Últimas

Sábado, 22 de Dezembro de 2007, 18h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

SOLENIDADE

Serys acusa colega de "quebrar" PT com dívidas

  A senadora Serys Marly enfatizou neste sábado, ao entregar a direção estadual do PT ao colega Carlos Abicalil, que não deixou dívidas ao partido, a não ser aquelas herdadas do seu antecessor Alexandre Cesar. Nos dois anos em que conduziu a legenda Serys enfrentou crise. Foi investigada e depois absolvida no Congresso Nacional da acusação de envolvimento na máfia das sanguessugas e teve uma votação decepcionante para governadora, nas urnas do ano passado. Ficou em terceiro lugar.

     Na presidência do PT, Serys não aceitou administrar as dívidas contraídas irregularmente pelo agora deputado estadual Alexandre Cesar, que montou uma estrutura milionária na campanha de 2004 na disputa para prefeito da Capital. Cesar deixou um rombo milionário no caixa do partido.

     Como forma de prevenir eventuais excessos, Serys preferiu ler o discurso. Disse que assumiu a presidência do PT na pior das conjunturas. “Peguei um partido atrelado em dívidas. Isso não é lenga-lenga como dizem por aí”, declarou. Ela também lembrou o escândalo do mensalão e das sanguessugas, em que seu nome foi envolvido. “Lá (em âmbito federal) era o mensalão, aqui eram as dívidas, muitas delas ilegais, contraídas na eleição de 2004. Por todo lado gente fazendo pilhéria, tentando nos ridicularizar. Depois veio a trama dos sanguessugas, que me atingiu diretamente, visava também atingir o PT, sua história, destituir a sua credibilidade. Não bastasse isso, o partido e alguns de seus militantes apareceram na TV exibidos como aloprados, a trafegar com pacotes de dinheiro que seriam utilizados para a corrupção eleitoral”, continuou.

      Enquanto transcorria o discurso, Alexandre tentava se disfarçar. Ele falou brevemente, por aproximadamente dois minutos, tudo para não afrontar a ex-presidente. A insatisfação de Serys com Cesar é tanta que ela decidiu atingi-lo em cheio. E fez. Em seu discurso, estava escrito: “É preciso que todos saibam que o PT está com as prestações de contas rejeitadas de 2004 e 2005, da gestão Alexandre Cesar, rejeitadas pelo Tribunal Regional Eleitoral”.

     Mas ela fez uma pequena alteração e resolveu, como diz o dito popular, não dar nome aos bois: “É preciso que todos saibam que o PT está com as prestações de contas rejeitadas de 2004 e 2005, da gestão anterior, rejeitadas pelo Tribunal Regional Eleitoral”. E Alexandre olhava para o alto, como se não estivessem falando dele.

      Por sua vez, Abicalil, da Unidade na Luta, mesma corrente de Alexandre, evitou criar conflitos. No ato de posse, limitou-se a dizer que a questão das dívidas fará parte de debate interno. “Cabe a todos os membros definir como vamos administrar as finanças do PT”.(Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • companheiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PT NÂO É MAIS AQUELE, ALIÁS, QUANDO QUE O FOI? SINCERAMENTE, O LULA E SUA TROPA FIZERAM OS GOVERNANTES PASSADOS FICAR COMO SE FOSSEM TROMBADINHAS NA FRENTE DE SUA EQUIPE DE COMPANHEIRADAS QUE NO MENSALÃO, SANGUESSUGA E OUTROS ESCÂNDALOS ESCLARECDEM QUEM SÃO OS MESMOS.

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.