Últimas

Quarta-Feira, 13 de Fevereiro de 2008, 22h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

NEGÓCIOS

Servidores da AL resistem a conta única no BB

  Uma decisão da Mesa Diretora da Assembléia está causando polêmica e revolta junto aos servidores e, por outro lado, satisfação ao Banco do Brasil. Agora, os quase 3 mil que integral a folha de pessoal não poderão mais receber salário pela Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores do Poder Legislativo (Credilegis). A Mesa fez acordo para o pagamento ser creditado exclusivamente nas contas abertas no BB, que detém a conta oficial da AL. A regra já começa a valer a partir deste mês.

   O problema é que muitos servidores, inclusive aposentados, acumulam dívidas com o BB. Alguns consideram seus débitos como impagáveis e se vêem acuados. Já para o banco, será a oportunidade para resgatar esses créditos porque, a partir da abertura da conta, todo dinheiro a ser depositado, inclusive o salário, será para amortizar eventuais débitos dos novos clientes.

   Há risco agora até do Credilegis, cooperativa de crédito submetido às exigências do Banco Central, "quebrar", já que o maior movimento está nos empréstimos e no pagamento da folha salarial dos servidores. Existe até ameaça de acionar a Mesa Diretora na Justiça, sob argumento de que o servidor não pode ser obrigado a abrir conta numa instituição bancária e ainda ficar sujeito ao confisco do subsídio.

(Às 16h41) - Em nota, AL diz que não haverá confisco

   A secretaria de Comunicação da Assembléia informou, por meio de nota, que os servidores da AL não terão qualquer tipo de confisco por eventuais débitos junto à instituição.

      "Os servidores da Assembléia Legislativa que passaram a partir deste mês de fevereiro a receber seus salários através do Banco do Brasil, não terão qualquer tipo de confisco por eventuais débitos junto à instituição. Qualquer desconto em conta corrente só poderá ser efetuado com expressa anuência do servidor. É importante esclarecer ainda que a maioria dos servidores da Assembléia já recebe seus vencimentos pelo Banco do Brasil. A concentração – agora - em uma única instituição financeira segue exemplo já firmado pelo governo do Estado".

 (Às 17h40)BB diz que só presta serviços com aval 

   Em nota, o Banco do Brasil afirma que apenas prestará seus serviços aos novos clientes, se assim eles desejarem.

    Não é correta a informação de que o Banco do Brasil se apropriará dos salários dos funcionários da Assembléia Legislativa de Mato Grosso, pois
tal procedimento é inconstitucional. A Constituição Brasileira no seu artigo 5º, Inciso XXII, garante o direito de propriedade, não permitindo assim, tal procedimento.
O BB apenas prestará seus serviços aos novos clientes, se assim eles desejarem, colocando a disposição deles, toda a sua tradição de 200 Anos nos préstimos de serviços bancários, além de uma enorme rede de agências, no Brasil e no exterior, e de taxas atrativas e diferenciadas.

Atenciosamente,

Assessoria de Com e Mkt do BB em MT

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Wilson C. de Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Alguém deve estar recebendo comissão do banco do brasil.
    Muito estranho, como estava sendo antes não tinha nada de diferente, porque agora apareceram com essa... tem cabrito no meio, é só envestigar !

  • paulo ferraz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa suposta "composição de dívida" unilateral com o Banco do Brasil é ilegal. Se o funcionário tiver apenas uma conta-salário, não poderá o Banco se apropiar de seu salário.

  • Jose Ronaldo Spinola Barbosa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deixem de balela. Salário nao pode ser confiscado para pagamento de dívidas. Esta na lei.

  • Gustavo Gava | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Balela pura, se o cara ta devendo o banco é direito do banco receber...

    Quando servidor publico quer aumento de salario fica fazendo greve e pressionando governante... agora pra pagar tuas dividas fica fazendo moage...

    Certissima a decisão da mesa... esse povo precisa aprender que tambem tem que pagar tuas dividas...

  • Ademar Adams | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aconselho os servidores da irem a Justiça, pois, a liberdade de escolher o banco para receber seus salários é um direito de qualquer cidadão.
    Essa é mais uma da dupla Sérgio Ricardo/José Riva. Até quando minha gente?

  • Mariane Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo, que a dívida deve ser paga, mas o Banco do Brasil não respeita o salário, ele pega tudo o que cai na conta, inclusive seu salário, aí o servidor vai comer como? Aconteceu comigo, fiquei dois meses sem saber o que era pegar o meu salário, o banco confiscou, mesmo sabendo que era PROVENTOS, como fica o servidor nisso? Pagar, todo mundo tem que pagar o que pegou emprestado, mas acho que tem que haver bom senso por parte da instituição financeira, estipular um percentual a ser descontado da dívida atrasada, não comer todo o salário do cidadão.

  • Juraci | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses Banco, mesmo sabendo que voce não pode pagar, se voce recebe algum provento fixo, salário, aposentadoria,ou se possuí algum bem, ele faz de tudo para te emgambelar, principalmente se a pessoa não é muito esclarecida, pra depois sair tomando tudo que voce tem, deixando voce e sua família passando fome.

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...