Últimas

Sábado, 29 de Agosto de 2009, 09h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

COMUNICAÇÃO

Serra e Aécio travam "batalha interna" de olho em 2010

   A verdadeira guerra dentro do PSDB, um dos maiores partidos brasileiros, acerca de quem será o candidato à sucessão do presidente Lula, é destaque da revista IstoÉ que chega ao Estado no domingo (30). Os governadores José Serra, de São Paulo, e Aécio Neves, de Minas Gerais, traçam estratégias opostas para assumir o comando da oposição e rivalizam em obras e realizações. Mesmo assim, a revista destaca que nenhum deles ganhará a eleição sem o apoio do outro. "Para o eleitor comum, eles desfiarão um rosário de estatísticas, inaugurações, obras e programas de governo, com o objetivo de subir nas pesquisas de intenção de voto. Mas também irão acelerar a peregrinação pelos Estados, de olho em alianças regionais e na conquista dos filiados do PSDB. Se até dezembro nenhum dos dois se sobrepujar, uma eleição geral, no início de 2010, entre os 350 mil integrantes do partido indicará o comandante da oposição na batalha contra o governo Lula. O vencedor definirá com que estilo, velocidade e rumo o Brasil irá caminhar para se tornar uma nação desenvolvida. E é por isso que, daqui por diante, a temperatura no PSDB não vai parar de esquentar".

   Ainda em IstoÉ, o ministro Guido Mantega faz vista grossa para o aparelhamento da Receita Federal e quando decide domar o corporativismo descobre que ele ruge alto e morde forte. "Há um ano, quando Mantega decidiu substituir o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, herdado do governo do PSDB, por uma funcionária de carreira, Lina Vieira, sabia que estava entregando o comando do órgão para sindicalistas ligados ao PT. A idéia era ter dirigentes mais afinados com a política do governo. Durante este período, o aparelhamento de uma instituição de Estado ocorreu sem incomodar a ninguém na Esplanada dos Ministérios ou no Palácio do Planalto. Nas últimas semanas, porém, o Fisco afundou numa crise sem precedentes e tranformou-se de Leão, o símbolo da Receita, em um verdadeiro saco de gatos, mas com a mesma força para morder e a mesma gana para rugir como os grandes felinos". (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • ASSUNÇÃO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cuiabania:

    Essa imprensa brasileira FEDE.
    Nós devemos ficar de olhos bem abertos, pois tanto a imprensa de lá, como a de cá é MARROM. Eu vejo os olhos de algumas jornalistas daquí brilharem quando aparece alguma coisa contra o governo LULA.

    Parece que é plantão do PSDB.

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para o bem da nação brasileira que os dois morram nessa batalha.

    A mídia, principalmente, televisão, está cada dia mais rica, fruto dos altos investimentos do PSDB em propaganda eleitoral extemporânea com anúncios de obras que sequer sairam do papel e no final das contas ninguém vê uma obra concluída sequer.

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.