Últimas

Terça-Feira, 09 de Dezembro de 2008, 19h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

RUMO A 2010

Sérgio ganha projeção na TV e quer minar Pagot

Fernando Ordakowski

 O jornalista, apresentador de TV e presidente da Assembléia, deputado Sérgio Ricardo, pode até não viabilizar sua candidatura a governador em 2010, já que dentro do PR enfrenta disputa interna com Luiz Antonio Pagot, mas prepara munição com a intenção de dar muito trabalho na batalha interna com a turma da botina.

  Ele inicia 2009 com estréia na TV Cidade Verde (afiliada do SBT), onde apresentará um programa de variedades e com transmissão via satélite para todos os municípios mato-grossenses. As negociações entre Sérgio e o empresário de comunicação Luiz Carlos Beccari, dono da Cidade Verde, estão praticamente fechadas. Sérgio vai ocupar horário nobre da emissora, o mesmo espaço que projetou o ex-deputado Walter Rabello na vida pública. Nesse caso, o parlamentar deixará o programa que apresenta hoje na TV Brasil Oeste (Band).

   Será mais um trunfo do presidente da Assembléia para ganhar visibilidade eleitoral não só na Baixada Cuiabana, mas nas demais regiões do Estado. Sérgio vem numa trajetória política "meteórica". Com seu estilo populista, começou como vereador por Cuiabá, depois chegou à cadeira de deputado, garantiu novo mandato e hoje não só preside o Legislativo, como já assegurou sua eleição como primeiro-secretário da nova Mesa Diretora, a ser empossada em fevereiro do próximo ano.

   Afilhado político do governador Maggi, Luiz Pagot já começou a se articular no sentido de tirar Sérgio no embate interno. O deputado sabe que não tem aval da turma da botina, mas se mantém no páreo para valorizar o passe, principalmente explorando sua imagem na TV, como espécie de palanque eletrônico. Foi assim que ele garantiu candidatura de prefeito de Cuiabá em 2004 e, por por  pouco,  não disputou de novo nas eleições deste ano.

Postar um novo comentário

Comentários (28)

  • edesio do carmo adorno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nada contra a pretensão eleitoral do Senhor Pagot disputar o governo do estado, mas quando viajo pela BR 364, principalmente no trecho entre Sorriso e Sinop, ou ainda vou a Juara, seja por Sinop ou por Brasnort, confesso que um profundo desanimo toma conta de mim com relação a votar em alquem da turma da Botina. Ademais, Sergio Ricardo pode ser rotulado de populista ou coisa do genero, mas é gente nossa; fala nossa língua; tem a simplicidade do cuiabano e demonstra preocupação com nossas questões do cotidiano. Não estou fazendo uma declaração de voto, mas entre Pagot e Sérgio, prefiro este.

  • Luciana de Paula | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vá em frente Sergio Ricardo!
    Não deixe esses botinudos pisarem em você...
    voce terá o voto do povo mato-grossense!
    Sentir medo é acreditar que os outros são poderosos.Não dê poder ao próximo Não tenha medo de encarar as eleições em 2010 e nem dê poder ao próximo, principalmente se esse próximo for o PAGOT!!!!
    Sucessos...

  • RONALDO CESAR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O NOBRE DEP SERGIO ACHA Q O POVO É IGUAL SUAS COLEGAS DE AUDITÓRIO, QUE BATEM PALMAS PRA TODAS AS DEMAGOGIAS Q ELE FALA. SUGIRO AO NOBRE PROCURAR AJUDA PARA PERDER A MANIA DE QUERER ESTAR EM TUDO AO MESMO TEMPO. POIS NA POLÍTICA VALE MUITO A ARTE DA NEGOCIAÇÃO E DO RESPEITO AO PRÓXIMO.

  • Rita Cassia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Um dos exemplos mais inusitados, conforme se apurou, é o do vereador Ralf Leite (PRTB), que ofereceu a um presidiário do Pascoal Ramos, na Capital, cartões telefônicos e objetos de entretenimento em troca de apoio eleitoral da família dele.

    O mais curioso é que a denúncia contra o vereador partiu do advogado do preso, após um dos procedimentos de interceptação telefônica, durante a Operação denominada “Vôo Alto”, da Polícia Civil, contra o seu cliente. A Polícia identificou nas ligações as propostas de Ralf Leite ao presidiário.

    Em outro processo, dos três abertos contra o vereador do PRTB, consta também a denúncia de distribuição de combustível, no Posto Petrópolis, no dia da eleição (5 de outubro passado). O crime eleitoral foi conferido por promotores do Ministério Público Eleitoral.

    Ralf Leite também é acusado de patrocinar a confecção de 300 camisetas para eleitores e que foram usadas durante uma feira de ciência, em um colégio de Cuiabá. A doação de camisetas a eleitores é proibida pela legislação eleitoral em vigor.

    Não vai colocar vedada por conter fortes expressão

  • Luiz Carlos Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parece que contra a turma da botina tá dando tudo certo. Veja o caso de Rondonópolis..., a derrota do Mauro Mendes. Os que foram vitoriosos não tiveram apoio declarado dos Maggi - como o Murilo Domingos.

    Nem é necessário que o Sergio Ricardo se prepare tanto. O Pagot é caso já perdido.
    Se bem que esse caminho a ser tomado pelo Sergio é o mesmo percorrido pelo Walter Rabello.
    E sem querer comparar, ambos (Sérgio e Rabello) têm perfis e estilos semelhantes, useiros e vezeiros em desenvolver projetos para beneficiar meia dúzia de pessoas.

    Vamos esperar e torcer para que o Sergio Ricardo possa trabalhar projetos, na Assembléia, que venha beneficiar toda uma população.

  • Marcelo Costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O programa de Sérgio Ricardo não convence ninguem, é ruim e quando o estado inteiro receber as imagens vai ficar claro para o povo do interior que o apresentador não tem preparo para ser governador.
    Não tem pra ninguem, o melhor nome para governador de Mato Grosso é Luiz Antônio Pagot para governador.
    Para Mato Grosso continuar ficando melhor.

  • Benedito G. Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A nossa capacidade de raciocínio parece ser tão pequena quando a gente só questiona o que vemos.
    É importante questionarmos o que de fato os Pré-Candidatos não mostram, analogias que não se percebem a olhos nú...
    Enquanto as pessoas estiverem fazendo para Um e mostrando para 500.000 vai ficar difícil concientizar as pessoas quanto aos questionamentos necessários para se escolher nossos Governantes!!!

  • pedro ananias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sergio Ricardo, Pagot: tudo farinha (ou será soja) do mesmo saco!

  • OSVALDINO ENORÉ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTAMOS CARENTE DE REPRESENTANTES E LIDERES POLITICOS EM MT. +FAÇAM UMA RETROSPECTIVA, DE 1988 ATÉ 2008 E POSTERIORMENTE 2010.ONDE HOUVE MENOS FALCATRUA, E ESCANDALO?
    ASSIM VC DEFINE!



  • alberto cunha dourado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    não é por falta de precedentes,Bosaipo,Riva,Gilmar e agora o Sr.Sérgio Ricardo, de um dia para o outro vira o dono da cocada preta ai vem a pergunta que não quer calar, cade o Ministério Público o GAECO, não investiga não fazem nada será porque?

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.