CPI é o senhor WELINGTON FAGUNDES, pois ele tem feito de gato e sapato a Superintendencia do DNIT em MT, através de um Superintendente que é funcionario de carreira de NIVEL MÉDIO do Orgão em MT.

  • GENARIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O GAROTO MIMADO DO BLAIRO MAGGI ESTA NO OLHO DO FURACAO........
    QUERO VER ELE AGORA PATROLA TODOS OS SENADORES..........
    CHEGOU A HORA JA Q ELE C ACHA UM TRATOR.
    MAS NAO SE PREOCUPE A AMAGGI TE DARA UM NOVO EMPREGO.........
    ISSO E PARA VC NAO C METER COM BLOGUEIRA............ KKKKKKKKKKKKKKK

  • CARLOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SR GENARIO ESSA CPI SO VAI SERVIR PARA ATRAPALHAR AS OBRAS EM MT , E O PSDB COM WS E ANTERO SAO OS IDEALIZADOR DESSE PROJETO ELE SO VIVE DAS DESGRACA DO POVO

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Anterinho, abriu uma vaga prá comissário de bôrdo na Air France. Estarão à bordo;Artur Vírgilio,Sarney,Zé Agripino,Pinóquio,Serra, Jaime,Couto,Osvaldo.Detalhe; VÔO 4...........

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS